A estimulação precoce em bebês e crianças

O estímulo que recebe o bebê constitui a base do seu desenvolvimento futuro

Vilma Medina

Vilma Medina

O estímulo precoce, como o próprio nome já diz, tem como objetivo desenvolver e potencializar, através de jogos, exercícios, técnicas, atividades, e de outros recursos, as funções do cérebro do bebê, beneficiando seu lado intelectual, seu físico e sua afetividade. Um bebê bem estimulado aproveitará sua capacidade de aprendizagem e de adaptação ao seu meio, de uma forma mais simples, rápida e intensa.

Todos sabemos que os bebês nascem com um grande potencial e que cabe aos pais fazer com que este potencial se desenvolva ao máximo de forma adequada, positiva e divertida.

Estimular bebê

Para entender este processo, é necessário que entendamos primeiro, com é o amadurecimento do ser humano. Ao contrário dos animais, os seres humanos somos muito dependentes dos nossos pais desde que nascemos. Demoramos mais para caminhar e dominar nosso ambiente. Tudo depende da aprendizagem que tivermos. Apesar da nossa capacidade estar limitada pela aprendizagem, nossas habilidades estão relacionadas à sobrevivência. Sem o aprendizado, nos convertemos em seres indefesos, sós, e expostos a todo o bem ou mal. Por outro lado, se aprendemos, nosso cérebro adaptável, nos permitirá crescer e sobreviver diante das situações mais adversas. 

A estimulação precoce o que faz é unir esta adaptabilidade do cérebro à capacidade de aprendizagem, e fazer com que os bebês saudáveis amadureçam e sejam capazes de adaptar-se muito melhor ao seu ambiente e às diferentes situações. Não se trata de uma terapia nem de um método de ensino formal. É apenas uma forma de orientação do potencial e das capacidades dos mais pequenos. Quando se estimula um bebê, está-se abrindo um leque de oportunidades e de experiências que o fará explorar, adquirir destreza e habilidades de uma forma mais natural, e entender o que ocorre ao seu redor.

Quando e como estimular um bebê

Colocar em prática uma estimulação precoce, é uma decisão absolutamente pessoal. Os pais são os que podem decidir se a querem ou não aplicá-la ao cotidiano do seu filho. No entanto, se decidem pelo estímulo precoce, deverão iniciá-lo o mais breve possível, já que, segundo os especialistas, a flexibilidade do cérebro vai diminuindo com a idade. Desde o nascimento até os 3 anos de idade, o desenvolvimento neuronal dos bebês alcança seu nível máximo. A partir dos 3 anos, começará a decrescer até sua total eliminação aos 6 anos de idade, quando já estarão formadas as interconexões neuronais do cérebro do bebê, fazendo com que seus mecanismos de aprendizagem sejam parecidos ao de uma pessoa adulta. É claro que continuarão aprendendo, mas não ao mesmo ritmo e com todo o potencial de antes.

Todos os bebês experimentarão diferentes etapas de desenvolvimento que podem ser incrementadas com uma estimulação precoce. Para isso, deve-se reconhecer e motivar o potencial de cada criança individualmente, e apresentar-lhe objetivos e atividades adequadas que fortaleçam sua auto-estima, iniciativa e aprendizagem. A estimulação que o bebê recebe nos seus primeiro anos de vida, constituem a base do seu desenvolvimento futuro.

Além das atividades que se aplicam na estimulação do bebê, é muito importante destacar que o ambiente também é uma ferramenta que devemos considerar. O ambiente não é somente um lugar tranquilo, onde se respira respeito, tolerância, paciência, o acordo e a união, também são as pessoas que acompanham ao pequeno. Se o bebê conta com a companhia de pessoas significativas para ele, como é o caso dos seus pais, eles se sentirão apoiados em seu vínculo afetivo, em suas habilidades e destrezas. A estimulação será mais completa.

Benefícios da massagem para os bebês

Benefícios da massagem para os bebês

A massagem transforma o bebê em um bebê saudável em todos os aspectos. Todos os bebês podem ser massageados. Assim que aproveite para massagear seu filhinho. A massagem pode desenvolver mais rapidamente a coordenação motora, aumentar suas reações musculares, além do que tornará o bebê mais receptivo e mais apto a reagir ao espaço que o rodeia.

