A difícil tarefa de ensinar os filhos a pedir perdão

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Reconhecer que tem culpa ou que se sente arrependido e necessita ser perdoado é uma das aprendizagens mais difíceis tanto para quem ensina como para quem aprende. Não se trata somente em ensinar a criança a dizer ‘perdão’, mas em ensiná-las a sentir. É uma tarefa difícil, mas não impossível. Entre outras coisas, pedir perdão ensina as crianças a reconhecer seus erros, suas falhas, e a se colocar no lugar de outra pessoa. 

Como ensinar a criança a pedir perdão

a-difícil-tarefa-de-ensinar-os-filhos-perdão A 

Pedir perdão é um ato de humildade, de reconhecer um erro e de demonstrar que ninguém, mas ninguém mesmo é perfeito. Que todos, absolutamente todos, podemos nos equivocar e que, portanto, devemos assumir e sermos responsáveis pelos nossos atos. Pode-se pedir perdão de diversas e variadas maneiras, e não apenas através de palavras. Se o seu filho tem tido um mau comportamento ou uma má atitude contigo, com seu pai, irmãos, ou com seus amigos, anime-o a pedir perdão

A partir dos dois anos, as crianças podem aprender que se batem em outra pessoa, ela possivelmente chorará e se sentirá triste. Nesse momento, deve-se promover empatia, mostrando-lhes o que sente uma pessoa que foi ‘ferida’. Além de repreendê-los, devemos animá-los que de alguma forma ‘curem’ essa ‘ferida’, fazendo com que o seu amigo se sinta melhor.  

A partir dos 5 anos, as crianças já possuem a capacidade de saber que o seu mau comportamento resulta numa má consequência. Nessa idade, eles já entendem sobre o que é correto e o que não, ainda que isso não queira dizer que seja mais simples aprender a pedir desculpas

Desse modo, devemos fazer-lhes repensar no que tenham feito, repreendê-los com paciência e firmeza e falar-lhes sobre a importância de ‘consertar’ o ocorrido, reconhecendo que tenha se equivocado e pedindo desculpas, com um abraço, oferecendo um presente ao amiguinho ‘machucado’, demonstrando arrependimento, mudando sua forma de agir na próxima vez que o encontre, ou simplesmente dizendo-lhe ‘perdão’, ‘eu sinto muito’, ‘desculpas’, etc. 

A criança que aprende a pedir perdão, seja da forma que for, será uma criança preparada para ter boas relações pessoais. Os pais que sabem pedir perdão ao seu filho pelo que for, são bons exemplos para eles

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com