Por que se celebra o Hanukkah ou o Festival das luzes

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Hanukkah ou Chanucá (ou Hanucá) é uma festividade litúrgica hebréia que também é conhecida como o Festival das luzes, já que é tradição encher a casa de candelabros com velas que iluminam enquanto se desfruta de um jantar em família

Esta festa tem lugar durante 8 dias em que se comemora a revolta do povo macabeu, no século II A.C, onde o povo judeu recuperou sua independência sobre os gregos e conseguiram reconquistar o Templo de Jerusalém. 

Tradições durante a festa de Hanukkah

por-que-se-celebra-hanukkah-festival-luzes A 

Hanukkah é celebrado no dia 25 de Kislev do calendário judeu, ou seja, entre o final de novembro e começo de dezembro do calendário usado no ocidente, ou seja, o gregoriano e se celebra há centenas de anos. 

Chanucá é uma das festividades mais celebradas no mundo. É uma festa muito alegre onde a luz é a essência. Durante oito dias, os judeus, sem importar o seu nível de crença religiosa carregam essas tradições: 

- Acendem candelabros, seja com velas ou óleo: a função das luminárias é iluminar o interior da casa, mas iluminar para fora também, por isso se colocam candelabros próximos às janelas ou da porta da rua. Assim, as pessoas que passam podem vê-los e lembrar assim do milagre dessa festividade. 

- Existem trocas de presentes: é uma celebração em certo sentido similar ao Natal, já que é costume jantar com amigos e familiares e trocar presentes. 

- Se joga os dreidels: é uma espécie de um dado de quatro lados e cada lado tem uma letra do alfabeto hebreu, ou o acróstico que se forma com as quatro letras que significa: ‘um milagre aconteceu aqui’. 

- É cantada a canção 'Maoz Tzur', uma canção que explica como Deus protege aos judeus de cada inimigo ou império que tenta destruí-los. 

- Se comem receitas típicas: como o sufganiot, uma espécie de sonho, latkes, um bolinho de batata e cebola que se serve como acompanhamento ou rugelach, um doce tradicional. 

E, além de todas as tradições, a essência dessa festa é espiritual. Trata-se de iluminar com valores e transmiti-los contra a escuridão e compartilhar com os outros. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com