O primeiro banho do bebê

O primeiro banho do bebê

Como dar banho no bebê pela primeira vez. São muitas as inquietações, dúvidas, e as perguntas que as mamães e os papais se fazem quando têm que dar banho no seu bebê pela primeira vez.

A visão de crianças e bebês

A visão de crianças e bebês

Estudos mostram que 20% das crianças necessitam de alguma correção visual. A menor dúvida que seu filho tenha problemas de visão, consulte logo um especialista. Estar atento a qualquer sinal poderá evitar problemas no presente e no futuro. Os especialistas recomendam que a criança passe por um exame ótico com alguma frequência. O ideal seria a cada dois ou três anos, a partir dos 3 anos de idade.

Bebê ou criança surda

Bebê ou criança surda

Como detectar se a criança ou bebê é surdo. Nos primeiros meses de vida, o bebê ainda não é capaz de fazer uma relação entre as emoções que experimenta e o que podem significar. O bebê depende totalmente de sua mamãe para sentir-se compreendido e atendido nas suas necesidades básicas. Quando ele está incomodado ou vive alguma tensão, é sua mãe que identifica a origem do mal estar e lhe oferece alívio necessário para que seu equilíbrio seja recuperado.

Musicoterapia para a mãe e o bebê

Musicoterapia para a mãe e o bebê

Quando um bebê, ainda no ventre de sua mamãe, escuta clássicos como  Mozart, Bach e Vivaldi, seu ritmo cardíaco se relaxa, segundo observaram muitos especialistas. O ritmo dessas canções induz a estados de serenidade.

Os primeiros passos do bebê

Os primeiros passos do bebê

Não há nada mais prazeroso e nada mais desafiante para os pais que poder ver seu bebê começar a dar seus primeiros passos. É um momento realmente especial, que marca uma etapa. A maioria dos bebés dá os primeiros passos entre os 9 e os 12 meses ou por volta dos 14 ou 15 meses.

30 comentarios

  • Leticia

    2012-09-01 19:58:38

    Meu bb tem 5 meses e nasceu com labio leborino to com muito dificuldade em ajudar ele forma palavras ele fala nem nem e quando chora fala ma ma.

  • babi

    2012-04-29 12:34:13

    Muito interessante o tema...porem o texto e totalmente teorico!!!! Quais sao as atitudes, brincadeiras, atividades, que estimulam a crianca...na pratica???

  • marilsa

    2012-03-05 15:25:37

    Olá tenho pós em educação especial fui chamada para trabalha com um bebe que tem sindro já trabalhei com portadores de down mas eram adultos esse bebe tem 6meses gostaria de algumas dicas de estimulação para poder atender melhor esse bebe . desde já obrigada. abraços

  • adriana ribeiro dasilva santos

    2012-02-28 14:17:28

    gostaria muito de saaber onde encontro lugares onde possa conduzir meu filho a estimulaçao precoce

  • Juliano

    2012-02-17 05:49:23

    Eu tenho um bebê de apenas 1 mês e meio. Ele é muito esperto. Com apenas 3 dias de vida já virava no berço. Com 3 semanas ele já escalava o berço, jogava o travesseiro e cobertor longe e ainda colocava o bracinho na grade do berço. Ele mexe tanto que tivemos que subir a grade com medo de ele cair. Acreditem, ele começou a falar a palavra nenem. Já ouvimos ele falar umas 4 vezes. Sempre que ele está chorando no berço eu e minha esposa chamamos ele de meu nemem e parece que ele aprendeu.

  • ivete

    2012-02-12 14:38:28

    a sala de estimulação dentro da APAE teve ter quantos alunos

  • Jorge Povão

    2011-10-16 08:01:13

    Bem verdade, para mim, religião é uma expressão de "Fé"na qual nos conduz à um caminho de esperança e liberdade espirirual.

  • viviane

    2011-10-09 09:54:27

    a minha filha de 1 ano e 5 meses, começou a falar 'mamãe' e 'papai' aos 5 meses de idade, quando eu cheguei em casa e a vi dentro do carrinho com a babá ao lado dela.Quando ela me viu ficou muito contente e começou a falar, fiqueitão emocionada que gravei a vozinha dela para que ninguém duvidassem de mim. E hoje fala de tudo inclusive conta de 1 a 5 e as vogais.

