Vilma Medina

Diretora de Guiainfantil.com

Vilma Medina

Vilma Medina es madre de Clara y una persona con ilusión, criterios firmes y con mucho compromiso en su vida personal y profesional. Es Periodista, licenciada en la Pontificia Universidad Católica de Campinas, Sao Paulo, Brasil, y Master en Necesidades y Derechos de la Infancia y Adolescencia por la Universidad Autónoma de Madrid-UAM y UNICEF. Vilma es la Fundadora y Directora de contenidos de Guiainfantil.com. Hace casi dos décadas, cuando nació su hija Clara, ella devoró todo tipo de información sobre los recién nacidos, como casi todas las mamás primerizas. Internet empezaba y no había nada a respecto. De esta necesidad nació Guiainfantil.com, el portal en lengua española más visitado y con más éxito en el mundo. Una completísima guía para padres, educadores y niños, sobre todos los temas de embarazo e infancia. Su experiencia en el periodismo, en cualquiera de sus formas, ya sea en la prensa escrita, televisión o medios digitales, y el conocimiento adquirido en plataformas de infancia y como madre, le han hecho apostar por el periodismo como fuente e instrumento de formación. ‘Entiendo el periodismo como un gran instrumento de transformación positiva. Por ello, su ejercicio debería ser dotado de responsabilidad, sentido y calidad’. Aparte de su trabajo, a Vilma le encanta la fotografía, la escritura, el cine, caminar, el mar y la montaña, el aire… y sobretodo platicar mirando a los ojos de las personas. Ella es brasileña de nacimiento y española de corazón.

Últimas publicaciones

Promocionado

A História do Dia das mães

A celebração mais antiga do Dia das Mães é mitológica. Começou na Grécia antiga nas festividades em honra a Rhea, a mãe dos deuses Júpiter, Netuno e Plutão. Na maioria dos países, o Dia das Mães é comemorado no segundo domingo do mês de maio e é considerado pelo comércio a segunda melhor data para o comércio. O verdadeiro sentido do Dia das Mães não pode perder seu verdadeiro significado.

Promocionado

Como controlar a asma infantil

A asma é uma doença inflamatória crônica que afeta cada vez mais crianças. Chiados ou sibilos (com som de apito) e sensação de opressão no peito, tosse seca (sem mucos) persistente e cansaço, são alguns dos sintomas mais comuns entre as crianças asmáticas.

Promocionado

Pintura com os dedos na infância

Desde a mais tenra idade é possível entreter e estimular a criatividade e a coordenação das crianças com a pintura com os dedos. Em geral, dos 6 até os 24 meses, os bebês já se encontram preparados para desfrutar dessa deliciosa atividade. É importante que elas contem sempre com a orientação e vigilância dos pais ou de outra pessoa adulta.

Promocionado

Férias em casa e com as crianças

Quando as férias ou um feriado prolongado chegam, novamente a gente tem que estabelecer uma nova rotina no lar que agrade a tanto às crianças como a toda a família. Sem escola e sem suas respectivas atividades extraescolares, as crianças estarão mais em casa. Porisso te damos algumas idéias para fazer com elas quando não se pode sair de casa.

Promocionado

Primeiros sintomas da gravidez

Como saber se você está grávida? É uma pergunta muito normal quando está tentando engravidar. Os sintomas da gravidez podem variar de uma mulher para outra, mas existem alguns sinais que indicam uma possível gestação. As possibilidades são maiores se vários sintomas acontecem de uma vez.

Promocionado

Os problemas do sono infantil

Os distúrbios y problemas de sono estão entre as queixas mais frequentes nos consultórios pediátricos. Nas crianças, os problemas do sono estão relacionados, na sua maioria, com os hábitos irregulares de sono ou com a ansiedade de ir para a cama e ficar adormecido. Os pesadelos, os terrores noturnos e o sonambulismos costumam ser passageiros.

Promocionado

Socorro, o meu filho prendeu o dedo!

Quem não prendeu o dedo alguma vez? Portas, janelas e gavetas são os principais inimigos dos dedos e são os responsáveis dessa imensa dor que faz com que pulemos de agonia, que agarremos o dedo como se fosse cair e muitas vezes percamos a unha! É algo arrepiante e um machucado que a gente não gosta nem de olhar.