Dar o peito en Guiainfantil.com Brasil

Aleitamento materno

O leite materno é o melhor alimento que uma mãe pode oferecer ao seu filho recém-nascido. Não só pela sua composição, mas também pelo vínculo afetivo que se estebelece entre a mãe e seu bebê durante o ato de amamentar.

Alimentação para bebês de 0 a 4 meses

Uma boa alimentação assegura um bom crescimento da criança.O leite materno ou fórmula de início 1 se administrará cada 3-4 horas. A mãe deve lavar as mãos com água e sabão antes de cada mamada. 

Como dar o peito ao bebê

Quanto mais se esvazia o peito, mas leite produzirá. O principal estímulo que induz a produção de leite é a sucção do bebê, portanto, quanto mais o bebê se agarra ao peito da mãe, e quanto mais este o esvazia, mais leite se produz. A quantidade se ajusta ao que a criança toma e as vezes que o peito se esvazia durante o dia. A qualidade também varia com as necessidades do bebê.

Amamentar é a melhor prevenção contra as alergias

Dar o peito aos bebês é a melhor prevenção contra as alergias na infância. As crianças que foram amamentadas pelo menos até o sexto mês de vida, têm menos probabilidades de ter alergias. Além disso, uma mãe que evita o leite de vaca, os ovos, as nozes e o amendoim enquanto amamenta, pode prevenir condições relacionadas com alergias, incluindo eczema, em algumas crianças.

Como tirar a chupeta da criança

A criança deve deixar a chupeta antes de ingressar na escola. Normalmente, a chupeta deve ser tirada da criança antes que essa cumpra os dois anos de idade. Nessa idade, a criança já deverá ter um brinquedo para succionar.

Refluxo gastro-esofágico nos bebês

O sintoma mais comum do refluxo gastro-esofágico são os frequentes vômitos. Não existe nada mais incômodo quando, depois de comer, o alimento sólido ou líquido é devolvido do estômago ao esôfago, provocando vômitos e náuseas.

O primeiro dia do aleitamento materno

A amamentação é um momento muito lindo, de vínculo profundo entre mãe e filho. Algumas mães de primeira viagem enfrentam dificuldades na amamentação, sentem muita dor, e algumas chegam até a interromper o aleitamento.

Adeus à amamentação

O abandono definitivo da amamentação é um assunto de grande peso emocional para a mãe e para o bebê. Não sei quanto a vocês, mas eu sempre senti muita tristeza em perder definitivamente o vínculo tão estreito e próximo que estabelecemos com o nosso pequeno.

Aleitamento materno: benefícios para o bebê e para a mamãe

A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda o aleitamento materno como o melhor alimento para o bebê durante os seus primeiros 6 meses de vida. Inclusive aconselham que a mamãe continue dando o peito, juntamente com a alimentação adequada para a sua idade até os dois anos de idade.

Dar de mamar em público é natural

O aleitamento materno é uma das experiências mais bonitas que uma mulher pode viver depois de dar a luz. É um instinto natural, que aparece espontaneamente quando tudo vai bem e reconforta tanto a mãe como ao seu bebê.

O impacto do aleitamento materno sobre o cérebro do bebê

Já sabíamos que o aleitamento materno é o melhor alimento que a mamãe pode oferecer ao seu bebê, mas, além disso, melhora o desenvolvimento do cérebro nos bebês. Como é possível sabê-lo? Pesquisadores da Universidade de Brown realizaram um estudo utilizando máquinas de ressonância magnética.

Alimentos que mudam o sabor do leite materno

A dieta materna após o parto influencia em grande medida no leite que o peito produz. Não na quantidade, mas sim nos sabores, cheiros e as quantidades de alguns dos nutrientes que contêm.

Aleitamento materno exclusivo nos seis primeiros meses

A Organização Mundial da Saúde (OMS), assim como o Ministério da Saúde recomendam o aleitamento materno exclusivo do bebê até os seis meses de idade. A matrona Sara Cañamero nos dá alguns conselhos para que a gente consiga prolongar o aleitamento até os 6 meses do nosso filho sem nenhum problema.