Enrolar os cabelos

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Parece ser um costume quase exclusivo das meninas. Parece ser um hábito quase exclusivo das meninas, como também muitas mulheres adultas, devido que a maioria tem o cabelo mais comprido que os rapazes.
Brincar com uma mecha de cabelos quando se sentem envergonhadas ou tímidas, lhes dá tranquilidade e segurança.

O ato de pegar, brincar e enrolar o cabelo com os dedos não indica que o menino ou a menina tenha adquirido um mau e nocivo hábito. O ter este comportamento não significa que seu filho tenha problemas de insegurança ou de aborrecimento, etc. O problema só existirá se seu filho começa a arrancar cabelos, inclusive mechas inteiras da cabeça. Neste caso seu filho estaria se agredindo, o que indicaria que ele esteja tendo problemas e que necessita de ajuda de um psicólogo.

Um mau hábito muito comum

Enrolar o cabelo é um hábito muito comum, mas se isso deixa seus pais muito nervosos, ver sua filha brincando com o cabelo, a única coisa que podem fazer é evitar dar importância ao tema. Não vale a pena um confronto com a filha por causa disso. 

Não se pode ignorar que todos temos algum momento mais fraco que outro, e que de uma forma ou de outra há que buscar algo que nos tranquilize.