O bebê ou a criança deve ou não dormir na cama dos pais?

Dormir na cama dos pais?

Ensinar a criança que durma sozinha, teoricamente, é o mesmo que ensinar-lhe a comer, a tomar banho, a trocar-se sozinha. O sono também um hábito, muito necessário, que entra na vida da criança e que , como tudo o mais, deve ser orientado desde o princípio.

Uma criança que não dorme bem, ou seja, que não concilia o sono na sua caminha, dá o mesmo trabalho que outro que não quer sentar-se à mesa ou que faz um escândalo para tomar banho.

Muitos pais cometem o erro, por vários motivos, não sempre justificáveis, de levar o bebê para sua cama. Segundo alguns especialistas em sono infantil, o bebê já deve ser colocado no seu berço desde o primeiro dia em casa, para evitar que se acostume a dormir com os pais. Em determinadas situações, muito definidas, quando o bebê estiver doente e os pais se sentirem mais próximos, ou no meio da noite o bebê se desperte assustado, pode-se tolerar que a criança durma na cama dos seus pais, mas muito cuidado para que isso não se torne um hábito. As crianças são muito espertas e podem se aproveitar da situação. E para mudar o hábito custará muitíssimo.

A rotina é a melhor

Para que a criança não se acostume a dormir na cama dos seus pais, é necessário levá-la de volta à sua cama quantas vezes seja necessário, sem falar nem discutir. As crianças se comportam melhor quando identificam um modelo em que se possa confiar. Ensiná-las a dormir sempre na mesma hora, em sua caminha, com ou seu ursinho ou mantinha, as ajudará a entender o que se espera delas. A rotina é o melhor nesses casos. Evitará situações de ansiedade, e de negociações desnecessárias. Uma boa rotina na hora de dormir pode durar de 15 a 30 minutos. Entre o banho, mimos, limpeza dos dentes, os contos ou as músicas, orações, e o que ocorra, a criança seguramente conciliará o sono mais tranquilamente. Tente manter a rotina nos mesmos horários todos os dias. Assim estará educando o sono do seu filho.

É conveniente que o bebê ou a criança pequena durma sempre no mesmo lugar. A mudança de lugar, cama, etc., pode dificultar o desenvolvimento do seu modelo de dormir. No caso de pais separados, como não se pode compartilhar o mesmo lugar, é recomendável que se esforcem para manter a mesma rotina quanto aos horários e os costumes. Almofadas, mantas, e objetos de estimação similares, devem ser empregados na mesma hora. É necessária a mesma estrutura e rotina na hora de dormir.

Não é bom dormir com os pais

Para as crianças é uma maravilha dormir com seus pais. Mas se esse hábito se torna uma rotina, pode haver consequências não muito agradáveis. Dormir na cama dos pais geralmente está contra-indicado. É necessário ensinar às crianças noções de privacidade desde a idade mais pequena. Quando ainda é um bebê, pode-se fazer algumas concessões, mas a partir dos 3 anos de idade, dormir com os pais, pode fazer com que a criança não desenvolva sua individualidade nem a segurança em si mesma. Pode-se converter-se em uma criança dependente e insegura.

Posso dormir aqui?

Muitas crianças sofrem à noite, com medos, o escuro, os imaginários “monstros”, etc. A criança deve aprender a superar seus medos com a ajuda dos pais. E nesta ajuda consiste em fazer com que a criança enfrente e não fuja da situação. Deve ter paciência, mas também muita firmeza e persistência.

Tudo é uma questão de tempo. Quando a criança sentir medo, é preferível que fique um pouco na sua cama para tranquilizá-la, do que levá-la para a cama dos pais. 

Dormir no seu próprio quarto, para elas, é estar “longe” do papai e mamãe. É separar-se deles. 

