O estresse de ser mãe e trabalhadora

Como conciliar a maternidade com o trabalho

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Você acredita que ser mãe e trabalhadora é muito estressante? Com certeza para algumas mulheres mais do que para outras, dependendo, dentre outras coisas, da ajuda recebida, e, sobretudo da situação econômica.

São muitas as mamães trabalhadoras que carregam nas suas costas todo o peso do seu horário e seu posto de trabalho, além disso, têm pouca ajuda em casa para cuidar das crianças, e fazer comidas para todos. Além disso, tem que ser mulher e ainda dar atenção ao marido

Como ser uma boa mãe e trabalhadora ao mesmo tempo

Como conciliar trabalho e filhos

Conciliar vida laboral e familiar tem sido um enorme desafio que atualmente muitas mulheres enfrentam em todos os países desenvolvidos e em desenvolvimento. A dedicação ao trabalho é a compensação intelectual da profissão escolhida, seja por vocação ou por necessidade, na ajuda com recursos econômicos para proporcionar uma melhor vida aos filhos. 

Mas, do outro lado da moeda, esses recursos econômicos, em tempos de crise, em muitas ocasiões não são suficientes e as mamães devem suprir essa fase com esperança, ânimo e a convicção que essa situação vai terminar logo e tempos melhores virão. Entretanto, o desafio é sobreviver.

Mas, como o estresse afeta a saúde das mamães trabalhadoras? As dores de cabeça, a taquicardia e a gastrite são as principais doenças responsáveis pela subida dos níveis de estresse nas mulheres trabalhadoras. Para combater o estresse é importante a prática de exercícios físicos e encontrar tempo para si mesma, de acordo com várias pesquisas sobre esse tema. 

Mas, o certo é que parece uma utopia encontrar no meio do caos do tempo em que vivemos, um momento para fazer exercício diariamente, ou um dia na semana para dedicar às amigas, uma tarde para ir ao cinema com nosso esposo ou inclusive algumas horas na semana para continuar com os nossos estudos.

Uma das dificuldades em conciliar o trabalho e a maternidade é que muitas vezes parece impossível fazer tudo. Talvez por isso, muitas mulheres estão 'jogando a toalha, ou seja, deixando a sua carreira profissional de lado para poder se dedicar mais à família e aos filhos. 

Como o estresse afeta as mães trabalhadoras? 

Assim, ainda que cada vez mais mulheres em todo o mundo decidam trabalhar e criar seus pequenos, paralelamente, em alguns países como os Estados Unidos, a proporção de mulheres com filhos que permanecem no mercado de trabalho tem deixado de crescer, quase estagnando.

Um artigo publicado no New York Times sinaliza que a participação das mulheres norte americanas com filhos no mercado de trabalho tem diminuído de forma tão importante, que começou a ser tema de estudo para diversos especialistas nesse país.

É possível que essa mudança evidencie a idéia que muitas mães preferem ficar em casa e cuidar dos seus filhos, principalmente quando são pequenos. Por isso, se você tiver tempo e oportunidade para criar seus filhos em tempo integral, desfrute dessa benção. 

Marisol Nuevo. Redatora