Os desenhos e a inteligência das crianças

Alguma vez você parou para observar os desenhos do seu filho? Preste atenção nos traços dos seus bonecos. Se os traços são simples linhas ou têm uma infinidade de detalhes. Preste atenção se os seus desenhos estão repletos de cores, se quando desenha a ‘mamãe’ ele desenha brincos, anéis e até babados no vestido. Preste atenção se quando desenha o ‘papai’ fica faltando os óculos ou chapéu. Se o seu filho tem quatro anos e nos seus desenhos ele coloca detalhes como esses, parabéns! Você tem um filho muito inteligente. 

Um estudo recente vincula a qualidade dos desenhos de crianças de quatro anos com o coeficiente intelectual que tem não somente relacionado com a sua idade, mas também quanto desenvolverá quando tiver 14. Isso significa que se o meu filho não desenha bem, ele não será inteligente? Não. 

Existe um ‘gene do desenho’?

os-desenhos-e-a-inteligência-das-crianças A

O dom ou a facilidade para desenhar pode ser herdado? Que relação tem este dom com a inteligência? Psicólogos do King’s College London analisaram os desenhos de mais de 15.500 gêmeos. Eles queriam comprovar se os gêmeos (que compartilham DNA idêntico) desenhavam da mesma forma que os gêmeos que só compartilham a metade da carga genética. Suas suspeitas se confirmaram: Os gêmeos desenhavam da mesma forma. Os gêmeos idênticos desenhavam da mesma forma, já os gêmeos não idênticos, não. Isso significa que a forma de desenhar pode ser herdada? Os psicólogos que realizaram o estudo asseguram que não existe um ‘gene do desenho’, mas sim uma predisposição. Desenhar bem ou não depende de vários fatores. À carga genética teria que ser acrescentada: 

- A capacidade de observação da criança. 

- O desenvolvimento da psicomotricidade fina 

- A habilidade para traduzir o espaço e as proporções 

- A criatividade da criança 

Relação entre os desenhos de crianças e a inteligência

Os psicólogos analisaram durante muitos anos os desenhos infantis. Os desenhos não contam somente como se sentem, nem só demonstram emoções, mas também é um retrato da sua forma de ver as coisas. E como não, da sua inteligência. 

Mas, esse recente estudo descobriu algo mais: os desenhos das crianças não apenas nos dizem o quanto é inteligente uma criança com quatro anos. Também nos diz o quanto inteligente ela será quando tiver 14 anos. 

Mas, com isso, os pesquisadores não querem assustar aos pais de crianças que têm dificuldade para desenhar. Não significa que o seu filho não será inteligente. A inteligência não depende somente de como se desenha. Pode ser que você tenha um filho que não goste de pintar, mas é um artista maravilhoso em tudo o que vê. Ou talvez prefira tocar um instrumento musical. Ou se destaca na dança. Cada criança tem uma habilidade concreta. Descobri-la e saber aproveitá-la é o que a torna, sem dúvida, mais inteligente. 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com

  • Desenho infantil
    Desenho infantil

    O desenho é uma representação gráfica de um objeto real ou de uma idéia abstrata. O desenho é uma das formas de expressão mais antigas da humanidade. Utiliza-se o desenho como uma forma de comunicação desde a pré-história, quando os primeiros homens, através de pequenas figuras desenhadas nas rochas e nas paredes das cavernas, manifestavam suas idéias e pensamentos entre si.

    • Como interpretar os desenhos das crianças
      Como interpretar os desenhos das crianças

      O desenho pode ser, na infância, um canal de comunicação da criança e seu mundo exterior. Segundo os psicólogos da Unidade de Desenvolvimento Psicológico e Educativo de San Salvador, por ética, só uma pessoa especializada, como alguns psicólogos, pode interpretar os desenhos, seguindo protocolos estabelecidos para esse fim.

0 comentários