Estimular crianças bilingues

Filho bilingue

 Se em sua casa seu marido e você falam idiomas diferentes, não existem razões para que seu filho não possa se tornar uma criança bilingue. Um segundo idioma se aprende de forma igual ao que se aprende o primeiro.

Estimular crianças bilingues 

A princípio, o bebê, ainda dentro da barriga da mãe, começará a ouvir sua linguagem e a familiarizar-se com ela. Se o pai lhe fala um segundo idioma, o bebê também se acostumará a escutá-lo. Os bebês primeiro ouvem para que depois possam expressar o assimilado, e assim aprender a utilizá-lo para adquirir comunicação fluida. O fundamental em todo o processo é ensiná-los com paciência e com muito carinho para que as crianças cresçam com uma reação positiva aos idiomas e que desfrutem ambos.

Se existe o interesse da família que a criança seja biligue, a casa não é o único lugar para aprender um segundo idioma. Hoje em dia, existem muitas alternativas e espaços para que a criança possa aperfeiçoar o aprendido em casa. Na escola, na rua, na biblioteca, ou em outros lugares. Escutar, falar, ler, e escrever um segundo idioma é parte do processo para ser bilingue.

Como ajudar ao filho a ser uma criança bilingue

Ajudar ao seu filho para que escute ou fale um segundo idioma pode ser iniciado e praticado em casa, através das conversações diárias, ou através de filmes, ou da música. No entanto, existem caminhos para ajudá-lo no processo de ler e escrever:

1- Os pais podem conseguir materiais no segundo idioma como livros, revistas e jogos didáticos;

2- Os pais podem escutar seus filhos lerem no segundo idioma, sem importar que eles não entendam o que a criança está lendo. O processo em si mesmo lhes dá a oportunidade de comprometer-se na prática da leitura que promove e dá o suporte necessário para adquirir o segundo idioma.
Além disso tudo, o que os pais podem fazer para que a criança pratique um segundo idioma, é conscientizá-la do privilégio e das vantagens que tem a criança ao dominar dois idiomas.

3- A terceira proposta é matricular em escolas e colégios bilingues, o que dará mais segurança quanto a expressão do idioma. Nas escolas bilingues, a criança compartilhará seus conhecimentos com outras crianças e se sentirá mais acolhido, melhorando ainda mais a prática no idioma.

Para ser bilingue

Existem diferentes caminhos para que uma criança seja bilingue. Investigações mostram que é preferível desenvolver bilinguismo em crianças menores porque é uma forma natural para aprender dois idiomas ao mesmo tempo. Aprender um segundo idioma inclui os pais, fatores econômicos, a comunidade, experiências, ambiente no colégio e a cultura, que podem fornecer as ferramentas necessárias para chegar ao bilinguismo com êxito.

Fonte consultada: Guía de Bilingüismo para padres y profesores, de Colin Baker. Colin Baker é autor de vários livros sobre bilinguismo e educação bilingue. Ele é professor de Educação da Universidade de Gales. 

  • Como estimular a fala do bebê
    Como estimular a fala do bebê

    A linguagem é o primeiro sistema de sinais que o bebê usa para se relacionar com o seu meio e para aprender do que o rodeia. Como estimular a fala do bebê. O choro e os balbucios são a base da linguagem dos bebês. Como se comunica o bebê no seu primeiro ano de vida.

    • Ler para bebês estimula desenvolvimento
      Ler para bebês estimula desenvolvimento

      Por que alguns bebês desenvolvem o amor pela leitura e outras não? Por que umas crianças falam cedo e outras demoram? As respostas estão ligadas ao estímulo que os bebês recebem dos pais e dos educadores nos primeiros meses de vida. A leitura é excelente para a estimulação infantil.

21 comentários

  • j
    jurandir Ribeiro

    12/12/2012 07:27

    oi,sou brasileiro, tenho um filho de 1 ano e 11 meses,ele é de 15/01/10,moramos todos no Brasil,na minha casa somos em quatro e logo virá mais uma(fevereiro ou março)eu só falo em ingles com meu filho,eu não sou fluente,tenho sotaques,pois nunca sai do brasil ou fiz curso de ingles,já a minha esposa e minha outra filha e os familiares só falam com ele em portugues.ele nao tem nenhuma palavra inglesa em seu vocabulario,mas ele entende algumas coisas que eu falo em ingles pra ele,pr ex:catch my shoe,where is my phone,guimme that ,sit down,come,come here now,hurry up!put back,etc,resumindo,ele ouve mais o portugues do que o ingles,por mais que eu cante musiquinhs pra ele em ingles,ele tambem nao fala quase nada em portugues,sera que eu possa estar de alguma maneira atrapalhando seu desenvolvimento de falar,sera que ele pode aprender o ingles comigo ouvindo mais o portugues do que o ingles?mande uma dica de como resolver isso,abraços.

    Avaliar
    Responder
  • A
    Ana Maria

    03/04/2012 15:47

    Ola, sou Brasileira e minha filha tambem Brasileira casada com Alemao, tem um casal de filhos. O menino tem 3 anos e 10 meses e nao fala quase nada. Minha filha fala com ele Portugues e o pai fala Alemao.
    Ele ja fez testes de audicao, e é totalmente perfeito. Ouve muito bem, e entende os dois idiomas. Mas nao fala nem uma frase, apenas palavras. Isso me preocupa demais, pois ele ja vai fazer 4 anos. Ele gosta muito de brincar com carros, arrumar todos em fileiras. O Vocabulario dele é : Auto, mama, papa, bobó (e nao vovó). Opa, nein, ja, nenen, que é a irmanzinha de 10 meses. Eu falo pra ele olhar pra minha boca pra ver como se fala, ele simplesmente fecha os olhos. Ele esta com acompanhamento de especialistas mas nao vejo muito resultado. Como devemos agir ? Já pensei até em parar de falar o portugues com ele, e falar só em Alemao para ver se pelo menos uma lingua ele fala. Tudo isso me tira o sono!
    Que devemos fazer? Bjs da vovó preocupada....

