O que é a gripe A e como afeta as crianças

Sintomas, tratamento e prevenção da gripe A em crianças

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A gripe é uma doença aguda transmitida pelo vírus Influenza tipo A e extremamente contagiosa. Este vírus se dispersa pelo ar e se contagia através do ar que respiramos ou pelo contato direto quando o doente tosse, espirra ou fala. 

Pode afetar pessoas de todas as idades, e causar complicações graves, e inclusive a morte, sobretudo em bebês, crianças e anciãos, cujas defesas são mais vulneráveis. 

Sintomas da Gripe A (Influenza H1N1) em bebês e crianças

o-que-é-a-gripe-a-como-afeta-crianças A 

Ainda que ambas sejam doenças que afetem as vias respiratórias, não é a mesma coisa o resfriado comum que a Gripe A. Seus sintomas são diferentes e convém distingui-los. Os sintomas da Gripe A H1N1 (gripe suína) em bebês e crianças são: 

- Febre repentina superior a 39ºC 

- Dor de cabeça forte e intensa

- Dores musculares e das articulações 

- Tosse frequente e intensa – Coceira e/ou dor de garganta

- Irritação dos olhos e congestão nasal 

- Cansaço, náuseas e vômitos

- Falta de apetite e diarréia

Como diferenciá-las? A gripe A se caracteriza principalmente pela presença de febre muito alta, e num resfriado comum não acontece. Além disso, a tosse forte e persistente também é um sintoma que diferencia a gripe A do resfriado.

Diagnóstico e tratamento para a Gripe A em crianças e adultos 

Um quadro de gripe, não tratado adequadamente pode dar lugar a complicações e gerar problemas respiratórios graves como a pneumonia, a sinusite, a rinite, a broncopneumonia e outras infecções relacionadas com as vias respiratórias. Por isso, o quanto antes se diagnosticar a gripe e a tratar, melhor.

O diagnóstico se faz, em geral, através de uma análise de laboratório de uma mostra de secreção do aparelho respiratório entre os primeiros 4 ou 5 dias da detecção da doença. Uma análise de sangue também pode verificar a presença de anticorpos.

Alguns medicamentos como os antivirais podem fazer a doença mais suportável, pois ajudam a diminuir sua duração e alivia o mal estar e os sintomas, sempre quando sejam administrados durante as primeiras 48 horas do aparecimento da doença. Em todo o caso, consulte sempre com o seu médico, já que ele está capacitado para determinar o tipo de medicação que o doente necessita. 

Prevenção da Gripe A entre crianças e bebês

Conselhos para evitar que as crianças se contagiem com o vírus Influenza é:

- Abrigue-o e evite mudanças bruscas de temperatura. 

- As frutas e verduras ricas em vitaminas A e C elevam as defesas do organismo. Não devem faltar na alimentação da criança. 

- Lave as mãos da criança frequentemente com água e sabão. O vírus também se transmite pelo contato através das mãos. É importante lavá-las antes e depois de estar em contato com doentes, de preparar ou comer algum alimento, tratar uma ferida ou utilizar o computador. 

- Mantenha a higiene das mãos depois de ir ao banheiro, tossir e espirrar, assuar o nariz, usar o transporte público, estar em contato com animais, manipular o lixo ou fraldas ou retornar da rua. 

- Evite qualquer exposição a contaminantes ambientais. 

- Procure estar distante das pessoas que apresentem alguma infecção respiratória. 

- Evite saudar com um beijo ou um aperto de mãos. 

- Evite compartilhar alimentos, copos ou talheres. 

- Ventile e deixe entrar o calor da luz do sol em casa, no escritório e em todos os lugares fechados.

- Evite procurar lugares fechados com muita aglomeração de gente.

Fontes consultadas: 

Organização Mundial da Saúde

Ministério da Saúde e Política Social da Espanha

Ministério de Saúde do Canadá

Departamento de Saúde da Grã Bretanha 

Centro para o controle e prevenção de doenças dos EUA