A criança e a fome

A fome mata uma criança a cada 5 segundos no mundo

Vilma Medina

Vilma Medina

Segundo relatório da ONU (Organização das Nações Unidas), a fome e a desnutrição, diz o relatório, levam à morte todos os anos mais de 5 milhões de crianças, a maioria nos países em desenvolvimento.

No mundo cerca de 100 milhões de pessoas estão sem teto; existem1 bilhão de analfabetos e 1,1 bilhão de pessoas vivem na pobreza.

A fome ainda atinge crianças recém-nascidas de uma forma alarmante. Anualmente, 20 milhões de crianças nascem abaixo do peso em países em desenvolvimento. Em alguns países como a Índia e Bangladesh, o número de casos de crianças nascidas abaixo do peso chega a 30% do total.

Crianças com fome no Brasil

Dentre os países que sofrem de subnutrição, o Brasil está em 27º lugar da lista, com 9% da população sofrendo de subnutrição. O pior resultado (1º da lista) é a Eritréia (país africano), que apresenta 35% da população subnutrida.

No Brasil, a falta de condições básicas, como água limpa, saúde, condições sanitárias, moradia, educação e informação, levam cerca de seis milhões de crianças a viverem em condições de absoluta pobreza, segundo relatório do UNICEF.

A fome mata uma criança a cada 5 segundos

A desigualdade social, juntamente com a corrupção, o que fica evidente todos os dias na mídia televisiva e escrita, são os maiores fatores para que a subnutrição aconteça em todo o mundo. No Brasil, os 10% mais ricos detêm quase toda a renda nacional. Em distribuição de renda, o Brasil só perde para a Serra Leoa, na África.

O Brasil, é recordista mundial em arrecadação de impostos. Deveríamos ter as melhores escolas públicas, as melhores estradas, a melhor saúde pública, os melhores hospitais, a melhor educação, segurança, mas o desvio de verbas, os roubos que acontecem no Senado, Câmaras em todo o Brasil, não permite que o que é arrecadado chegue de fato ao que foi destinado.

Existem ainda as causas naturais para justificar a fome: clima, seca, terremotos, inundações, pragas nas lavouras.

Podemos ainda indicar causas humanas como má administração dos recursos naturais, instabilidade política, guerras, conflitos civis, falta de recursos para os pequenos trabalhadores rurais, invasões, falta de planejamento agrícola, concentração de terra ainda nas mãos de poucos.

As conseqüências imediatas da fome são a perda de peso nos adultos e o aparecimento de problemas no desenvolvimento das crianças. A desnutrição, principalmente devido a falta de alimentos energéticos e proteínas, aumenta a taxa de mortalidade, em parte pela fome, além da perda da capacidade de combater as infecções. As crianças desnutridas não crescem direito, e quando vão à escola, não conseguem aprender. A fome causa efeitos irreversíveis.

A fome tem feito crescer o trabalho infantil. Na falta do que comer, pais permitem que crianças a partir dos 3 anos comecem a exercer trabalhos extremamente perigosos para sua idade. Essas crianças perderam sua infância, o direito garantido pela constituição à comida, à moradia, à saúde e educação.

Programas ligados à UNICEF, à Pastoral da Criança, dentre muitos outros buscam minimizar a fome em todo o Brasil.

A Pastoral da Criança, uma rede de solidariedade, acompanha mais de um milhão e 800 mil crianças e cerca de 94 mil gestantes. Com a ajuda de mais de 200 mil voluntários, a Pastoral atua em 42 mil comunidades brasileiras e no exterior. A  Pastoral da Criança constatou que o estado mais pobre do Brasil é o estado do Maranhão, e depois vem os outros, como Alagoas, Piauí, Ceará e também a Bahia.

A metodologia da Pastoral da Criança é inspirada na multiplicação dos pães, na passagem em que Jesus tinha cinco pães e dois peixinhos para saciar aquela multidão. Eles se inspiram nos pequenos grupos. São comunidades simples, pessoas necessitadas, que se organizando e trabalhando em equipe, dá certo.

“Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo” (Lc 10.27).

 

Casos suspeitos do vírus da influenza suína no Brasil

Casos suspeitos do vírus da influenza suína no Brasil

A Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde foi notificada pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo da existência de dois viajantes brasileiros procedentes do México, que desembarcaram no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, e apresentaram alguns sintomas de doença não definida. Até o momento, não há evidências da circulação do vírus da influenza suína em humanos no Brasil.

Hospitais de referência no Brasil contra a gripe suína - influenza

Hospitais de referência no Brasil contra a gripe suína - influenza

O Ministério da Saúde apresentou uma lista de Hospitais de Referência para Pandemia da Gripe Suína - Influenza. No caso de que você ache que o seu filho tem os sintomas da gripe porcina deve primeiro consultar o seu médico ou telefonar para DISQUE SAÚDE 0800 61 1997. No caso de emergência esta é a lista de hospitais recomendados.

O Brasil está se preparando para uma epidemia da Gripe Suína - Influenza?

O Brasil está se preparando para uma epidemia da Gripe Suína - Influenza?

O Ministério da Saúde garante que o Brasil está bem preparado para uma possível epidemia da Gripe Suína - Influenza A (H1N1). Isso porque o governo brasileiro já havia começado a estruturar sua rede de vigilância para influenza há nove anos (em 2000).  

