Decorar o quartinho do bebê. As cortinas

Como escolher as cortinas do quarto dos nossos filhos

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A escolha das cortinas para um quarto infantil não é muito diferente do que para outro ambiente da casa. Existem dois fatores importantes a levar em conta. Por um lado, a luz natural que entra pela janela e por outro, o tamanho do quarto. Também podemos considerar a cor e o estilo decorativo que tenhamos escolhido ou o tipo de janela que vamos cobrir. 

Ideias de cortinas para decorar o quartinho do bebê

A cortina para o quarto do bebê. Decora o quarto

Devemos levar em conta vários fatores na hora de escolher cortinas, persianas ou caimentos para o quarto dos nossos filhos

1. Luz natural

Se a intensidade da luz solar é muito alta, seja pela orientação, ou porque é um vitrô grande, teremos que pensar em utilizar tecidos que permitam reduzir essa intensidade de luz para permitir o descanso do bebê, que passará muitas horas dormindo. Não é aconselhável baixar as persianas e deixar o quarto todo escuro, pois o bebê deve começar a diferenciar o dia da noite. Usar uma tela é uma boa opção. 

Por outro lado, num quarto escuro e com pouca luz natural, é aconselhável aproveitá-la ao máximo utilizando tecidos finos e transparentes, preferivelmente de cor branca, creme ou amarela, que iluminarão e ainda produzem um efeito solar. 

2. Tamanho do quarto

Para quartos pequenos é preferível utilizar tecidos do mesmo tom que as paredes e que sejam muito claros para aumentar a sensação de amplitude. Os tecidos serão lisos e sem desenhos que atraiam a visão para esse ponto em excesso. Nos dormitórios grandes já pode brincar com outros tons e desenhos de cores intensas. 

3. Tecidos para as cortinas

São aconselháveis as telas de algodão ou que sejam facilmente laváveis. Se você quiser um efeito transparente, as organzas, fios ou musselinas são perfeitos. Têm um efeito de leveza para quartos de bebês. As cortinas de renda segundo sua cor podem tingir a luz que entra que entra pela janela contribuindo para um efeito muito bonito. 

4. Tipos de cortinas

São muito práticas as persianas e telas suaves. Caso a iluminação seja muito grande podem recorrer aos “blackouts” ou usar cortinas duplas. Preferir materiais antialérgicos e fáceis de lavar. 

As cortinas podem ser com hastes ou sem hastes, que ao recolher criam um efeito bonito. 

No caso da janela ser muito pequena, pode aumentá-la visualmente se a barra em que vai pendurar a cortina sobressair alguns centímetros da base.

Yolanda Corbillón
Decoradora
Blog bebeydecoracion.com