Intimidacao en Guiainfantil.com Brasil

Violência escolar ou Bullying

A violência escolar é uma ameaça às crianças. Bullying é uma palavra inglesa que significa intimidação. Infelizmente, é uma palavra que está em moda devido aos inúmeros casos de perseguição e agressões que se estão detectando nas escolas e colégios, e que estão levando a muitos estudantes a viverem situações verdadeiramente aterradoras.

Ignorar também é Violência escolar

É curiosa a confusão que nós pais, temos com o tema da violência ou bullying. Muitos acreditam que as situações de violência são ativas e consistem em atacar ou intimidar pessoalmente a alguém, seja com palavras ou com violência física, mas ignorar alguém também é uma violência.

Pais e escolas: condenados pela violência escolar

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), um em cada quatro crianças são vítimas da violência escolar ou bullying. Os pais devem estar atentos às atitudes dos filhos e a escola deve coibir atos de violência entre colegas. Não é fácil.

Ensine o seu filho a se defender de uma criança cruel

À medida que os filhos vão crescendo, também vão se tornando mais autônomos e começam a ter o seu tempo, o seu mundo, e terá que saber se defender das outras pessoas. Ensine o seu filho a se defender de uma criança cruel.

O que fazer se o seu filho é intimidado na escola

Não acredito que seja muito difícil de entender que para uma criança ser intimidada na escola pode ser um problema muito difícil de suportar sozinha: os insultos, as ofensas, o abuso cibernético e inclusive a intimidação física é algo que pode acontecer todos os dias nas escolas de todo o mundo.

5 erros dos pais diante do assédio moral ou bullying

O assédio moral ou bullying é um tema muito sério que pode afetar o seu filho mais do que você pensa. Qualquer criança pode ser vítima do assédio. Não porque tenha algo de especial. Sem que nem pra que outra criança decide quem será sua vítima de chacotas. Na escola, antes um lugar seguro e amável se transforma num autêntico pesadelo para qualquer criança.

As crianças não inventam doenças

Os assédios nas escolas, as intimidações, humilhações, ou insultos parecem não ter freios e continuam causando dores em muitas crianças. Por que ainda continua existindo esse tipo de problema nas escolas? O que os pais podem fazer para proteger os seus filhos?

Como deter o bullying entre irmãos

São muitas as pessoas que pensam que o bullying é quando acontece um assédio ou perseguição na escola. Infelizmente o bullying pode realmente acontecer no âmbito escolar, mas também pode acontecer dentro da família. Numa família com irmãos pode acontecer que um ou vários irmãos intimidem física ou emocionalmente a um deles, sendo uma tortura o dia a dia para a vítima no seu próprio meio familiar.

Bullying escolar. Veneno para a saúde física e emocional das crianças

Quando você vai a uma reunião com o professor do seu filho na escola, o que te preocupa mais? Suas notas, seu comportamento ou o seu estado de ânimo? Eu não consigo acreditar que um pai ou uma mãe em que o professor comente que o seu filho se porte mal, não respeita a ninguém e ainda por cima torna a vida impossível aos seus companheiros de escola, não tome nenhuma medida para mudar essa situação.

O que permite e não denuncia o bullying é cúmplice

Quando se fala do bullying escolar a gente pode colocar o foco sobre a vítima e o agressor, mas o que acontece com todos os espectadores que são conscientes do que está acontecendo e não fazem nada? No caso de bullying não existe apenas dois implicados: vítima e agressor. Existe um terceiro que deve ser implicado: o espectador.

A empatia infantil. Um valor contra o bullying escolar

Guiainfantil.com esteve conversando com a psicóloga Maria José Ruiz sobre o bullying ou assédio moral em crianças em idade escolar. Durante a interessante entrevista me chamou muito a atenção o conselho que ela dava aos pais sobre incentivar nos pequenos a empatia, porque afirma a especialista que este valor pode ser uma arma para que as crianças respeitem e se façam respeitar em relação aos demais.

10 perguntas sobre o assédio escolar ou bullying

O assédio escolar ou bullying é um tema que preocupa a milhares de pais em todo o mundo. Qualquer criança pode sofrer intimidação e por isso devemos permanecer alertas diante de qualquer indício.

Como posso evitar que intimidem ao meu filho

Todos os pais se preocupam que o nosso filho ou filha se converta na vítima de um agressor, seja na escola ou em algum outro lugar. Nós nos preocupamos que não saiba se defender ou que não tenha as ferramentas necessárias para se proteger dos ataques emocionais ou físicos desses tipos de crianças.

A fabulosa estratégia contra o bullying de uma professora

O bullying se instala nas salas de aula, sutil e silencioso. Frequentemente invisível diante de muitos olhos. Para freá-lo não tem outra solução: evitar que se instale entre os alunos, mas, como? Uma professora tem encontrado um método eficaz que previne o assédio moral e ajuda aos professores a detectá-lo a tempo. A gente te explica em que consiste.

Ignorar alguém também é assédio escolar

É curiosa a confusão que os pais têm com o assunto do assédio ou bullying. Muitos acreditam que as situações são ativas e consistem em intimidar ou atacar pessoalmente a alguém seja com palavras ou com violência física, mas poucos conhecem que ignorar alguém também é assédio. E é justamente essa marginalização que acaba com a autoestima de muitas crianças na escola.