Iniciação musical das crianças

Iniciação musical. Desenvolver a sensibilidade do bebê e da criança para a música. Já imaginaram alguma vez um mundo em que não houvesse som? Se pararmos para observar, quase todos os sons que ouvimos durante o dia são como instrumentos musicais toando alguma canção: a chuva, o vento, os trovões, o cântico dos pássaros, etc. É assim como os bebês começam a observar, aprender, a diferenciar e a adquirir sensibilidade com os sons.

A música traz bem-estar e tranquilidade para o bebê

A música traz bem-estar e tranquilidade para o bebê, desde quando ele se encontra no ventre de sua mãe. Se a mãe escuta música de forma repetiviva durante a gravidez, o bebê recordará depois de nascer e se acalma com ela quando a ouve. Em um estudo recente, um grupo de crianças cujas mães haviam seguido uma série de televisão, se acalmavam ao ouvir a sintonia na primeira semana de vida. As crianças de mães que não haviam visto a série, não respondiam da mesma forma. As pesquisas demonstraram que os bebês haviam aprendido a associar a sintonia, com um período de paz e tranquilidade, em que a mamãe se punha cômoda durante meia hora em frente à televisão.  Pôde-se apreciar o mesmo tipo de reação nos bebês cujos pais ouviam regularmente a mesma música durante a gravidez.

Segundo o pianista alemão Wolfgang Leibnitz, “a música é o prazer que a alma experimenta sem dar-se conta”. Uma forma de desenvolver a sensibilidade do bebê para a música é fazer com que o imite, com a boca, os sons dos objetos e do que passa ao seu redor. Isso pode ser o princípio de tudo. 

0 comentários