Blefarite

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Blefarite é uma inflamação não contagiosa das pálpebras. É normalmente caracterizada pela produção excessiva de uma camada lípidica (óleo), gerada por uma glândula encontrada na pálpebra, criando uma condição favorável para o crescimento bacteriano.

Os olhos aparecem avermelhados e podem ser encontrados crostas de pus seco nas pestanas da criança, principalmente na primeira hora do dia. 

Não existe gravidade e se deve consultar o médico se os olhos aparecem pegajosos ou se o estado não desaparece em uma semana.

Sintomas da Blefarite

• Prurido (coceira);
• Irritação ocular;
• Sensação de corpo estranho;
• Lacrimejamento;
• As pálpebras superior e inferior ficam cobertas por detritos oleosos e bactérias em torno da base dos cílios, podendo levar á perda dos mesmos.

Causas da Blefarite nas crianças e bebês

A blefarite normalmente é causada por dermatite seborréica ou por uma infecção bacteriana e, algumas vezes, é uma combinação de ambas. As alergias e a infestação de piolhos nas pestanas também podem causá-la, ainda que essas causas são menos comuns.


A blefarite pode estar conectada com terçóis. Os fatores de risco são a dermatite seborréica do rosto e do couro cabeludo, a rosácea, os piolhos e as alergias. 

Tratamento da blefarite em crianças e bebês

Pela manhã e pela noite, umedeça um pedaço de algodão em uma solução com água fervida e morna, e meia colherinha de sal. Logo limpe cada olho (fechado) desde a parte interior até o exterior. Repita a operação sempre trocando o algodão.

Em caso de uma infecção, o médico receitará um colírio ou uma pomada antiinflamatória.

Cuidados e Recomendações

• Tenha sempre as mãos limpas e unhas aparadas quando for fazer a limpeza.
• Pelo menos duas vezes ao dia, aplique compressas mornas sobre as pálpebras fechadas, durante 2 a 3 minutos.
• Com a ponta do seu dedo envolvida por um pano fino ou com um cotonete, esfregue com delicadeza a base dos cílios de cada pálpebra.
• Não use maquiagem. Isso pode piorar a irritação ocular.
• É importante fazer a limpeza freqüente das pálpebras. Isso ajuda no controle da blefarite.
• Evite alimentos gordurosos.