10 conselhos para pais de crianças autistas

Vilma Medina

Vilma Medina

O neurologista inglês Oliver Sacks diz que ainda que o autismo seja visto como uma condição médica, também deveria ser considerado como um modo de ser completo, uma forma de identidade profundamente diferente. 

Se vocês são pais de crianças autistas, devem respeitar a forma de viver dos seus filhos, não importam o que façam ou deixem de fazer. Fale sempre que os ama. 

A criança autista precisa dos seus pais

10-conselhos-para-pais-crianças-autistas A 

Aqui apresentamos alguns conselhos que encontramos no Behavioural Intervention for young children with autism, de Catherine Maurice, um manual para pais e profissionais de crianças autistas: 

1- Nada melhor que viver um dia após o outro, positivamente. Você não pode controlar o futuro, mas pode controlar o dia de hoje e o agora. 

2- Jamais subestime o potencial do seu filho. Motive-o. Ofereça a ele espaço, ânimo e sempre espere que ele desenvolva ao máximo as suas capacidades. Não se esqueça de que o seu filho tem capacidade para aprender, por menor que seja. 

3- Busque apoio positivo. Familiares e profissionais com quem compartilhar experiências, conselhos e ânimos. 

4- Proporcione e ofereça ao seu filho um bom ambiente educacional e de aprendizado, desde o início da sua infância. 

5- Considere e não deixe de lado os sentimentos e as necessidades do seu companheiro e dos seus outros filhos. Lembre-se que a criança autista não terá mais amor teu por passar mais tempo com ele. 

6- Quanto às suas decisões e atitudes, responda primeiro à sua consciência. Depois ao seu filho. Você não necessita justificar os seus atos aos amigos ou a outras pessoas. 

7- Seja honesto com seus sentimentos. Você não pode ser uma supermãe às 24 horas do dia. Permita a você mesma se equivocar, se frustrar, e se entristecer sempre que for necessário. É inevitável para todos. 

8- Seja boa, generosa e gentil consigo mesma. Não se fixe somente no que ainda tem que fazer. Você deve olhar para trás e ver o que já conseguiu alcançar. 

9- De vez em quando pare para sentir o cheiro das rosas. Dê muito valor ao que já conseguiu na vida, ainda que para você pareça algo normal. 

10- Mantenha a calma e jamais perca de vista o humor. Rir é uma das melhores formas para evitar o estresse e o desânimo. 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com

Perfil de uma criança autista

Perfil de uma criança autista

Como identificar o autismo na infância. O autismo é um transtorno infantil que pode acontecer mais em meninos que em meninas. As habilidades de uma criança autista podem ser altas ou baixas, dependendo tanto do nível de coeficiente intelectual, como da capacidade de comunicação verbal.

Meu filho é autista e se comunica

Meu filho é autista e se comunica

Há 66 anos, quando Léo Kanner, médico e psiquiatra austríaco descreveu pela primeira vez o autismo, muito já foi feito para descobrir as causas deste transtorno. Mas, o convívio com este transtorno nem sempre é fácil. Os pais sabem da importância do apoio aos seus filhos.

As necessidades de uma criança autista: como entendê-las

As necessidades de uma criança autista: como entendê-las

Os problemas sociais, de comunicação e de aprendizagem que as crianças autistas apresentam nem sempre são fáceis para os pais. Em muitos casos, a relação que os pais têm com os filhos autistas é tão enigmática como a que ainda tem a ciência com o autismo.

Uma boa alternativa na Internet para crianças autistas

Uma boa alternativa na Internet para crianças autistas

Penso que muitos pais de crianças autistas se sentem sós na tentativa de encontrar uma forma de dar ao filho uma melhor qualidade de vida. Foi pensando nisso que um avô, que trabalha com software, criou para o seu neto de seis anos, o Navegador ZAC.

0 comentarios