A higiene dos genitais dos bebês

Como e quando trocar a fralda do bebê

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Uma das dúvidas que tem muitos pais de primeira viagem é como devem limpar as genitais assim como o ânus do seu bebê, já que a troca de fraldas, será pelo menos nos dois primeiros anos de vida do bebê, uma das tarefas qua mais terão que realizar.

Na hora de limpar o bebê durante o banho, ou na hora de trocar as fraldas, a primeira coisa é considerar o seu sexo. Tanto meninos como meninas necessitam em geral de cuidados muito parecidos. A limpeza só se distingue por gênero, ou seja, se se trata de um menino ou uma menina. Os genitais infantis devem ser cuidados com muita delicadeza e atenção. Com não estão expostos, podem apresentar alguma infecção por falta de higiene.

Como limpar os genitais do seu bebê

Trocar a fralda do bebê

No caso das meninas, para evitar que a vagina se infeccione com os germes provenientes dos restos de fezes do ânus, sempre se deve limpá-la de frente para atrás, ou seja, da vulva ao ânus. Não é necessário abrir suas genitais para limpar lábios maiores e menores. Limite-se a lavar a zona coberta pela fralda ou calcinha, sempre no sentido da frente para atrás. Uma vez limpos, pasar a esponja ou toalhinha pelo abdômen, coxas, dobrinhas e nádegas. Quando estiver tudo bem seco, aplicar uma fina camada de creme protetor somente nas partes externas, nas dobrinhas e ao redor do ânus.

No caso dos meninos, como a urina se espalha por todas as partes, é necessário limpá-lo muito bem para evitar ardência no pênis. Tenha cuidado antes de retirar a fralda suja. Os bebês podem urinar no momento em que você for tirar a fralda. Por essa razão, é aconselhável segurar a fralda por alguns segundos. Feito isso, abrir a fralda e retirar as fezes com toalhinhas e tirá-las com a fralda. Passar a toalhinha ou a esponja pelo abdômen, umbigo, dobrinhas, coxas, testículos e debaixo do pênis, para não ficar restos de urina e fezes. Não é necessário retirar ou limpar a pele do prepúcio do seu pênis. Limpa-se melhor durante o banho. Os que não tem circuncisão devem baixar ou puxar para trás o prepúcio e lavar com água em abundância e sabão nesta parte da glande. Levantar suas pernas para limpar-lhe o ânus e as nádegas. Quando toda a zona estiver bem seca, aplicar o creme protetor generosamente sobre o pênis e ao redor dos testículos, ânus e nádegas.

Como e quando trocar a fralda do bebê

Quanto menor for seu bebê, mais vezes terá que trocar sua fralda. A princípio, umas oito vezes por dia, já que nessa etapa o bebê defeca e urina mais vezes. Por causa da sua pele mais delicada, o bebê também estará mais propenso a ter assaduras ou eczemas na zona do ânus, por isso é tão importante manter a higiene nessa zona.

É recomendável trocar a fralda quando o bebê desperta e antes de dormir. Também é importante que faça isso depois de cada mamada, ou quando observem que o bebê se encontra incômodo por estar sujo ou molhado.

Para a troca de fraldas de um bebê, deve-se seguir alguns conselhos:

- Lavar as mãos com água e sabão.

- Ter à mão os produtos que vão necessitar: uma fralda de tamanho adequado (de pano ou descartável), toalhinhas descartáveis e sem perfume ou uma esponja natural, creme protetor para evitar irritações, uma tolhinha seca, e um local para trocar as fraldas. Se você estiver fora de casa, convém levar sempre uma sacola com todos os produtos.

- Ao retirar a fralda suja, é conveniente deixar a pele do bebê ao ar livre, ou permitir que o bebê fique um tempo sem fralda na casa.

- No caso de que o bebê apresente alguma irritação ou eczema na zona anal, não se deve esquecer de colocar um creme para tratar a zona. Se a dermatite continua aumentando, melhor consultar o pediatra do bebê.

- Não é aconselhável utilizar talcos. Os especialistas dizem que podem ressecar muito a pele do bebê. As pastas d’água são mais recomendáveis porque realmente vão proteger as dobrinhas dos bebês. Sempre se deve consultar o médico antes de aplicar algum produto na pele do bebê.

No mais, na medida que o bebê ou a criança vá crescendo, que lhes ensinem a limpar-se sós. A lavar as mãos sempre depois de defecar ou urinar. Também é importante trocar a roupa íntima todos os dias, depois do banho, ou em caso de que se suje. E em caso de dúvidas, pergunte ao pediatra do menino ou menina.