Coisas que as mães pensam, mas nunca dizem

Vilma Medina

Vilma Medina

'Ser mãe é a coisa mais maravilhosa do mundo’ é uma frase que já escutei algumas vezes, no entanto, sempre me soou um tanto cínica e hipócrita. Desde que engravidamos a gente escuta um número enorme de frases feitas sobre a maternidade, frases idílicas e cheias de pétalas de rosa que pouco tem a ver com a realidade. 

Existe uma grande hipocrisia em relação à maternidade. A realidade é que se adaptar à vida de ser mãe não é fácil, e às vezes pensamos coisas que não dizemos por medo de ser politicamente incorretas, por medo de sermos tachadas de mães ruins. 

O que pensam as mamães, mas não dizem

coisas-que-as-mães-pensam-mas-nunca-dizem A 

A maternidade tem duas caras: uma cheia de satisfações, emoções, conquistas e um amor incomparável pelos seus filhos e outra cheia de dificuldades, frustrações e vontade de sair correndo. Esse é o lado ‘B’ da maternidade e essas são as coisas que às vezes as mães pensam, ainda que não as digam: 

1. Estou farta de ser uma boa mãe, quero fazer algo ruim! Um dia você se dá conta que a sua vida consiste em madrugar, levar as crianças à escola e depois pegá-las, ir ao trabalho e fazer os deveres, banhos, recados, contas, compras... Tarefas, tarefas e mais tarefas. E você daria tudo para sair uma noite inteira e passá-la dançando até o amanhecer, como quando não tinha filhos. 

2. Quando vi o meu filho não foi o momento mais maravilhoso: depois do parto você está esgotada e dolorida e é difícil que seja o momento mais maravilhoso do mundo. Também é muito provável que tenham comentado contigo, mas que você não sinta um amor incomparável pelo seu filho. Você sentirá um instinto de proteção tremendo, brutal, mas o amor irá chegando à medida que vá conhecendo seu filho e acabe se adaptando ao fato de ser mãe

3. Sou igualzinho à minha mãe: você já tinha jurado que não faria as mesmas coisas que  a sua mãe fez, nem diria as mesmas frases, mas certo dia você acaba repetindo a mesma coisa para os seus filhos e, ainda que tente evitá-lo não há escapatória. 

4. Não tenho nem idéia do que fazer: você não confessará, mas em muitas ocasiões não sabe por onde ir, o que fazer quando a criança se comporta mal, como solucionar alguns deveres de matemática ou se é melhor ir para o pronto socorro com o bebê ou esperar o pediatra. Improvisar se tornará uma constante. 

5. Não gosto de ir ao parque: pode parecer idílica a visão das crianças brincando nos balanços, enquanto você olha embasbacada, mas na realidade é que você tem que lidar com outras crianças que tentam bater no seu filho, com mães e pais que vêm com uma conversa chata e que você não suporta e que na maior parte do tempo você passa pensando em todas as tarefas que estão se acumulando em casa. 

6. Não posso com tudo: somos super-mamães, a gente fica grávida, damos a luz, temos quarentena, amamentamos, não dormimos, não temos tempo para a gente, trabalhamos todo o dia, mas nunca confessaremos que tudo isso às vezes nos enlouquece. 

7.  Sou um blefe: quando o estresse e a voragem do dia te leva a gritar com as crianças, e a dizer-lhes não a tudo, castigar-lhes por bobagem e não conseguir passar nenhum momento de qualidade com eles e você se sente a pior mãe do mundo. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com

Ser mãe. O que é?

Ser mãe. O que é?

Ser mãe. O que implica ser mãe. Ser mãe é ter a valentia dos guerreiros e um instinto protetor como de uma verdadeira guardiã. É ter um amor incondicional por alguém que ainda não conhecemos bem, mas que já ocupa o lugar mais importante na nossa vida.

As mães mais felizes são as mais completas

As mães mais felizes são as mais completas

O ideal feminino da maternidade na sociedade se mantém num espaço sacramentado, que hoje em dia é difícil de encaixar. Este lugar está cheio de responsabilidades, exigências e deveres, e o arquétipo exige a renúncia de muita coisa para sustentar o mito materno. O cansaço, a decepção e a rebeldia não encaixam bem neste padrão de perfeição.

Mães no mundo: em que país é o melhor para ser mãe

Mães no mundo: em que país é o melhor para ser mãe

A organização humanitária Save The Children (Salve as crianças) publica todo ano o ranking dos melhores países para ser mãe. No topo continuam, como nos anos anteriores, os países nórdicos europeus, enquanto que os países da África Subsariana (ou Subsaariana) são os piores. A diferença entre os que tentam chegar ao mínimo e os que lutam em alcançar o máximo continua crescendo.

Provérbios e frases sobre mães

Provérbios e frases sobre mães

A gente traz alguns ditos populares sobre as mães. São frases que mostram um pensamento ou uma reflexão sobre como são as mães. Existem frases graciosas, curiosas ou originais sobre as mães que nos transmitem sabedoria popular. Com esses provérbios sobre as mamães queremos celebrar o Dia das Mães.

Mulheres que se sentem tristes após o parto. É normal?

Mulheres que se sentem tristes após o parto. É normal?

Após o parto é bastante frequente experimentar um sentimento de tristeza. Toda mãe imagina que a ‘flecha amorosa’ estaria assegurada e o amor surgiria no primeiro instante entre ela e seu bebê, mas pelo contrário, muitas vezes ela se sente desnorteada diante de um bebê insociável e chorão. Isso é normal?

0 comentarios