Zika virus

Promocionado

Zika vírus e as crianças

O zika vírus, assim como a dengue e a chikungunya, é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, e os sintomas mais comuns são: manchas pelo corpo, coceira, febre, conjuntivite e dores nas articulações. O nome ‘zika’ é devido ao nome da floresta africana aonde foi identificado.

Promocionado

O perímetro cefálico do bebê

O perímetro cefálico ou perímetro craniano é a medida do contorno da cabeça na sua parte maior. Mede-se utilizando uma fita métrica, que deve se situar sobre as orelhas e acima das sobrancelhas. Assim, além das medidas de peso e tamanho, o perímetro craniano é outro dado a ser levado em conta na hora de examinar o estado de saúde do recém-nascido.

Promocionado

O zika vírus causa microcefalia em recém-nascidos

O Brasil é um dos países onde mais tem aumentado o número de casos de microcefalia, e já são mais de 3.500 casos relacionados com o zika vírus entre outubro de 2015 e janeiro de 2016, por isso as autoridades alertam às mamães gestantes para que sejam extremadas nas medidas de precaução contra a picada do mosquito Aedes Aegypti, que é o transmissor não apenas do zika vírus, mas também da dengue e chikungunya.

Promocionado

Zika vírus. O que é e como acontece o contágio

O zika vírus é um vírus transmitido por um mosquito que vive em zonas tropicais. Chama-se assim porque o primeiro caso reconhecido desse vírus se localizou nos bosques de Zika, em Uganda (África) em 1947. O vírus se estendeu a outros continentes. Em 2015 se deu o primeiro caso de zika vírus na América do sul. Especificamente foi em Salvador (Bahia). Em vista do alarmante aumento de casos no país, o zika foi catalogado rapidamente como epidemia.

Promocionado

O zika vírus pode ser transmitido através das relações sexuais

O zika vírus é transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti e, ainda que seus sintomas não sejam muito graves em geral (febre, dores musculares e nas articulações ou erupções cutâneas), ele pode ser muito perigoso em gestantes, já que está relacionado com casos de microcefalia em bebês nascidos de mulheres infectadas pelo vírus durante a gestação.

Promocionado

Colômbia e El Salvador pedem evitar gravidezes por causa do zika vírus

Os Ministérios da Saúde de países como Honduras, Equador e Colômbia estão recomendando às mulheres que evitem engravidar durante o ano de 2016, e, em alguns casos como El Salvador também em 2017. A razão? O zika vírus, cuja propagação está aumentando os casos de microcefalia em bebês nascidos de mães que se infectaram durante a gravidez.

Promocionado

Microcefalia em bebês por zika vírus provoca alerta mundial

O zika vírus, sua veloz expansão e as graves más formações que estão causando nos bebês foram suficientes para que a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançasse um alerta de saúde mundial. Não é algo frequente que a OMS declare uma emergência sanitária a nível global, no entanto, em 2014, a organização enfrentou duras críticas por esperar demais para lançar um alerta mundial por causa do Ebola.

Promocionado

Vacina contra o zika vírus para evitar a sua propagação

O zika vírus tem alarmado a sociedade e as autoridades de saúde devido a sua rápida expansão e ao aumento de casos de microcefalia em bebês de mães que foram infectadas durante a gestação. Isso faz com que medidas urgentes sejam tomadas contra o mosquito Aedes aegypti. Além das precauções amplamente divulgadas que podem prevenir a picada não existe hoje em dia outra maneira de lutar contra o zika vírus, uma vez que ainda não existe uma vacina.

Promocionado

Zika vírus. Um médico espanhol esclarece suas dúvidas

Como os melhores vídeos, o bosque de Zika, situado na Uganda, tornou-se um ‘viral’ nos últimos meses. A culpa não é da sua frondosa vegetação, tão pouco de uma campanha turística sem precedentes. A origem da sua fama se deve a que ali, segundo dizem, descobriu-se pela primeira vez uma infecção praticamente desconhecida até hoje. Daí, que o zika vírus que produz a doença tenha o mesmo nome: Zika.