O jogo de xadrez e as crianças

O jogo de xadrez é indicado para crianças a partir dos 4 anos de idade

O xadrez é um jogo de estratégia de muita profundidade, que requer concentração e habilidade do jogador. Grandes enxadristas da história começaram a jogar xadrez desde pequenos, por isso se recomenda aos pais que lhes ensine o quanto antes. Quanto mais cedo as crianças aprenderem, melhores e mais habilidosas se tornarão no xadrez.

Uma criança pode começar a jogar xadrez a partir dos quatro anos de idade. O jogo, para ela pode ter diferentes finalidades: diversão e treino, competição, melhora da concentração, memória e criatividade, complemento da educação e formação. Além de tudo isso se reconhece no xadrez muitos benefícios nas áreas de desenvolvimento intelectual, habilidades e no estado emocional.

Benefícios do xadrez

O jogo de xadrez para as crianças

Quanto à capacidade intelectual, o xadrez pode ajudar as crianças a melhorar:

- A atenção, concentração e memória.

- O poder de análise, síntese e organização.

- A capacidade de resolução de problemas e tomada de decisões sob pressão.

- A criatividade e a imaginação.

- O raciocínio lógico-matemático.

O xadrez pode ajudar as crianças a:

- Ter controle emocional, sabendo a conviver com êxitos e com a frustração.

- Ter sentido de transparência, sendo honestas e íntegras consigo mesmas e com as demais.

- Adaptar-se a diversas e inesperadas situações.

- Esforçar-se para conseguir o que se propõe e melhorar sua autoestima e confiança.

- Ter iniciativa.

- Ter empatia e compreender o oponente durante o jogo.

- Trabalhar em equipe e colaborar.

Como ensinar xadrez às crianças

A melhor forma de estimular e motivar uma criança é com o exemplo, sem pressões nem obrigações. Se a criança vê alguém ao seu redor jogando xadrez, sua curiosidade lhe proporcionará desejo de aprender também. A imaginação infantil é um elemento que pode acrescentar muito na aprendizagem do xadrez.

Com efeito, é recomendável que se explique à criança o que realmente representa o jogo: como um tabuleiro em que estão representados dois reinos que lutam entre si para defender-se do oponente e capturar ao chefe do outro bando que é o rei. As peças de cada bando se unem para se apoiarem entre si, defender seu rei e lutar para capturar ao rei do outro bando. Uma criança é capaz de aprender o movimento das peças e logo compreender os temas táticos e superiores, mas tudo pouco a pouco:

- O primeiro é lhe mostrar o movimento das torres que são as peças mais simples.

- Logo, o movimento do bispo, outra peça que se move com movimentos retos.

- Quando a criança já tenha assimilado os movimentos dessas duas peças, já pode ensiná-la como se movimenta a rainha, o rei, o cavalo e por último o peão.

Ensine à criança que o objetivo dos jogos iniciais não é o xeque-mate, mas a captura de todas as peças. A habilidade da criança chegará com a prática e a imaginação, até que consiga o xeque-mate, que é a imobilização e a captura do rei oponente. Com o xadrez, a criança aprenderá a observar, comparar, fazer cálculos, a investigar, analisar, sintetizar, decidir e executar. Bom jogo!

  • Jogos e brincadeiras tradicionais para meninos e meninas
    Jogos e brincadeiras tradicionais para meninos e meninas

    Brincadeiras de crianças. Pular corda, jogar bola, amarelinha, cabra-cega, quebra-cabeça, corrida de sacos, esconde-esconde são brincadeiras que toda criança adora. E ainda promove crescimento intelectual, físico e social. Aproveite e participe da brincadeira e estreite laços com seu filho.

    • Jogo da Memória. Brincadeiras para crianças
      Jogo da Memória. Brincadeiras para crianças

      Jogo da Memória. Brincadeira de crianças. Um jogo para estimular a memória, a concentração e a atenção das crianças. Se pode comprar um jogo da memória ou fabricá-lo de forma caseira, com cartolinas, caixas de produtos, tampinhas de garrafa, etc.

0 comentários