A reciclagem e as crianças

Como ensinar aos filhos sobre a reciclagem de resíduos

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Saber reciclar todos os resíduos, respeitar o meio ambiente, e saber o que fazer para preservar nossa natureza, são alguns dos ensinos que nós, pais, podemos passar para nossos filhos. Somente assim eles crescerão com a mentalidade de que é necessário lutar e fazer cada um a sua parte para salvar e conservar nosso planeta.

As crianças e a reciclagem. Como ensiná-las a reciclar

Como ensinar as crianças a reciclar

E para isso só é necessário vontade, desejo e persistência. Vale ressaltar que o exemplo dos pais tem muito mais resultado que muitos discursos. Mais do que palavras são necessárias atitudes e o exemplo, dia após dia. A partir dos 3 anos de idade, as crianças já podem aprender a separar os resíduos.

No princípio, o ensino vem do exemplo que dão seus pais. Se, desde pequeno, a criança observa o cuidado e o hábito de separar os materiais (vidros, papéis, plásticos, etc.), também será levado a ter o mesmo comportamento depois. O cuidado com o meio ambiente começa dentro das nossas casas. Logo, a criança pode aprender mais detalhes da reciclagem e da reutilização de materiais na escola.

A reciclagem, em âmbito mundial, caminha ainda a passos muito lentos. Na Espanha, por exemplo, só se recicla 11% dos resíduos. Em países como Holanda e França, já se recicla de 30 a 50%.

O Brasil, mesmo quando comparado a alguns países desenvolvidos, apresenta elevados índices de reciclagem. O país desenvolveu métodos próprios para incrementar essa atividade e o maior engajamento da população pode contribuir ainda mais, para o aumento do índice de embalagens reaproveitadas.

Como explicar a reciclagem às crianças

Primeiro ensinando-as como selecionar o lixo e onde devemos depositá-lo. Os resíduos podem ser separados em 5 grupos: o de papel, vidro, plástico, restos de comida, e outros mais orientados ao óleo, brinquedos, pilhas, etc. Existem cinco tipos de lixeiras onde devemos jogar o lixo:

1- Lixeira azul: destinado para papel e papelão.

2- Lixeira verde: destinado para vidros, cristal.

3- Lixeira vermelha: para as embalagens de plástico e briks , fora os de metal.

4- Lixeira amarela: para as embalagens de metal e aço.

5- Lixeira marrom: para os restos de comida, ou seja, para a matéria orgânica e também para outro tipo de restos como as plantas, tampas de cortiça, telas, terra, cinzas, pontas de cigarro, etc.

6- Lixeiras complementares: para jogar restos de óleo, brinquedos quebrados e pilhas.

Por que temos que reciclar

É necessário explicar passo a passo porque temos que reciclar. As crianças precisam saber o porque das coisas para fazê-lo. É necessário fazê-las entender que a reciclagem existe para evitar a destruição do nosso meio ambiente.

Exemplos:

1- Papel – para fabricar uma tonelada de papel é necessário utilizar entre 10 e 15 árvores, 7800 Kw/h de energia elétrica e uma grande quantidade de água. Ao reciclar o papel, se reduzirá o corte de árvores, se economizará energia elétrica e uma grande quantidade de água. Além disso, estaremos protegendo animais como os insetos e os pássaros, que dependem muito das árvores para sobreviverem.

2- Vidro – O vidro é reciclável porque está feito de areia, carbonado de cal, carbonato de sódio, materiais que requerem muita energia para sua fabricação. Para fundir vidro descartável se requer menos temperatura que para fabricá-lo com matéria-prima virgem.

3- Aluminio - Pode-se encontrar alumínio em um mineral chamado bauxita. Para extraí-lo e processá-lo requer uma grande quantidade de energia elétrica, sendo que se obtivermos o alumínio reciclando-o, se economizará quase 95% de energia. 

O que podemos fazer para educar as crianças

Podemos seguir a regra dos quatro erres: reduzir, reutilizar, reciclar e recuperar. Reduzir a quantidade de lixo, reutilizar embalagens e sacos, reciclar materiais como o plástico, e recuperar materiais para voltar a utilizá-los.

Paralelamente à educação meio ambiental que devem dar aos seus filhos, os pais também devem seguir algumas normas como sugestão no seu dia-a-dia:

1- Escolher com cuidado os produtos que se compra, considerando as possibilidades de reutilização das embalagens.

2- Evitar comprar produtos com muita embalagem.

3- Sempre que for possível, reciclar os sacos de supermercado para envolver o lixo ou para levá-los quando vão às compras em feira, etc.

4- Reciclar os papéis que utilizamos em casa.

5- Evitar impressões de papel desnecessárias.

6- Fazer com que as crianças usem mais o quadro negro que os papéis.

7- Escolher papéis reciclados.

8- Comprar bebidas em garrafas recicláveis.

9- Usar lâmpadas de baixo consumo.

10- Difundir suas experiências de reciclagem com amigos e familiares.