Métodos práticos para que os filhos obedeçam a seus pais

Como conseguir que as crianças sejam obedientes

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Na hora de educar a um filho, uma das maiores preocupações dos pais é conseguir que a criança seja obediente. Para isso devemos levar em conta que a maneira de agir dos pais é essencial para consegui-lo, já que se os pais não convencem seus filhos, a criança continuará fazendo e desfazendo à sua maneira, sem obedecer em absoluto aos seus progenitores.

3 conselhos para que as crianças sejam obedientes

Conseguir que as crianças sejam obedientes

Em Guiainfantil Brasil conversamos com a psicóloga infantil María Luisa Ferrerós para saber de alguns truques que os pais podem executar para conseguir a atenção dos seus filhos. Esses conselhos podem ajudar a resolver os conflitos cotidianos como os que surgem na hora de se vestir, comer, ou no momento do banho.

1 – Algumas crianças podem se queixar na hora de ir para a cama ou de se vestir pela manhã. Nesse caso, o que os pais devem fazer é mostrarem-se firmes e levar a decisão adotada até o final. Por exemplo, se a criança não está vestida na hora de ir para a escola, quando foi avisada das consequências, que nesse caso era ir de pijama para a escola, isso deve ser feito. Dessa forma, a criança aprenderá que quando seus pais dizem algo, vai levar à sério, e da próxima vez não vai duvidar em obedecer seus pais. 

Os primeiros que devem estar convencidos a levar até o fim uma ação devem ser os pais. No momento que a criança notar que os pais titubeiam, ou que não se atreverão, por exemplo, a levá-la de pijama à escola, a batalha com a criança está perdida. Os pais devem ter a mesma convicção, e não ter diferentes atitudes com o filho. 

2 – Outro dos conselhos práticos para conseguir que a criança obedeça é a de dar-lhe a oportunidade de decidir por si mesma e que não se veja obrigada a fazer algo que não goste. Para isso devemos propor duas alternativas e tentar que ela tome a decisão. Um exemplo a gente tem na hora do café da manhã quando muitas crianças se negam a tomar leite. Nesse momento devemos falar com clareza com ela e dizê-la que o médico disse que ela tem que tomar meio litro de leite por dia. Daí ela terá que escolher em tomar um copo de leite pela manhã ou que pela tarde terá que tomar dois.

A criança terá que escolher a opção mais favorável, já que se não gosta de leite, será melhor para ela tomar um copo pequeno pela manhã e outro pela tarde, do que dois copos de uma vez. Dessa forma teremos conseguido nosso objetivo deixando a criança decidir por si mesma. 

3 – É importante que os pais cheguem à conclusão do poder que eles têm, já que numa multidão de vezes não tomam decisões de acordo com a reação da criança. Os filhos têm que aprender desde o primeiro momento que quando seus pais dizem não, é não. De modo que à medida que as crianças cresçam saberão perfeitamente o que seus pais a deixarão fazer e o que não, evitando assim maiores conflitos no futuro. que, à medida que as crianças.