Por que se celebra o Hanukkah ou o Festival das luzes

Vilma Medina

Vilma Medina

Hanukkah ou Chanucá (ou Hanucá) é uma festividade litúrgica hebréia que também é conhecida como o Festival das luzes, já que é tradição encher a casa de candelabros com velas que iluminam enquanto se desfruta de um jantar em família

Esta festa tem lugar durante 8 dias em que se comemora a revolta do povo macabeu, no século II A.C, onde o povo judeu recuperou sua independência sobre os gregos e conseguiram reconquistar o Templo de Jerusalém. 

Tradições durante a festa de Hanukkah

por-que-se-celebra-hanukkah-festival-luzes A 

Hanukkah é celebrado no dia 25 de Kislev do calendário judeu, ou seja, entre o final de novembro e começo de dezembro do calendário usado no ocidente, ou seja, o gregoriano e se celebra há centenas de anos. 

Chanucá é uma das festividades mais celebradas no mundo. É uma festa muito alegre onde a luz é a essência. Durante oito dias, os judeus, sem importar o seu nível de crença religiosa carregam essas tradições: 

- Acendem candelabros, seja com velas ou óleo: a função das luminárias é iluminar o interior da casa, mas iluminar para fora também, por isso se colocam candelabros próximos às janelas ou da porta da rua. Assim, as pessoas que passam podem vê-los e lembrar assim do milagre dessa festividade. 

- Existem trocas de presentes: é uma celebração em certo sentido similar ao Natal, já que é costume jantar com amigos e familiares e trocar presentes. 

- Se joga os dreidels: é uma espécie de um dado de quatro lados e cada lado tem uma letra do alfabeto hebreu, ou o acróstico que se forma com as quatro letras que significa: ‘um milagre aconteceu aqui’. 

- É cantada a canção 'Maoz Tzur', uma canção que explica como Deus protege aos judeus de cada inimigo ou império que tenta destruí-los. 

- Se comem receitas típicas: como o sufganiot, uma espécie de sonho, latkes, um bolinho de batata e cebola que se serve como acompanhamento ou rugelach, um doce tradicional. 

E, além de todas as tradições, a essência dessa festa é espiritual. Trata-se de iluminar com valores e transmiti-los contra a escuridão e compartilhar com os outros. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com

Que bom seria que sempre fosse Natal para as crianças

Que bom seria que sempre fosse Natal para as crianças

Perto da noite de Natal, já se vê, se ouve e se sente o Natal por todos os lados. As ruas já estão com as luzes acesas e já mostram as cores próprias do evento. Renas, Papai Noel, anjos e estrelas se movem, emitem sons, e dão um novo brilho à decoração. As crianças adoram.

Dia de Ação de Graças. O que ensina às crianças

Dia de Ação de Graças. O que ensina às crianças

Thanksgiving ou Dia de Ação de Graças. Dia de agradecer. Nos Estados Unidos este dia é quase mais importante do que o dia de Natal. E é celebrado como tal. As famílias se preparam durante toda a semana, se felicitam com antecedência e as ruas neste dia ficam desertas.

O que é o Natal

O que é o Natal

Não se pode falar do Natal sem pensar nas festas, nos presentes ou na decoração natalina. Apesar das situações conflitantes e da extrema pobreza que estão ao redor do mundo, quando chega o Natal, o otimismo e a esperança se apodera de todos nós.

A regra dos quatro presentes de Natal

A regra dos quatro presentes de Natal

Quatro é um número perfeito. É a quantidade de presentes que recomendam os especialistas para as crianças no Natal. Eu penso que é um objetivo quase impossível. Toda a família se esforça em ver uma criança feliz, e inclui os seus desejos na sua cartinha para o Papai Noel.

Enfeites de Natal: diversão e criatividade

Enfeites de Natal: diversão e criatividade

Ainda que possamos nos permitir economicamente em encher a nossa casa de fitas coloridas, figuras, velas e diversos enfeites natalinos, por que não aproveitar essa ocasião para que as crianças se divirtam? Além disso, é uma boa ocasião para passar uma divertida tarde em casa realizando trabalhos manuais em família.

0 comentarios