Dúvidas sobre a gripe durante a gravidez

Perguntas mais comuns das grávidas sobre a gripe

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A gripe é uma das doenças mais comuns no ser humano. Essa doença, causada pelo vírus influenza, pode afetar de uma maneira mais forte, as grávidas, devido apresentarem um sistema imunológico um pouco debilitado durante a gestação

Além disso, as futuras mamães são mais propensas a sofrer complicações graves devido a gripe, como informam os Centros para o Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC). 

Ainda que o vírus não possa atravessar a placenta, os sintomas que a grávida sofre e suas possíveis complicações podem afetar o feto pelo aparecimento de uma gripe traz dúvidas e perguntas às gestantes.

Perguntas sobre a influência da gripe na gravidez 

- A gripe causa danos ao feto? A dúvida das futuras mamães sobre se o vírus da gripe pode trazer riscos para a saúde do bebê é mais comum e a mais evidente. Em primeiro lugar, a mãe deve procurar um especialista para determinar se tratar de uma gripe ou um resfriado. No caso de confirmação do diagnóstico, deve-se levar em conta que são os sintomas da gripe que podem afetar o bebê e não o vírus em si.

- Que sintomas da gripe podem prejudicar o feto? Alguns dos sintomas provocados pelo vírus podem afetar de diferentes maneiras o feto, por isso a grávida deve ser muito cuidadosa. Os mais comuns são a falta de apetite, a febre, a desidratação e a congestão nasal.

- Pode tomar medicamentos contra a gripe durante a gravidez? A norma geral é que as grávidas não tomem nenhum medicamento para evitar prejuízos ao feto, mas no caso de uma gripe, existem remédios compatíveis com a gestação, ainda que devem ser tomados com prescrição médica.

- A gripe pode ter complicações nas grávidas? O maior risco que a gripe traz durante a gestação é a possibilidade de que aconteçam complicações como a pneumonia. Segundo dados da “Vigilância de casos graves hospitalizados confirmados de gripe na Espanha”, realizado em 2011 pelo Centro Nacional de Epidemiologia, as complicações trazem mais perigos para o feto e para a mãe no segundo e terceiro trimestre de gravidez e podem chegar a requerer uma hospitalização.

- Uma mulher grávida pode se vacinar contra a gripe? Especialistas confirmam que a vacinação da gestante é a medida preventiva mais eficaz. Segundo informam os CDC, os estudos realizados em milhares de mulheres grávidas avaliaram a segurança da vacina contra a influenza durante a gravidez e comprovaram a eficácia, sem dano algum sobre a mulher nem sobre o bebê. A Sociedade Espanhola de Ginecologia e Obstetrícia (SEGO) recomenda a vacinação contra a gripe A para todas as gestantes, em qualquer momento da gravidez. 

No Brasil, o Ministério da Saúde também recomenda a vacinação contra a gripe para as grávidas. 

Fontes:

•Centros para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC)

•Centro Nacional de Epidemiologia

•Sociedad Española de Ginecología y Obstetricia (SEGO)

Patricia García

Colaboradora de GuiaInfantil.com