    Avaliar
    Responder
  • l
    lilian

    24/01/2012 07:52

    Ola, tenho um filho de 3 anos e meio agora. Sou a unica em casa que fala ingles e portugues, o pai so fala portugues, por mais que tenta umas coisas em ingles, ele nao é fluente. Apartir do momento que nosso filho nasceu, falo com ele em ingle, e o pai e a familia do pai, falam em portugues. Hoje ele fala os dois, enrolado e misturando as vezes, mas fala e intende os dois. As vezes falo em portugues com ele, mas muito pouco. Acho importante so falar com ele em ingles. Nao confunde nada a crianca. Ela intende certinho oque cada pai fala. Eu recomendo a qualquer um que sabe outro idioma, que fala com seu filho no idioma, pois a crianca é o ser mais intelligente no mundo!!!! bjs

    Avaliar
    Responder
  • p
    pocó

    30/06/2011 15:35

    certo. ;)

    Avaliar
    Responder
  • M
    Mariah

    30/05/2011 06:55

    Bom, eu sou brasileira e meu marido é russo.
    Nossos filhos nasceram nos Estados Unidos, pois moramos aqui desde que nos casamos.
    Meus filhos são pequenos, eles têm 7, 5 e 3 anos.
    Fico impressionada com a habilidade deles de entenderem o que falamos, pois meu marido frequentemente fala em russo com eles e eu em português e apesar de preferirem o inglês, eles entendem com perfeição o que falamos, tanto que às vezes quando meu marido lhes pergunta alguma coisa em russo eles respondem perfeitamente, mas em inglês!!

    Avaliar
    Responder
  • s
    suzana Altmayer

    13/11/2010 02:44

    Minha neta nasceu nos Estados Unidos, filha de pai brasileiro e mae Alema.Esta entendendo os 3 idiomas e falando ingles e portugues.Quando sente nescessidade ou que a mae exija ela fala alemao.Prefere sempre responder em Ingles.

    Avaliar
    Responder
  • V
    Viviane Coelho

    12/11/2010 05:22

    Olá!
    Estou grávida e ainda nem sei o sexo do bebê mas quero muito que ele ou ela aprenda os dois idiomas já desde pequeno... O problema é que só eu falo 2 línguas na minha família(Português e Inglês)...nem mesmo meu marido fala Inglês, só Português. Pensei em conversar com a criança nos dois idiomas(tudo o que eu for falar eu falo primeiro em Português e depois em Inglês), mas tô com medo de confundir a criança...O que vocês sugerem?

    Avaliar
    Responder
  • G
    GI

    12/10/2010 03:31

    OI! TENHO UMA FILHA DE 2 ANOS ELA NASCEU NO BRASIL E COM 1 ANO E 6 MESES VIEMOS MORAR NA ALEMANHA SO EU FALO PORTUGUES COM ELA O PAI VIZINHOS FAMILIA E ESCOLINHA SO ALEMAO
    MAS ELA FICA A MAIOR PARTE DO TEMPO COMIGO ISTO E ELA ESCUTA MAIS O PORTUGUES
    TO ACHANDO Q ELA ESTA DEMORANDO PRA FALAR SERA Q ISTO ESTA ATRAPALHANDO??
    OBRIGADA!!

    Avaliar
    Responder
  • A
    Ana

    07/09/2010 05:41

    Eu e meu irmão temos 16 anos de diferença, ele tem 9 meses agora, seria muito tarde pra começar a introduzir uma outra lingua? qual lingua seria mais facil, entre italiano, frances e ingles? o problema é que meus avós falam italiano, eu e meu namorado falamos ingles e frances, mas meus pais não são fluentes em nenhuma dessas linguas, eu queria ensinar o inglês pra ele, por ser mais 'util' atualmente, e depois por ja saber ingles ele poderia aprender a lingua que quisesse. Só eu e meu namorado falando ingles com ele, ele aprenderia facilmente?

    Avaliar
    Responder
  • s
    sara

    07/09/2010 01:12

    Moro na Italia, sou casada com um italiano e temos dois filhos. Entre eu e meu marido falamos a lingua italiana, mas ele sabe mt bem a lingua brasileira. Nos aconselharam falar com nossos filhos a nossa lingua de origem, isto è, eu falo em portugues e ele em italiano. Pois as crianças aprendem naturalmente as liguas contemporaneamente e separadamente. Se os pais misturam as linguas o filho pensa que è uma unica lingua. Desde da gravidez eu falo com os bebes em portugues e hoje eles entendem o portugues mt bem. O q pode acontecer è q ele escolha uma das linguas para se exprimir. No nosso caso o meu filho maior fala em italiano (ele tem 2 anos) e me fala em portugues so quando quer me agradar. é um pouco preguiçosso.Os pais devem dizer q nao entendem o q ele fala (se nao falar na lingua certa). isso ajuda eles a nao se acomodar com uma unica lingua.

    Avaliar
    Responder

Página: 1 de 3 (21 Artigos) 123››