Aprender a ler e a escrever. Como iniciar as crianças na escrita

Ideias e truques para ajudar as crianças a ler e a escrever

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Os avanços tecnológicos nos levam a escrever cada vez menos à mão e mais com os tablets, celulares ou computador. Em todo caso, a escrita e a leitura, continua sendo um aprendizado básico para todo ser humano. É uma maneira de transmitir, trocar ideias, expressar sentimentos ou de nos comunicarmos.

Ideias para ensinar o seu filho a ler e a escrever

Enseñar as crianças a ler e a escrever

Aprender a escrever é fundamental. Antes de iniciar o ensino é necessário que a criança domine e controle seu corpo, seus movimentos, tenha destreza manual e seja capaz de deslocar a mão ou um traço no sentido desejado. De qualquer maneira, não é uma questão de aprender a escrever por si só, mas dar à criança as armas necessárias para poder fazê-lo.

Hoje em dia, o início da leitura e escrita acontece na Educação Infantil, quando a criança tem de 3 a 5 anos. Nessa etapa ela tem o primeiro contato com a escrita, o que não significa que no final do processo ela saiba ler e escrever, mas sim, capaz de fazer traços e irá se familiarizando com os lápis, ceras, canetas e irá adquirindo destreza com as mãos. Também serão capazes de reconhecer algumas letras inclusive algumas palavras, como o seu nome.  

É através da grafomotricidade que se dá início ao ensino da criança a escrever. A grafomotricidade é um movimento gráfico que realizamos com as mãos ao escrever ou desenhar. Trata-se de aprender a realizar uns movimentos com a mão para traçar uma linha em um papel e adquirir uma coordenação olho-mão no processo.  

Alguns conselhos que podem ajudar a criança

- Preparar um ambiente relaxado e tranquilo, inclusive com uma música que a estimule: rápida para fazer traços curtos, e suaves para longos e ondulantes. 

- Antes de trabalhar com um lápis e um papel, é bom que a criança comece a desenhar com o dedo no ar, na farinha ou na areia, pintura com os dedos, etc. 

- Ensinar a criança a pegar corretamente no lápis, a sustentá-lo entre os dedos e deslizá-lo sobre o papel. 

- Para ganhar destreza manual, deverá trabalhar os traços verticais, horizontais, oblíquos, circulares e em zig-zag. Em casa podem realizar figuras com pontinhos que a criança vai seguindo o traço até que possa fazer desenhos mais complicados através dos pontinhos. 

- Não pressionar a criança é fundamental no processo da escrita. Esse processo da escrita abrange 3 ou 4 anos e cada criança tem o seu próprio ritmo. 

- Para aprender a escrever não é somente praticar a escrita. Atividades como desenhar, pintar, colorir, recortar, passatempos como os labirintos ou unir pontos, ajudará a criança a desenvolver a psicomotricidade fina. 

Aos seis anos, o calendário escolar contempla o aprendizado da escrita e da leitura de maneira formal. Tudo o que aprendeu anteriormente ajudará a criança a começar a escrever palavras completas, inclusive frases. Também serão capazes de ler, inicialmente através de sílabas para ir ganhando agilidade e velocidade. 

Alba Caraballo
Editora de GuiaInfantil.com