Sintomas do câncer infantil nas crianças e bebês

Signos e sinais de alerta do câncer durante a infancia

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

85 por cento de todos os cânceres infantis apresentam sintomas parecidos. Quanto antes se diagnosticar o câncer, mais eficaz será o tratamento da doença. Considerando que a maioria dos sintomas do câncer se pode interpretar como doenças infantis comuns, a Associação Espanhola contra o Cãncer (AECC), recomenda aos pais que, em caso de haver alguma suspeita, peçam logo aos médicos que façam os exames para descartar o diagnóstico da doença. O câncer se estende com muita rapidez na infância. Uma detecção e um tratamento precoce aumentam as probabilidades de que a criança seja curada e possa levar uma vida normal.

Os primeiros sinais do câncer infantil

Sinais que podem indicar que uma criança tem câncer

Existem diferentes sinais pelos quais podem supor que uma criança sofra de algum câncer. A detecção de alguma alteração pode estar localizada no pescoço ou no abdômen das crianças. Ainda que haja diferentes tipos de câncer, pelo menos 85% de todos os cânceres infantis apresentam sintomas parecidos. Podemos destacar alguns:

- Anemia acompanhada de sangramentos e excesso de hematomas (manchas roxas).

- Dores de cabeça acompanhadas de alterações do sono ou do comportamento e conduta.

- Febres prolongadas e sem causa aparente.

- Dor de cabeça persistente, acompanhada de vômitos noturnos.

- Inchaço e massa abdominal anormal.

- Fadiga, perda de peso, palidez. 

- Gânglios linfáticos inflamados.

- Infecções frequentes.

Todos os casos deveriam ser estudados. E insistimos, um diagnóstico preciso, somente pode ser dado por um médico especialista, já que esses tipos de sintomas poderiam ser sinais de outras doenças infantis.

Também é possível que o pediatra do seu filho, durante uma revisão médica, detecte alguns dos primeiros sintomas do câncer. Os sinais dependerão do tamanho, da localização e como a alteração encontrada afeta o organismo. No caso do câncer se localize em uma área crítica como o cérebro, o tumor, ainda pequeno, pode produzir sintomas no início da doença, graças à pressão que exerce nas partes do cérebro. No entanto, existem cânceres que passam despercebidos e só se consegue diagnosticá-lo quando se encontra bastante desenvolvido. 

Fonte consultada:
- American Cancer Society