Como não perder a paciência com as crianças

Conselhos para que os pais sejam mais pacientes com seus filhos

Vilma Medina

Vilma Medina

A paciência é a capacidade que vai nos permitir tolerar uma determinada situação sem perder a calma nem se alterar. Existem pais que de forma inata já a possuem e outros que, por falta de tempo ou porque são mais impulsivos a que custa adquirir e querem que determinados comportamentos aconteçam de forma imediata ou o que consideram um tempo prudente para que aconteçam. 

No entanto, quando falamos do desenvolvimento das crianças, muitas das coisas que queremos não vão ao ritmo que a gente gostaria. Nesse momento, ter paciência é uma qualidade que nos ajudará a resolver os problemas que surgem no dia a dia. 

4 conselhos para não poder a paciência com as crianças

como-não-perder-a-paciência-com-as-crianças A 

Não basta ter paciência. É preciso exercitá-la, sobretudo naqueles momentos em que somos colocados à prova, uma vez que parece que nossos filhos demoram mais do que as outras crianças em desenvolver um comportamento, seja por que sentimos que não nos obedecem ou que nos ignoram deliberadamente para não fazer alto... Por isso, a gente dá alguns conselhos para conseguir melhorar a sua paciência naqueles momentos mais críticos. 

1. Antecipe-se às situações problemáticas: Você sabe que com o seu filho existem momentos que serão mais difíceis para não perder a paciência (andando de carro, indo ao supermercado, experimentando um vestido...). Se você sabe que poderá demorar um pouco mais e isso vai custar a você e a ele, por que não se adiantar e levar algum jogo ou propondo você algum a ele? É importante se adiantar aos possíveis conflitos e estarmos prontos a surpreender nossos filhos. 

2. Relativize e não se concentre no negativo: Não dedicamos um tempo para ver o melhor que tenha acontecido no dia ou na quantidade de vezes que nosso filho tenha feito bem. Basta uma só vez para deixar de apreciar esses detalhes que nos faz perder a paciência. Esqueça esse filtro negativo e trate de equilibrar a balança. Durante o dia, quantas vezes ele te obedeceu? Da mesma que no único momento em que não o faça seja numa situação específica, como quando ele vai fazer os deveres. E isso irá arruinar o seu dia? 

3. Apoie-se no seu companheiro: Quando um leva todo o peso da educação pode se tornar esmagador e em muitas vezes é outro dos motivos pelos quais muitos pais buscam uma consulta psicológica. Talvez você tenha mais tempo, mas seguramente existem muitos outros momentos em que você não poderá assumir o comando. Se você estiver numa discussão e sente que vai perder a paciência, fale com o seu companheiro para que ele seja a outra pessoa que siga com o que você estava fazendo. 

4. Encontre algum momento para você: O estresse aparece tanto se você trabalha e não consegue ver muito o seu filho, da mesma forma se você estiver com ele a maioria do tempo. O estresse é o oposto da paciência. Assim que, quanto mais estresse, mais você irá perder a paciência com seus filhos e com as pessoas. Não se trata de passar um dia inteiro de férias, mas de dedicar uns minutos ou inclusive um final de semana para você que te permita desconectar do estresse em que se encontra envolvida. Pense que o seu filho não tem culpa de que tenha que terminar um projeto ou que a lavadora tenha quebrado. Seu filho não merece o seu melhor sorriso? Pois, isso só acontecerá se você cuida de você mesmo e não permite que outras coisas te consumam.  

Nuria García Alonso de la Torre

Psicóloga especializada em crianças e adolescentes 

Educar a criança com valores. A Tolerância

Educar a criança com valores. A Tolerância

Ser tolerante é aceitar e admitir a diferença ou a diversidade, é respeitar a opinião dos outros. A criança não nasce tolerante. Sua conduta natural é que tudo seja para si, e que todos estejam de acordo com ela, por isso o aprendizado deve ser o mais cedo possível.

Educar a criança com valores. A paciência

Educar a criança com valores. A paciência

A paciência é um dos aprendizados que mais custa ensinar aos filhos, porque além de serem impacientes por natureza e quererem as coisas de forma imediata, as crianças não entendem o conceito de tempo.

Como incentivar o esforço e trabalho nas crianças

Como incentivar o esforço e trabalho nas crianças

É necessário incentivar e motivar as crianças ao esforço e ao trabalho, de acordo com as capacidades e a idade que tenham. A sociedade do consumo e do bem estar transmite idéias subliminares no sentido contrário, por isso os pais devem ensinar os seus filhos o valor do trabalho.

8 métodos para educar os filhos sem perder a paciência

8 métodos para educar os filhos sem perder a paciência

As crianças são capazes de tirar de você o mais belo sorriso, de te enternecer como ninguém, e te surpreender com as pequenas coisas. Mas, também em apenas um minuto elas podem nos tirar do sério e nos causar um ataque de nervos.

Como ensinar a criança a escutar os outros

Como ensinar a criança a escutar os outros

Comunicar é saber escutar. Algo que parece tão simples e acaba se tornando tão complicado. E isso é aplicável tanto a crianças como a adultos. Mas, se conseguirmos que nosso filho aprenda a escutar desde pequeno será muito mais fácil desenvolver essa habilidade quando adulto. A gente dá algumas orientações que podem te ajudar com que o seu filho aprenda a escutar aos demais.

0 comentarios

Ad