A hora de dormir é entendida por elas como a hora de separar-se dos pais, de seus irmãos, dos brinquedos, e de tudo o que poderia estar fazendo. Por esta razão é que a criança vai deitar-se sempre protestando. Por isso, como qualquer outra necessidade, o dormir só, também se aprende. O ideal é que entre os três e seis meses de idade, a criança já esteja dormindo sozinha ou com seus irmãos. Para as crianças isso significa dar um passo na autonomia; para os pais é recuperar a intimidade. Superada esta primeira etapa, poderá aparecer outras coisas. Por exemplo: quando a criança já consegue sair do berço e caminhar. Esta outra etapa pode aparecer entre os 12 e 18 meses de idade. E aos quatro anos começarão a aceitar a “separação parcial” dos seus pais porque nesta idade já vão ao colégio, ou brincam na casa de amiguinhos.

  • Homeopatia para conseguir que a criança durma
    Homeopatia para conseguir que a criança durma

    A insônia ou os problemas para dormir não são exclusivos dos adultos. Alguns bebês podem passar meses sem dormir bem, com desgastes para eles e para toda a família. A homeopatia se apresenta como uma dessas terapias alternativas eficazes e seguras.

    • A segurança dos bebês no berço
      A segurança dos bebês no berço

      Durante 2 ou 3 anos o seu bebê vai ter que utilizar o seu bercinho, por isso é importante investir em um berço seguro e duradouro. Não queremos que o bebê corra nenhum risco, muito menos enquanto estiver descansando. A gente dá algumas recomendações a respeito.

    • O dilema de um bebê: como ou durmo?
      O dilema de um bebê: como ou durmo?

      Se existe algo que os bebês necessitam nos seus primeiros dias de vida é dormir. Mas, é claro que também precisam comer. É aí que acontece o grande dilema: o que acontece quando um bebê tem fome e sono ao mesmo tempo?

30 comentários

  • 08/03/2016 14:04

    Por que será que acho estas teorias tão cruel, de todos comentários que li, maioria dorme com seus filhos e nada de errado com isso. Durmo com os meus e posso comprovar eles são mais saudáveis e independente do que de amigas que segue uma rígida ordem das coisas, tenho crianças felizes, somos felizes e não temos problemas deles virem a nossa cama. É muito cruel para uma crianças acordar aterrorizada e não ter os pais perto. Eu sou indígena é sempre dormimos com nossa mãe, problem nenhum, quando estávamos pronto fomos para nossa cama sem trauma.

    Avaliar
    Responder
  • T
    Thelma

    24/12/2015 10:05

    Meus gemeos (agora com quase 4 anos) dormiram comigo enquanto eram bebes. Eu dormia melhor nao tendo que levantar varias vezes por noite para ir ao quarto deles amamantar, medicar quando estavam doentes, etc. Quando comecaram a engatinhar eles passaram a dormir em seu proprio berco, porem eu removi as laterais para que pudessem sair do berço independentes de mim. Coloquei uma cama de solteiro no quarto deles e dormia la com eles. Quando ja andavam bem, demos adeus aos berços e compramos mais uma cama de solteiro. Cada um ficou com uma e eu ficava com eles ate dormirem e depois ia pro meu quarto, minha cama :) Expliquei (varias noites seguidas) a eles que eu dormia melhor na minha cama e que se eu dormisse bem ficaria mais descansada no dia seguinte e portanto mais contente e mais atenciosa com eles. Hoje com quase 4 anos ainda fico com eles ate dormirem, mas se acordam no meio da noite pra beber agua, procurar uma chupeta que caiu, etc, etc, voltam a dormir sozinhos 90% das vezes. Nas raras vezes que veem me acordar, eu vou com eles pra cama deles e normalmente em 5 minutos eles estao novamente dormindo. Sinto que meu trabalho de mae é fazer com que se sintam amados, seguros e que podem contar comigo quando precisarem. Ambos estao se tornando crianças independentes, tranquilhas e sem medos. Entao, apesar dos inumeros protestos do meu marido (durante os dois primeiros anos dos nossos filhos) acho que tomei as decisoes corretas nas horas certas :) Só o futuro nos dirá com certeza.

