Intimidacao en Guiainfantil.com Brasil

Violência escolar ou Bullying

A violência escolar é uma ameaça às crianças. Bullying é uma palavra inglesa que significa intimidação. Infelizmente, é uma palavra que está em moda devido aos inúmeros casos de perseguição e agressões que se estão detectando nas escolas e colégios, e que estão levando a muitos estudantes a viverem situações verdadeiramente aterradoras.

Ignorar também é Violência escolar

É curiosa a confusão que nós pais, temos com o tema da violência ou bullying. Muitos acreditam que as situações de violência são ativas e consistem em atacar ou intimidar pessoalmente a alguém, seja com palavras ou com violência física, mas ignorar alguém também é uma violência.

Como deter o bullying entre irmãos

São muitas as pessoas que pensam que o bullying é quando acontece um assédio ou perseguição na escola. Infelizmente o bullying pode realmente acontecer no âmbito escolar, mas também pode acontecer dentro da família. Numa família com irmãos pode acontecer que um ou vários irmãos intimidem física ou emocionalmente a um deles, sendo uma tortura o dia a dia para a vítima no seu próprio meio familiar.

Bullying escolar. Veneno para a saúde física e emocional das crianças

Quando você vai a uma reunião com o professor do seu filho na escola, o que te preocupa mais? Suas notas, seu comportamento ou o seu estado de ânimo? Eu não consigo acreditar que um pai ou uma mãe em que o professor comente que o seu filho se porte mal, não respeita a ninguém e ainda por cima torna a vida impossível aos seus companheiros de escola, não tome nenhuma medida para mudar essa situação.

A empatia infantil. Um valor contra o bullying escolar

Guiainfantil.com esteve conversando com a psicóloga Maria José Ruiz sobre o bullying ou assédio moral em crianças em idade escolar. Durante a interessante entrevista me chamou muito a atenção o conselho que ela dava aos pais sobre incentivar nos pequenos a empatia, porque afirma a especialista que este valor pode ser uma arma para que as crianças respeitem e se façam respeitar em relação aos demais.

Ignorar alguém também é assédio escolar

É curiosa a confusão que os pais têm com o assunto do assédio ou bullying. Muitos acreditam que as situações são ativas e consistem em intimidar ou atacar pessoalmente a alguém seja com palavras ou com violência física, mas poucos conhecem que ignorar alguém também é assédio. E é justamente essa marginalização que acaba com a autoestima de muitas crianças na escola.