Dicas para cuidar do meio ambiente no Natal

Medidas para cuidar do meio ambiente durante as festas natalinas

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Durante as festas natalinas a compra de árvores naturais aumenta consideravelmente em algumas regiões, gerando consequências positivas e negativas. Positivas pelo encanto que gera nas crianças a decoração natalina da casa e negativa pelo dano ambiental que muitas famílias causam ao meio ambiente quando as festas terminam e jogam a árvore no lixo. 

Além disso, existe também um aumento de energia elétrica gerado pelas lâmpadas e enfeites que são excessivamente utilizados nas casas, jardins e ruas. Outro consumo exagerado é o de produtos alimentícios: um consumidor médio gera por dia meio quilo de lixo doméstico durante estas datas. 

O que fazer com a árvore de Natal

dicas-para-cuidar-meio-ambiente-natal A 

Geralmente, já não se tiram tantas árvores para o Natal e já existe uma produção específica de árvores de Natal. O problema ecológico não está no fato de comprar uma árvore natural, já que existe um cultivo apropriado e orientado para essas festas, mas em que fazer com essa árvore quando o Natal passar. 

Uma boa escolha talvez seja comprar árvores de Natal com raiz; ao passar as festas será possível replantá-la. Agora, se você decidir montar uma árvore de Natal sintética, melhor ainda. O seu bolso e o seu tempo agradecerão. E a natureza também. 

Dicas para não gastar tanta energia no Natal

O desenfreio natalino também está marcado pela quantidade de luzes brilhantes que enfeitam as ruas, os jardina e as casas. Ainda não existe uma lei séria e generalizada que regule a iluminação natalina, por isso é importante recorrer a alternativas viáveis que busquem um menor gasto de energia. Recomenda-se o uso de pisca-pisca e luminárias de baixo consumo e diminuir o tempo de horas acesas.  Se essas medidas forem adotadas por todos os consumidores, logo se notará uma redução no consumo, e um maior interesse pelas tecnologias que buscam economizar. Lembre-se que as luzes natalinas devem ser um elemento de decoração e não de iluminação.

Reciclar com as crianças também no Natal

Como se percebe quando as festas natalinas acabam! Por todas as partes, existe um tremendo acúmulo de materiais que sobram das refeições e da decoração. Os lixos ficam abarrotados. Infelizmente o Natal se converteu numa comemoração de gastos por excelência. Compre o necessário e mostre ao seu filho a importância dos alimentos. Muitos sequer têm o que comer no seu dia a dia. 

O ideal seria começar o ano reciclando. Que tal aproveitar para reciclar roupas usadas e que já não tenha mais uso? Móveis que você já se esqueceu naquele quartinho e que com certeza vai servir para alguma pessoa.  

Reaproveitar os enfeites de um Natal para o outro é também uma forma de economia. Os brinquedos antigos das crianças também devem ser doados a instituições de caridade. Compartilhar e presentear também faz parte do espírito natalino.