Especial

  • Desenhos de letras com carinhas para pintar
    Desenhos de letras com carinhas para ...
  • Desenhos de frutas para imprimir y colorir
    Desenhos de frutas para imprimir y co...
  • Desenhos de Aniversário de Criança para colorir e pintar
    Desenhos de Aniversário de Criança pa...
  • Desenhos de Mandalas para colorir com as crianças
    Desenhos de Mandalas para colorir com...

As condutas obsessivas nas crianças

As condutas obsessivo-compulsivas podem se manifestar em qualquer idade da criança.

As condutas obsessivo-compulsivas podem manifestar-se em qualquer idade. As manias são costumes e condutas que se repetem muito frequentemente, e que ajudam a criança a controlar alguns acontecimentos externos. À medida que vai crescendo, essas rotinas podem continuar ou reforçar-se, e outras desaparecem, já que as manias que duram muito tempo ou que se reforçam muito, podem começar a interferir na vida diária normal da criança, e converter-se em obsessões.

As obsessões são idéias ou pensamentos repetitivos, inquietantes, desagradáveis e não desejados, que surgem insistentemente e de forma incontrolável na mente da criança, causando-lhe um temor persistente e um alto grau de ansiedade.

As condutas obsessivas mais frequentes na infância

As obsessoes das crianças

As condutas obsessivas mais frequentes nas crianças são:

- Lavar-se com muita frequencia;

- Receio ou preocupação em pegar uma doença;

- As condutas repetitivas para deitar-se ou vestir-se;

- Na hora de dormir pedem aos pais que contem sempre as mesmas histórias e contos, de forma insistente;

As crianças no colégio podem desenvolver rituais em grupo quando aprendem a brincar, a praticar esportes em equipe. As crianças maiores e os adolescentes começam a colecionar objetos e a desenvolver atividades favoritas. São sintomas transitórios associados ao desenvolvimento, à auto-afirmação e á constituição como indivíduo.

Meu filho é obsessivo?

Considera-se que as crianças têm um transtorno, quando essas manias, obsessões e compulsões ocupam tanto o tempo durante o dia, que lhes atrapalham o funcionamento normal, e interrompem de modo significativo suas atividades cotidianas.

Quando as crianças não podem fazê-las, sofrem uma ansiedade desmedida, que elas manifestarão em choros, gritos, puxões de cabelo, conduta agressiva consigo mesmas ou com as demais, etc.

No transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) nas crianças, predominam os comportamentos compulsivos diante dos pensamentos obsessivos.

Diagnóstico e tratamento do transtorno obsessivo-compulsivo

O diagnóstico precoce da enfermidade, assim como a aplicação de um tratamento especial quando se observam os primeiros sintomas contribui para aumentar a qualidade de vida da criança e a prevenir que o transtorno se desenvolva a um estado mais sério. Para poder realizar o diagnóstico é muito importante o apoio e o envolvimento dos pais.

Para acalmar a ansiedade provocada pelo pensamento obsessivo, realiza-se a compulsão. Uma compulsão é um comportamento ritualizado que leva muito mais tempo que o normal, de forma repetitiva e sem interrupção.

O tratamento do TOC mais efetivo e recomendável seria combinar a terapia psicológica e medicamentos. O tratamento psicológico inclui técnicas cognitivas e de condutas:

- As técnicas cognitivas ajudam a criança a identificar e compreender seus medos e a aprender novas formas de resolvê-los ou diminuí-los sem sentir a ansiedade que lhes provocavam e as levavam à compulsão como forma de se evitá-las;

- As técnicas de condutas ajudam a criança e suas famílias a fazerem tratos ou colocar regras para limitar ou mudar comportamentos. Os medicamentos que se usam para tratar o TOC são inibidores seletivos da reabsorção da serotonina que servem como paliativo dos pensamentos obsessivos e portanto melhorar as condutas compulsivas; e sempre devem ser indicados sob supervisão do pediatra.

Os pais de uma criança obsessiva

Os pais têm um papel de apoio vital em qualquer processo de tratamento, apoiando a criança em todas as etapas do transtorno e do seu tratamento. As crianças se sentirão muito mais seguras, se contam com a paciência e o apoio dos pais. O tratamento, neste caso, fluirá.

Este artigo foi enviado  por Blanca Betes Tejero
Psicóloga clínica de Psiceduca

Links Relacionados

  • Roer as unhas na infância

    O tédio pode levar uma criança a roer as unhas. Este hábito não é exclusivo das crianças. Mas é um dos comportamentos mais difíceis de se interpretar. Pode aparecer antes dos 3 anos de idade, e geralmente está associado às situações de ansiedade, cansaço e estresse. O tédio também pode levar uma criança a roer as unhas.

    • Os maus hábitos das crianças

      Como se adquire um mal hábito. Muitos pais não sabem o que fazer para que seus filhos abandonem algum mal costume como roer as unhas, chupar os dedos, enrolar os cabelos no dedo, enfiar o dedo no nariz, dizer palavrões, etc. E muitos deles têm razão em preocupar-se,  já que alguns costumes que se iniciam na infância, podem conservar-se até a idade adulta.

