Benefícios da massagem infantil para os pais

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A massagem é um ritual de paz, segurança e de amor entre pais e filhos. O bebê que recebe amor durante sua infância está sendo preparado para ser um adulto equilibrado, sem traumas e que transmitirá bons sentimentos aos demais. Durante a massagem, a troca de carinho beneficiará não somente ao bebê, como também à sua família. Os laços entre o bebê e sua mãe ou seu pai, são estreitados, e tanto um como o outro poderá controlar o estresse diário, e as tensões físicas e emocionais.

Ainda que os pais não tenham tempo de estar mais com seus filhos, se propuserem este tempo para a massagem, todos os dias, estarão beneficiando seu bebê, e não se sentirão tão “culpados” por não poder dar-lhes mais atenção. O importante é que durante a massagem, todos os pensamentos e preocupações sejam postos de lado, e que se concentrem somente no bebê. É fundamental desenvolver esse outro diálogo e massagear o bebê em silêncio. A comunicação durante a massagem será através das mãos e dos olhares.

A massagem é um grande encontro entre pai e filho

É necessário saber respeitar os desejos e a disponibilidade do bebê e também dos seus pais. Terão dias que, por alguma razão, seu bebê não se mostre muito receptivel à massagem. Do mesmo modo que o pai ou a mãe. Neste caso, não se deve insistir. No dia seguinte se faz um pouquinho mais. Se os pais não estão relaxados o suficiente para dar massagem no bebê, melhor que não insista nela. Seu bebê perceberá e pode ser que não se relaxe como deveria. Assim que o melhor é substituir este momento da massagem por outra atividade que não necessite tanta concentração, como cantar canções infantis, ou ler um conto, etc.

A massagem é um ritual de paz e segurança, de tranquilidade e de amor, entre os pais e os filhos.