10 regras básicas de convivência para as crianças

Normas para aprender a conviver com os outros

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

As regras de convivência são um conjunto de normas sociais que é tão importante inculcar às crianças, como ensiná-las o alfabeto ou a comer com talheres. São as normas que nos asseguram conviver em paz e em harmonia evitando a discórdia.

Saudar ao chegar, despedir-se ao sair, dar ‘obrigado’ ou pedir perdão são normas muito simples que as crianças podem adquirir desde pequenos. No entanto, não são as únicas regras de convivência.

Como ensinar normas de convivência às crianças

10-regras-básicas-convivência-para-crianças A

A boa convivência se baseia em ensinar as crianças a respeitar os direitos dos outros e a aceitar que existem algumas obrigações que devem cumprir, porque sem elas, cada um faria o que lhe parecesse oportuno e cairíamos na falta de harmonia e respeito pelos outros. 

As normas de convivência permitem que os membros de um grupo, sejam crianças de uma sala de aula, amigos no parque ou irmãos em casa interajam e se comportem de forma ordenada, tolerante e respeitosa.

A gente propõe 10 regras de educação, comportamento e convivência que podemos ensinar às crianças, todos os dias, em qualquer circunstância. Mas, como podemos transmiti-las? Sempre, o melhor ensino para os nossos filhos é através do exemplo: se saudamos nossos vizinhos, damos obrigado se nos abrem a porta, pedimos perdão quando erramos ou escutamos quando nos explicam algo, eles interiorizarão esse aprendizado e o considerarão como algo normal. 

Regras de Convivência x Atitude da Criança

1 – Chegou? Cumprimente

2 – Vai embora? Despeça-se

3 – Te fizeram um favor? Agradeça

4 – Te perguntaram algo? Responda

5 – Não é seu? Peça permissão

6 – Você tem? Compartilhe

7 – Você não tem? Não inveje

8 – Você errou? Peça desculpas / perdão

9 – Estão falando com você? Escute

10 – Te emprestaram algo? Devolva-o

As regras de convivência ajudarão a criança a aprender a viver com os outros respeitando e se integrando ao grupo, seja na família, na escola ou com os seus amigos no parque. São atitudes muito importantes para que o seu filho seja um adulto feliz e saiba se relacionar com os outros de forma saudável e positiva. 

Alba Caraballo

Editora de Guiainfantil.com