Dicas para que as crianças leiam

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Em muitas ocasiões, o primeiro contato das crianças com os livros acontece no início da idade escolar. Os livros de texto são atualmente muito atraentes para as crianças, mas muitas vezes elas acabam associando os livros aos estudos ou às obrigações.

O que podemos fazer para que adquiram o hábito da leitura pelo prazer de ler e não necessariamente a leitura esteja conectada à obrigação dos deveres e dos estudos?

Despertar o interesse pela leitura nas crianças

dicas-para-que-as-crianças-leiam A 

O interesse pela leitura pode ser estimulado e sugerido quando nossos filhos ainda são bem pequenos, inclusive antes que aprendam a ler. Para isso, devemos oferecer livros para a criança como uma forma a mais de diversão, uma alternativa a mais de jogos.

Com certeza vocês já devem ter visto livros de todo o tipo, orientados para que os menores da casa desfrutem: contos do cinema, contos para ler durante o banho, livros de ilustrações simples que ensinarão ao nosso filho objetos cotidianos, contos com sons, contos para que leiamos antes de dormir, livros de animais e bichos, pequenas enciclopédias, etc.

Permitir que o seu filho comece a folhear um livro ou sentá-lo no seu colo para ler um livro para ele é colocar bases sólidas para motivá-lo à leitura, e, portanto, aos benefícios que esta leitura contribuirá com ele: inteligência, imaginação, criatividade, etc. 

Dicas para incentivar a criança à leitura

Trabalhar para que o nosso filho goste da leitura vale à pena, e para isso devemos iniciá-lo o quanto antes no hábito de folhear e brincar com os livros. Aqui vão algumas recomendações: 

- O livro deve ser visto como um brinquedo para ser manipulado e visto desde idades bem precoces. Para isso, é importante adequar o tipo de livro à idade das crianças. 

- Potencializar a imitação. Se nosso filho nos vir ler, ainda que sejam notícias do jornal ou revistas, ele também vai querer compartilhar junto com a gente o espaço da leitura.

- Ler para o nosso filho em voz alta quando ele começa a falar é ideal, enquanto ele pode folhear os desenhos ou fazer perguntas. O livro deve narrar histórias simples que possa compreender sem dificuldade, e, portanto, não perca a atenção ou o interesse. 

- Ir para a biblioteca com assiduidade. Este espaço é o ideal para ensinar-lhes a manter o silêncio necessário e respeito pelos livros.

- Presentear livros ou premiá-los às crianças é estimulante para elas. Potencializar que sejam elas mesmas que escolham o livro que mais gostem. 

- Os pais têm que se assegurar que elas estão entendendo o conteúdo. Quando já forem capazes de entender, sem problemas, a história, ou realizar por elas mesmas uma leitura compreensiva, devemos fazê-las participantes da história, fazendo perguntas ou pedindo que dê sua opinião sobre o que escutou ou leu. 

- Ensiná-las a fazer uma leitura reflexiva: aproveitar para ensinar valores ou mostrar a elas comportamentos adequados ou inadequados que possam tirar da leitura.

- Manter sempre vivo o interesse, abastecer seu quarto com uma pequena biblioteca, que vá crescendo com ele. A leitura é o fundamento de todo o conhecimento posterior. Potencializar a leitura é potencializar o êxito nos estudos e o interesse em aprender. 

Patro Gabaldón

Redatora de GuiaInfantil.com