    Avaliar
    Responder
  • M
    Marinha

    17/04/2013 04:24

    Olá,tenho um filho de 3 anos e meio.E desde bêbê eu durmo no quarto com ele.Tinha medo de deixá-lo sozinho no seu quarto,pois ele teve muitas cólicas até o 4 mês.Não tenho problema com o meu marido quanto a isso,mas,acho q já tá na hora dele durmir só.Preciso de ajuda,quais argumentos posso usar com ele pra mudar isso?Bjo e desde já agraceço.

    Avaliar
    Responder
  • j
    juliana

    18/02/2013 00:28

    tenho um filho de 3 anos e 3 meses.meu esposo todo dia usa como desculpa que trabalha fora e sente muita saudade dele e poe ele pra dormir com ele.eu fico com raiva e deito no quarto na cama que seria pra meu filho dormir.nosso relacionamento esta desgastado e nao consigo me aproximar do meu filho por que ele nao deixa,quer a atençao do menino so pra ele.fico a semana inteira em casa cuidando dele como se fosse uma babá e quando ele chega que so me da ordens.me ajundem por favor

    Avaliar
    Responder
  • F
    FLAVIA

    30/01/2013 08:57

    oi, td bem? minha filha tem 1 ano e 4 meses e até hj ela nunca dormiu uma noite inteira. Ela dorme na cama comigo e não consigo desacostumá-la. Acorda chorando a noite por várias vezes! Como posso fazer com que ela durma a noite inteira e no seu berço.

    Avaliar
    Responder
  • e
    eliete vieira justo

    11/01/2013 10:04

    Sempre dormi com minha filha. Quando ela era bebê comecei a colocá-la só do meu lado (no resguardo), depois improvisei uma cama para ela colado na minha, dai ela começou a rolar para a minha cama e está até hoje no meio do papai e da mamãe. O ingraçado é que se colocar ela na cama dela ela fica, o papai e a mamãe que não fica, dá impressão de que ela está do lado de fora de casa. O problema é que ela já está com dois anos e meio, ou seja já está bem entendida, morre de ciúmes da mamãe, e não me deixa descansar, até acordar de madrugada e pedir para deitar no meu lugar ela pedi, acordo quebrada.

    Avaliar
    Responder
  • G
    Grase

    22/02/2012 17:09

    Minha filha tem 12 anos e nao dorme em sua propria cama porque nao quer q eu e meu marido ........ O que eu fasso ???

    Avaliar
    Responder
  • R
    Roberta

    25/12/2011 12:19

    Ouço o tempo todo que não se deve dormir na cama com os pais, mas se meu bebê não estivesse na minha cama, hoje ele estaria morto, porque ontem ele engasgou com vomito, dormindo de barriga para cima conforme o recomendado. Se eu não estivesse junto não teria visto e talvez não tivesse conseguido socorrê-lo.

    Avaliar
    Responder
  • c
    cristiane mendonça

    09/12/2011 20:29

    minha filha tem um ano e sete meses e dorme desde o primeiro dia comigo e meu marido na cama, como faço para aos poucos ir tirandoo isse costume?
    hj vou passar a noite no computador e ela esta ao meu lado no berço vou ver seu despertar normalmente se ela nao sentir minha presença ela se desespera...

    Avaliar
    Responder
  • C
    Claudia

    24/10/2011 15:30

    Olá,
    Meu filho tem 2 a 6m, e não consigo dormir sem ele. O pai dele liga o ventilador no ultimo e ainda abre a janela... quando ele acordava na noite e me procurava no meu quarto sempre ficava doente (a Dra. chegou a chamar a atenção do pai - que não mudou o habito). Claro é sempre eu que tenho que cuidar...quando meu filho fica doente! Mudei o pai de quarto e durmo com ele, no entanto tenho medo de atrapalhar o desenvolvimento do meu filho. Como posso não atrapalhar? Nós dois dormimos muito bem, mas meu filho continua acordando uma vez na noite para tomar agua e ir ao banheiro.

    Avaliar
    Responder

Página: 1 de 3 (30 Artigos) 123››