Causas da violência escolar

As causas do bullying podem estar nos modelos educativos

As causas do bullying podem estar nos modelos educativos a que são expostas as crianças. Em seu artigo intitulado Bullying: um medo de morte, a psicóloga e jornalista Henar L. Senovilla, afirma que as causas que podem fazer aparecer a agressão são incalculáveis, tanto nas formas em que se manifestam como nos prejuízos que ocasionam. Em geral as causas ou fatores que o provocam podem ser pessoais, familiares e escolares.

No lado pessoal, o agressor se vê superior. Bem porque conta com o apoio de cúmplices, ou porque a vítima se trata de alguém com muito pouca capacidade de responder às agressões. O agressor quer ver que a vítima sinta-se mal.

Violência na Família

No terreno familiar, a origem da violência nos rapazes pode estar na ausência de um pai ou pela presença de um pai violento. Essa situação pode gerar um comportamento agressivo nas crianças e levá-las à violência quando adolescentes. Além disso, as tensões matrimoniais, a situação sócio-econômica ou a má organização do lar, também podem contribuir para que as crianças tenham uma conduta agressiva.

Violência no Colégio

O bullying pode se dar em qualquer tipo de colégio, público ou privado, mas segundo alguns especialistas, quanto maior é o centro educacional, maior o risco de que haja agressão escolar. Claro que a isso tem que somar a falta de controle físico e de vigilância. Nos corredores deve haver sempre alguém, professores ou monitores, para atender e inspecionar aos alunos. Além disso, o tratamento que se dá aos alunos é muito importante. A falta de respeito, a humilhação, ameaças ou a exclusão entre os professores e alunos levam a um clima de violência e situações de agressividade. O colégio não deve limitar-se somente a ensinar, mas deve funcionar como um gerador de comportamentos sociais.

Em resumo, as causas do bullying podem residir nos modelos educativos a que são expostas as crianças, na ausência de valores, de limites, de regras de convivência; em receber punição ou castigo através de violência ou intimidação e a aprender a resolver os problemas e as dificuldades com a violência. Quando uma criança está exposta constantemente a essas situações, acaba registrando automaticamente tudo em sua memória, passando a exteriorizá-las quando encontra oportunidade. Para a criança que pratica o bullying, a violencia é apenas um instrumento de intimidação. Para ele, sua atuação é correta e portanto, não se auto-condena, o que não quer dizer que não sofra por isso.

  • Causas da violência escolar

    As causas do bullying podem estar nos modelos educativos a que são expostas as crianças. Em seu artigo intitulado Bullying: um medo de morte, a psicóloga e jornalista Henar L. Senovilla, afirma que as causas que podem fazer aparecer a agressão são incalculáveis, tanto nas formas em que se manifestam como nos prejuízos que ocasionam. Em geral as causas ou fatores que o provocam podem ser pessoais, familiares e escolares.

    • Consequências da violência escolar

      As consequências do bullying são incalculáveis para a vítima e para o agressor. O bullying não está ligado a distinções sociais ou de sexo. Apesar da crença que os centros escolares situados em zonas menos favorecidas são por definição mais conflitivos, o certo é que o bullying faz-se presente em quase qualquer contexto. Em relação ao sexo, tão pouco apresenta diferenças, a menos no que diz respeito às vítimas, posto que no perfil do agressor, há predominância dos homens.

42 comentários

  • f
    flavia martins

    17/09/2012 12:08

    diga não ao bullying, isso sempre causa constrangimento nas pessoas que levam apelidos e muitas das vezes as pessoas se isolam, isso é um fato que ocorre muito em escolas é triste porque só a pessoa que sofre o bullying sente a dor de ser humilhado.

    Avaliar
    Responder
  • R
    Rosemeiry

    06/08/2012 09:11

    Sou a primeira causa de BULLYING no Brasil, levei a minha dor ( a dor do meu filho) à justiça, ainda vejo casos horríveis! Tenho um conselho pra todos que sofrem BULLYING, não se cale, denuncie, fale com o responsável do estabelecimento de ensino e conte para seus pais, exija uma providência. Lembre-se, quanto maior o sofrimento provocado, maior será os danos. Não se cale!

    Avaliar
    Responder
  • j
    joão paulo

    19/07/2012 06:44

    bullying para mim não e so brigua mais sim apilidos

    Avaliar
    Responder
  • i
    izilda Assis

    20/06/2012 14:21

    Pesquisando para concluir minha monografia de pós, sobre s causas do bullying, achei este artigo ótimo, só que não soube identificar quem o escreveu, preciso citar o artigo na monografia, por favor responder, ou é somente guia do bebê?
    obrigada

    Avaliar
    Responder
  • p
    paula e caio

    21/05/2012 15:01

    eu gostei me ajudou muito...;)maracaju te amo caio

    Avaliar
    Responder
  • k
    kaliandra victoria figueiredo de souza

    09/05/2012 13:59

    o colegio jorge rezende esta acontecendo muita briga um dia a menina ia quase morendo

    Avaliar
    Responder
  • a
    alessandro levi da silva

    03/04/2012 06:41

    blog legal . acho que a violencia tem que acabar na net mesmo

    Avaliar
    Responder
  • w
    wendy

    25/02/2012 08:12

    esse sate fala sobre a violencia na escola e legal

    Avaliar
    Responder
  • j
    joao

    12/12/2011 07:02

    éé legalzinho o site

    Avaliar
    Responder
  • j
    josé

    01/12/2011 11:57

    A educação brasileira cada vez mais estar se primorando e preparando seus proficionais educadores para saberem lhe darem com as seguintes situações a bullying que é uma das causas de vadalímo mais preocupantes no nosso país e é um tema para serem abordados mas salas de aulas

    Avaliar
    Responder

Página: 1 de 5 (42 Artigos) 12345››