Ambliopia em crianças: tampão versus terapia visual

Como os optometristas tratam a ambliopia na infância

Vilma Medina

Vilma Medina

A ambliopia pode ser tratada de diferentes formas. Realmente o tratamento mais difundido, ou talvez o que os pais mais conheçam é o tratamento através dos tampões, ou seja, da oclusão total. Trata-se de tentar que o olho bom receba absolutamente nada de luz, para que o olho ruim possa tentar ver bem e, portanto, ganho de acuidade visual que irá permitir que veja os detalhes. No entanto, não existe apenas essa opção, uma vez que especialistas têm exposto outros tratamentos para que os olhos possam trabalhar de maneira conjunta. 

Exercícios visuais para tratar a ambliopia

ambliopia-em-crianças-tampão-versus-terapia A

A optometria opta por um tratamento diferente da oftalmologia no que se refere à ambliopia. Os optometristas opinam que se taparem um olho, o cérebro em nenhum momento ‘estará aprendendo’ a trabalhar com os dois olhos. 

Para eles existem outros tipos de tratamentos: 

- A terapia visual, que começa a ser conhecida cada vez mais, em que se tenta avaliar qual seja a origem do olho vago ou quais são as habilidades que estão reduzidas para um tratamento mais personalizado. O que se realizam são exercícios visuais dedicados a melhorar a habilidade de focar do olho ruim. 

- Lentes de contato: no caso em que o problema não seja o foco, mas o problema esteja em que a graduação dos dois olhos seja muito diferente. No final das contas o que o cérebro tenta é unir essas duas imagens. Se uma imagem é claramente de uma qualidade inferior à outra, o cérebro vai ficar somente com a imagem boa com o qual é muito possível que esse olho ruim vá crescendo cada vez mais. Os optometristas comportamentais são partidários do uso de lentes de contato contra os óculos nestes casos. Entendem que a lente de contato não é um simples método estético, mas também é um tratamento, e como tal, devem-se avaliar quais são os benefícios que irá nos proporcionar e se existe algum tipo de contraindicação. Portanto, além dos exercícios com os olhos, as lentes de contato seriam outro método de tratamento. 

Com a colaboração de María Valencia Sandonís

Óptica e Optometrista

ISAVI, Instituto de Salud Visual 

Os problemas de visão na infância

Os problemas de visão na infância

A miopia, o astigmatismo e a hipermetropia são os problemas de vista mais comuns em crianças e bebês. Segundo a Academia Americana de Oftalmologia, estes problemas de vista atingem a mais de 20 por cento das crianças em idade escolar.

Atenção aos olhinhos do bebê

Atenção aos olhinhos do bebê

A gente se preocupa se o nosso pequeno come e dorme bem, se cresce com saúde, se reage a estímulos... Mas, são poucos os que se preocupam em cuidar dos olhinhos, um dos órgãos mais sensíveis do bebê.

Etapas na visão do bebê

Etapas na visão do bebê

O meu bebê pode ver? Como ele enxerga durante as primeiras semanas? Ele é capaz de reconhecer meu rosto? São perguntas muito comuns entre pais de primeira viagem. Após 40 semanas no útero materno não é fácil para o bebê se acostumar à claridade.

Crianças com ambliopia ou olho vago

Crianças com ambliopia ou olho vago

A ambliopia é conhecida comumente como olho vago (ou ‘olho de preguiçoso’). Trata-se de um olho que não chega a ver 100%, ou seja, que não chega a distinguir certos objetos com nitidez ou ver letras menores.

0 comentarios