Cuidados contra a Gripe Suína no manejo de crianças em creches

Os profissionais da saúde têm algumas recomendações especiais para os cuidadores e professores de crianças e bebês em creches.
 

Cuidados contra a Gripe Suína em creches

1. Os cuidadores e crianças devem  lavar as mãos e os brinquedos com água e sabão quando estiverem visivelmente sujas.
 
2. Os cuidadores devem  lavar as mãos após contato com secreções nasais e orais das crianças, principalmente quando a criança está com suspeita de síndrome gripal.
 
3. Orientar os cuidadores e professores a observar se há crianças com tosse, febre e dor de garganta, principalmente quando há notificação de surto de síndrome gripal na cidade; os cuidadores devem informar os pais quando a criança apresentar os sintomas citados acima.
 
4. Evitar o contato da criança doente com as outras. Recomenda-se que a criança doente fique em casa, a fim de evitar transmissão da doença.
 
5. Orientar os cuidadores e responsáveis pela creche que notifiquem a secretaria de saúde municipal caso observem um aumento do número de crianças doentes com síndrome gripal ou com absenteísmo pela mesma causa na creche.

As medidas acima devem ser somadas as medidas gerais de prevenção e controle de doenças de transmissão respiratória:
 
  • higiene das mãos com água e sabão (depois de tossir ou espirrar; depois de usar o banheiro, antes de comer, antes de tocar os olhos, boca e nariz);
  • evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies;
  • usar lenço de papel descartável;
  • proteger com lenços a boca e nariz ao tossir ou espirrar, para evitar disseminação de aerossóis;
  • orientar para que o doente evite sair de casa enquanto estiver em período de transmissão da doença (até 5 cinco dias após o início dos sintomas);
  • evitar aglomerações e ambientes fechados (deve-se manter os ambientes ventilados);
  • é importante que o ambiente doméstico seja arejado e receba a luz solar, pois estas medidas ajudam a eliminar os possíveis agentes das infecções respiratórias;
  • restrição do ambiente de trabalho para evitar disseminação; 
  • hábitos saudáveis, como alimentação balanceada, ingestão de líquidos e atividade física.

9 comentários

  • M
    Maria

    06/09/2009 18:32

    Infelizmente estamos tendo casos de gripe A no cei onde trabalho e pude constatar que não existe um protocolo a seguir, ficamos todos perdidos e a auxiliar de enfermagem nossa procurou informações junto à vigilância sanitária, esta sim é mais coerente, exigem que as crianças com suspeitas e medicadas com tamiflur fiquem afastadas por 15 dias. O maior problema ainda é convecer os pais disto, tem gente que até sonega informação e não diz que medicação o filho está tomando, no primeiro instante de melhora que o filho tem já quer mandar para a creche, não se preocupam com os filhos dos outros. A auxiliar Ana , quew postou acima, está coberta de razões e com certeza ela leva nome de "chata". O professor acaba tendo que se virar sozinho e muitas vezes sem apaoio da direção e nem coordenadoria. A gente se vira nos 30 dentro da sala e refeitórios e a maior parte do tempo ficamos no parque ao ar livre para minimizar o risco. Graças a Deus as crianças estão melhorando e voltando.

    Avaliar
    Responder
  • D
    Dr. Renato

    20/08/2009 02:52

    Acredito ser muito difícil ensinar uma criança c/ idade inferior a 5 anos a cubrir o rosto ao tossir ou espirrar, ou mesmo evitar que coloquem as mãos na boca, olhos e nariz. Na minha opinião só deveriam voltar as aulas crianças acima da quarta série, afinal acima desta idade é dificil que as mesmas fiquem em casa,e o comportamento dos adolecentes e jovens que não vão as aulas, porém, ficam em "baladas", cinemas e shoppings lotados de nada adianta.

    Avaliar
    Responder
  • A
    Ana

    16/08/2009 23:35

    Sou auxiliar de enfermagem numa creche e vejo que na gande maioria dos casos, os pais não estão dando a mínima para o fato! Tenho certeza que mandarão crianças gripadas sim!
    Já tive vários casos em que a criança estava passando mal e a mãe disse não poder ir buscar porque estava trabalhando! Vocês não sabem como é difícil! Graças a Deus nunca aconteceu nada grave lá! Mas se caso acontecesse, viria todo o mundo dizendo que era culpa da creche, quando eles muitas das vezes ignoram que seu filho está doente!
    Claro que tem exceções!
    Mas vocês que tem filhos nas creches, tomem cuidado, procurem saber se está indo criança doente! E se seu filho está dodói, pense nos outros e deixe ele em casa! Será melhor até para ele mesmo, que poderá ter uma melhor recuperação!
    Saúde para todos!!!!!
    Eu farei a minha parte! Onde eu trabalho, se depender de mim , não terá ninguém gripado!!!!!

    Avaliar
    Responder
  • L
    Luciana

    15/08/2009 11:00

    Meu filho fica em creche e como as aulas vão começar na segunda, eu não estou com segurança de mandar meu filho para lá pq sei que muitas mães levam o filho doente e não tão nem ai mesmo com isso, meu filho tem 2 anos e não vou mandar na segunda tenho medo de que outras mães levem seu filho doente e passam para outras que estão bem...

    Pelo amor de Deus cuidem de nossas crianças

    Avaliar
    Responder
  • c
    cristina barros

    09/08/2009 11:51

    Tenho um filho de 4 anos e ele volta estudar dia 17 de agosto, devemos ensinalos a lavar bem as mãos, estou preocupada , que Jesus proteja as crianças.

    Avaliar
    Responder
  • w
    [email protected]

    29/07/2009 18:53

    infelizmente temos essa gripe ai para nos preoucupar ainda mais com o bem estar e a saude de nossas crianças. e pedimos mais uma vez aos pais a compreensao pois so queremos proteger seus filhos que cuidamos como se fosse nossos próprios filhos. trabalho na creche Mom Senhor Jésus em Teodoro Sampaio.SP.

    Avaliar
    Responder
  • l
    leticia triunfo rs

    28/07/2009 11:12

    graças a deus ainda nao temos nenhum caso aqui.sou monitora de creche e peço que os pais entendam a necessidade de manter seus filhos gripados em casa !!!!

    Avaliar
    Responder
  • M
    Maria

    25/07/2009 02:52

    Sou professora de creche no município de São Paulo e estou preocupada com a falta de orientação por parte da secretaria municipal de ensino em relação à gripe suína. É comum crianças de creche ficarem gripadas, terem corisa e febre. Honestamente não me sinto segura com esta situação e preciso de mais informação pois sinto que os pais não estão preocupados com a gravidade da doença.

    Avaliar
    Responder
  • A
    Alessandra

    22/06/2009 20:32

    Meu filho fica em
    creche. Sinceramente,
    tenho muito medo desta
    gripe. Rezo para não
    chegar às creches de SP
    e de todo o Brasil.

    Avaliar
    Responder

Página: 1 de 1 (9 Artigos)