As crianças e o Dia Mundial da Água

Ano Internacional da cooperação pela água

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O Dia Mundial da Água no ano de 2015 pretende chamar a atenção internacional sobre a água e o desenvolvimento sustentável. Os recursos hídricos e a gama de serviços que prestam têm um papel chave na redução da pobreza, no crescimento econômico e da sustentabilidade ambiental

Segundo com a ONU, ‘A água propicia o bem estar da população e o crescimento inclusivo, e tem um impacto positivo na vida de milhões de pessoas, ao englobar questões que afetam a segurança alimentar e energética, a saúde humana e o meio ambiente’. 

Dia Mundial da Água se celebra no dia 22 de março

as-crianças-e-o-dia-mundial-da-água A

Esta mesma fonte indica que hoje em dia existem sete bilhões de pessoas para serem alimentadas no planeta e se prevê que haverá outros dois bilhões para o ano de 2050. As estatísticas indicam que todas as pessoas bebem de 2 a 4 litros de água por dia, e, no entanto, a maior parte da água que bebemos está incorporada nos alimentos que consumimos: produzir um quilo de carne, por exemplo, consome 15.000 litros de água, e um quilo de trigo ‘se bebe’ 1.500 litros. 

Deste modo, até o ano de 2050, a água doce do mundo terá que manter os sistemas agrícolas que servirão para alimentar e proporcionar um meio de vida a 2 bilhões e setecentos milhões de pessoas a mais. Deve-se levar em conta que o alimento diário de uma pessoa implica entre 2.000 e 5.000 litros de água. Também se deve considerar, segundo a UNESCO, que a irrigação aumenta a produtividade das colheitas entre 100 e 400%. 

As mudanças na dieta, com a tendência a um maior consumo de carne nos países desenvolvidos influenciam também no consumo de água para a alimentação. Assim, enquanto para produzir 1 Kg de grão se pode consumir entre 500 e 3.000 litros de água, para produzir 1 Kg de carne de gado de corte alimentado com grãos pode chegar a consumir até 15.000 litros. 

Como economizar água com as crianças? 

Em todas as etapas da cadeia de suprimentos, desde os produtores até os consumidores, é possível tomar medidas para economizar água e assegurar que haja alimentos para todos. Educar as crianças para economizar água nos dias de hoje é fundamental, sobretudo em períodos de seca. Para garantir o acesso a alimentos nutritivos para todos, é preciso que a gente se conscientize da exigência de uma série de medidas que todos nós podemos contribuir:  

1. Consumir produtos que façam menos uso intensivo da água. 

2. Reduzir o escandaloso desperdício de alimentos. 30% dos alimentos produzidos em todo o mundo não é consumido e a água utilizada para produzi-los se perde definitivamente. 

3. Produzir mais alimentos, de melhor qualidade, com menos água.

4. Ter uma alimentação saudável

5. Reduzir o tempo de banho de toda a família, reaproveitar a água do banho, das chuvas, da lavadora de roupas, fechar a torneira enquanto se escova os dentes, são algumas atitudes que ajudam a economizar água. 

Em diversos Estados do Brasil, principalmente na região sudeste têm tido problemas sérios com a água nos últimos meses. Depois de diversos problemas hídricos, com falta de água na torneira, muita gente teve que aprender, a duras penas, a economizar esse bem tão necessário e importante que é a água. Cada um pode fazer a sua parte e ensinar e envolver as crianças nessa batalha pela água.