A origem do Dia dos pais

A origem do Dia dos pais

O Dia dos Pais surgiu para incentivar o respeito pelos pais e fortalecimento dos laços familiares. O Dia dos Pais tem origem na antiga Babilônia, há mais de 4 mil anos. Um jovem chamado Elmesu moldou em argila o primeiro cartão. Desejava sorte, saúde e longa vida a seu pai.

Trabalho Infantil no Brasil

Trabalho Infantil no Brasil

O trabalho infantil no Brasil ainda é um grande problema social. Milhares de crianças ainda deixam de ir à escola e ter seus direitos preservados, e trabalham desde a mais tenra idade na lavoura, campo, fábrica ou casas de família, muitos deles sem receber remuneração alguma. Hoje em dia, em torno de 4,8 milhões de crianças de adolescentes entre 5 e 17 anos estão trabalhando no Brasil.

Desafios da Educação no Brasil segundo UNICEF

Desafios da Educação no Brasil segundo UNICEF

Brasil ainda tem 680 mil crianças fora da escola, segundo a UNICEF. No dia 09 de junho de 2009 em Brasília, relatório divulgado pelo Unicef - Fundo das Nações Unidas para a Infância, mostra que nos últimos 15 anos houve avanços na educação.

14 comentarios

  • isabelle

    2012-05-15 11:47:17

    eu acho q tem muita criança que passa muit fome s maes poe o filho no mundo e nao cuida ela so sabe fazer o filho e depois da o pe e se manda.a fome no mundo tem que acabar pois muita gente tem q acabar pos tem muita gente se gabando enquanto morre uma criança a cada 5 segundos....todos temos q agir!!!!!!

  • Silvia Facó

    2012-01-21 05:02:29

    Recomendo youtube “Preso porque matou a fome”.Trata-se de um tema de importância fundamental, a fome nos descaminhos da lei. Silvia

  • tata

    2011-11-16 10:50:40

    fome11naoepobreza

  • luís fernandes

    2011-11-16 06:17:11

    Ola tb

  • wwwww

    2011-06-21 08:48:43

    eu to muito feliz poe isso ta que tome no cu quem não gostar,,, ;D;D;D;D:'(

  • Fernanda

    2011-05-16 09:40:07

    Meu nome é fernanda, tenho 11 anos e fico horrorizada com essas coisas, quando crescer quero poder fazer algo por estas crianças. Eu me sinto mal em sabe que enquanto como tudo do bom e do melhor e ainda reclamo se tem muito ou pouco sal muita ou pouca cebola, existem crianças que comem bolinho de BARRO. :'( Choro quando vejo algo assim, acho que a gente deveria parsar de reclamar da vida :/

  • fernanda maria

    2011-05-05 06:34:34

    isso que eu fico felizquando ve isso eles sem comee e legal:D;D

  • gabriella

    2011-05-05 06:32:48

    e muito trste vendo criaça sem comer eu choro quando passa na teve

  • gabriella

    2011-05-05 06:31:32

    eu acho que a criaça de ve comer muito bem par fiacr saldavel não sentir fome, tem familia que cria a criaça no mumdo e nem cuida deixa e criaça passar fome se agua sem brincar e sem ir aescola eles pom o filho ou a filha para trabelhar par daodinheiro par os pais para eles comprar bebida,cigarro,maconha etc >:( fico triste por que eu tenho o que comer e não dou valor o que tenho tenho pena de criaça que passa fome :'(mnuito Obrigado beujuis

  • Eu

    2011-04-07 17:07:48

    :o Que horror... a fome no mundo tem q acabar pois tem muita gente se gabando enquato morre uma criança a cada 5 segundos... todos temos q agir!!!!

  • Dalva

    2010-08-16 10:32:32

    Meu Deus ..... Não é possivel que a cena de uma criança com fome não toque o mais duro dos corações. Gente vamos ajudar o sofrimento alheio as lagrimas q correm nas fases dessas crianças a inocencia dos seus olhos são o seu grito de socorro por sentirem fome. Vamos orientar nossas crianças quanto ao verdadeiro amor ao proximo. Eu amo ser HUMANA. BJO A TODOS

  • kue

    2010-04-13 08:25:40

    muitooooooooooooooo bom

  • MARCOS BEZERRA

    2010-03-18 11:15:08

    MINHA FILHA TEM 7 ANOS E FAZ TRES DIAS QUE ELA DISSE QUE ESTA SEM FOME ,E QND COME DIZ QUE DOI A BRRIGA .EU ACHO QUE PODE SER GÁS. PODE SER VERME? ESTOU PREOCUPADO PODE ME ORIENTAR [email protected]/ [email protected]

  • Jonsu Vasq

    2009-09-30 10:21:33

    É CLARO QUE ADOTAR UMA CRIANÇA AJUDA A DIMINUIR A LISTA DOS NECESSITADOS; CONTUDO PENSO QUE DEVERÍAMOS TAMBÉM E DEFORMA MAIS ACENTUADA, SEM LEVAR MUITO EM CONTA A POSSIBILIDADE DE COMODISMO, AJUDAR A FAMÍLIA(RES) A CUIDAR DE SEUS FILHOS/PARENTES, ISTO PODERIA SER FEITO FOMENTANDO O CADASTRAMENTO DESSAS FAMÍLIAS PARA ADOÇÃO POR MEIO DE PROPAGANDAS DIVERSAS.

Ad