Cabra-cega. Brincadeiras para crianças

A brincadeira da cabra-cega pode ajudar a criança a superar seus medos

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Quem, alguma vez, não brincou de cabra-cega? Era um dos meus jogos favoritos. No começo dava um pouco de medo de bater em alguma coisa, ou de cair, mas no final era muito bom. Além do que me serviu muito para perceber, entre outras coisas, como é se mover sem poder ver como os demais.

Através das brincadeiras, as crianças não somente podem se divertir como também aprender a contar, somar, ler, compartilhar, surpreender-se, superar dificuldades, serem persistentes, ter resistência e a valorizar cada momento e situação.

Como se brinca de cabra-cega

Brincadeira de Cabra cega para crianças

Do mesmo modo que uma criança pode deixar de ter medo brincando de detetive com lanternas à noite, também pode aprender muitas coisas com o jogo de cabra-cega, pulando corda, brincando de corrida de sacos, etc.

Normalmente esse jogo está indicado para crianças a partir dos seis anos de idade. Para brincar é necessário apenas um lenço ou venda para tapar os olhos, e quanto mais crianças participarem, melhor. Posicionados em círculo, segurando as mãos, escolhem por sorteio ou por indicação a “cabra-cega” que se dirigirá ao centro da roda como os olhos vendados.

Depois de dar três voltas sobre si mesma, a “cabra-cega” tentará pegar algum amiguinho. O grupo poderá se espalhar para impedir que a cabra pegue alguém, mas é recomendável não soltarem as mãos. Quando conseguir pegar algum amiguinho, e o reconhece, trocará de lugar com ele. O importante é que a cabra-cega reconheça seus amiguinhos pelo tato, e que não permaneça muito tempo com os olhos vendados.

A origem desse jogo está na história antiga. É possível vê-lo representado nos quadros de Goya e Brueghel. Entre os muitos benefícios, permite as crianças a se divertir, realizar exercícios físicos, interagir com seus amigos, desenvolver atenção tátil, melhorar sua percepção de espaço e sua agilidade.