Comentários

56 comentarios

Avatar

  • karol.danoni
    karol.danoni

    Valoración usuario

    Valoración:

    05/11/2013 23:11

    meu filho de dez anos tem a mania de ficar segurando o piruzinho e nao deixa a familia tocar nele .como devo lidar com essa mania

    Avaliar
    Responder
  • odete aparecida dos santos
    odete aparecida dos santos

    14/05/2013 03:55

    ola,meu neto tem 4 anos e meio,ele pegou a mania de trocar de camiseta qdo cai qualquer gotas de alimentos liquidos na camiseta e qdo faz xixi ele diz que ta molhada e tem que trocar de cueca e agora para piorar ele pegou medo de ir ao banheiro para evacuar faz cocô dormindo ele segura o maximo que ele pode,o que devo fazer por favor me ajudem pois estou muito preocupada com ele.obrigado.

    Avaliar
    Responder
  • sivana
    sivana

    08/05/2013 23:46

    boa noite tenho um filho de 9 anos e ele tem mania de ficar piscando o olho eu ja coloquei por auguns minutos um tapa olho mais ele começou a chorar muito e falou que o olho estava doendo eu fiquei com pena e chamei ele pra ficar perto de min e ele veio chorando muito e nervoso ai eu tirei o tapa olho e ele ficou mais tranquilo por favor me ajude como devo lidar com isso

    Avaliar
    Responder
  • Katia
    Katia

    03/05/2013 22:56

    meu filho tem 3 anos e 5 meses, desde 1 ano e meio que ele tem mania de segurar minhas axilas ele diz que è pegar no cece e eu nao consigo tirar isso dele, se uso blesa de manga ele ate esperneia pra eu tirar a blusa o problema que minhas axilas atè ardem de tanto que incomoda o que pode ser?

    Avaliar
    Responder
  • maria cecília souza
    maria cecília souza

    27/04/2013 20:24

    Oi, tenho um filho único de 7 anos que desde pequeno tem a mania de dormir segurando o meu peito, eu achei que com o passar do tempo isso iria passar,mas vejo que nada mudou e por mais que eu fale com ele não tem jeito. Ele é muito individualista e na escolinha não conversa e nem brinca com ninguém, o que pode ser?

    Avaliar
    Responder
  • fernanda silva
    fernanda silva

    26/04/2013 14:03

    Olá, tenho uma filha de 9 anos que me relatou que está com uma mania de contar mentalmente, ela diz que quando percebe já está contando de 1 a 5. Por enquanto não notei nenhuma alteração de concentração, as notas na escola etão ótimas, as tarefas diárias são realizadas com normalidade, estou preocupada que ela esteja desenvolvendo algum transtorno, o que faço, é normal, isso passa com o tempo?

    Avaliar
    Responder
  • suzana
    suzana

    24/04/2013 19:05

    ola tenha minha filha tem 8 anos e desde os 2 ela tem a mania de ficar com a calcinha abaixada ela diz que faz agonia pode ser algum tipo de trantorno ? por favor gostaria de obter alguma resposta obrigado

    Avaliar
    Responder
  • viviane
    viviane

    24/04/2013 04:12

    Meu filho tem 10 anos, e tem costume de ficar brincando com um pedaço de pau (madeirinha ) tem q ser reto e a ponta deitada (como se fosse um L de ponta cabeça ). Não sei o q fazer......Hoje joguei fora e ele até chorou

    Avaliar
    Responder
  • Rosana
    Rosana

    16/04/2013 06:33

    Meu filho tem 8 anos e começou recentemente com uma mania de cheirar a palma das mãos, notei que faz isso com bastante frequência além de comer unha.O que devo fazer e como saber se isso é algum indicio problemático e comprometedor de sua saúde e desenvolvimento.

    Avaliar
    Responder
  • Aurea
    Aurea

    05/04/2013 20:42

    Olá. tenho uma neta de 2 anos e dez meses que passa o dia comigo é só vê os pais à noite e aos domingos. O problema é que ela rejeita todas as pessoas e só quer ficar comigo, o tempo todo. Se chega alguem perto dela, ela fica chorando e gruda no meu colo. rejeita até a mãe e o pai. Quero colocar na escola, inclusive já levei em 3 escolas para ela conhecer, mas ela chora tanto que passa mal, vomita e se coça toda, fica toda empolada. Devo procurar ajuda médica? Qual?

    Avaliar
    Responder

Página: 1 de 6 (56 Artigos) 123456››

Inscreva-se em nosso canal

Familyes TV
  • os animais-espanhol

    Os animais em espanhol

  • experimentos com ovos

    Experimentos com ovos

  • cantigas de roda

    Canções para ninar o bebê

Os animais em espanhol

  • APRENDE CON PIPO: Los cetáceos

    APRENDE CON PIPO: Los cetáceos

  • Aprenda espanhol com crianças - Animais da fazenda

    Aprenda espanhol com crianças - Animais da fazenda

  • Aprendemos los sonidos de los animales

    Aprendemos los sonidos de los animales

  • Aprendemos Los animales domésticos

    Aprendemos Los animales domésticos

  • Os animais marinhos - Espanhol para crianças

    Os animais marinhos - Espanhol para crianças

  • Aprende los animales. El zoo: el león y el elefante

    Aprende los animales. El zoo: el león y el elefante

  • Aprende espanhol com o seu filho - Animais da selva

    Aprende espanhol com o seu filho - Animais da selva

  • APRENDE CON PIPO: Los reptiles

    APRENDE CON PIPO: Los reptiles

  • Aprende los animales salvajes. Babyradio Arturo.

    Aprende los animales salvajes. Babyradio Arturo.

  • Adivinanzas con animales. Qué forma tienen.

    Adivinanzas con animales. Qué forma tienen.