  • Areaide Patricia da Silva

    2010-07-01 12:24:17

    e mais... conversa (do jeito dele, claro) e nós aqui de casa respondemos normalmente, dialogando mesmo. Engatinhou ao quatro meses, sentava. Tem coisas que ele não faz (ou melhor não gosta como bater palmas, mandar beijos...) Engraçado, que ele não precisou de nenhum estímulo... Tudo partiu dele mesmo. Sempre pesquiso para tirar todas as dúvidas e com isso, nós os incentivamos para que ele sinta-se seguro, querido e amado por todos e assim crescer e desenvolver-se para tornar-se um cidadão capaz, crítico e com muita autonomia. Beijos ;)

  • Areaide Patricia da Silva

    2010-07-01 12:18:00

    Olá para todos! Meu filho João Pedro irá completar dez meses dia 13 de julho. Ele é muito esperto, forte, bonito, saudável e inteligente. Rolou a primeira vez com dois meses e meio; ficou em pé no berço aos três e meio e já com quatro meses caminhou sobre o colchão. Sempre conversei com ele desde a gravidez e o que acho interessante é que qdo estava grávida trabalhava com educação infantil devido o estágio de Pedagogia. Colocava-o debruçs desde os primeiros dias (adorava, pois foi a posição em que foi gerado). A pediatra dele e outras pessoas que conheço e lidam com crianças em suas profissões, principalmente psicólogos, alegam que tudo indica uma criança dotada. Ele já sabe identificar a letra A qdo coloco junto com o aviãozinho e todos os brinquedos dele tem um apelido e ele pega cada um que a gente pedir. Voltei a trabalhar com crianças e também faz parte do quadro de alunos desta escola, no entanto, ele só gosta de ficar com os maiores. Ele age como uma criança de um ano. ;D

  • Ana

    2010-06-29 13:46:53

    Gostaria de indicar aos pais interessados em estimular seus filhos os livros do Glenn Doman: Para a parte cognitiva: Como multiplicar a inteligência do seu bebê ISBN: 858541815x ISBN-13: 9788585418151 Para a parte motora (disponível apenas em inglês): How to Teach Your Baby to Be Physically Superb ISBN-13: 9780757001925 ISBN: 0757001920 Espero ter ajudado.

  • Debora

    2010-06-29 08:01:44

    Oi meu bebe tem 11 meses, rola para todos os lados se movimenta mas so engatinha para tras, nao fica em pe. ele eh mto esperto, bate palminha, da tchau, participa das brincadeiras q ensino, mas estou desesperada por ele nem ficar firmar os pezinhos, qndo eu disse para a pediatra q ele nao engatinhava ainda ela so disse q eu tenho q estimular, mas isso eu sempre fiz...me ajudem

  • valeria

    2010-06-25 19:11:52

    A minha filhia tem 4 meses e é muitu esperta gosta de ouvir musica e eu canto para ela todos os dias ela gosta muitu isso eu ajudo ela se estimular muitu bem pq ela tbm quer até falar ai eu ensino ela muitu mesmo ...eu amo a Laura bjssssssss...

  • Ana Cristina

    2010-06-20 18:04:09

    :D MINHA FILHA TEM SINDROME DE DOWN, GOSTARIA DE SABER DA ESTIMULAÇÃO DE CADA MES E IDADE, POIS ELA ESTÁ FAZENDO ESTIMULAÇÃO COM UMA PROFISSIONAL E EU ACHO QUE ELA NÃO ESTÁ FAZENDO DE ACORDO COM O MES DELA, A MINHA FILHA TEM 9 MESES E A ESTIMULAÇÃO DELA É SOMENTE COM CHOCALHOS ACHO QUE ELA JÁ PASSOU DISSO,A MINHA FILHA JÁ SENTA,ROLA,BUSCA OS BRINQUEDOS,GOSTARIA SOMENTE DE UMA INFORMAÇÃO,QUAL SERIA A ESTIMULAÇÃO QUE ELA FARIA DE ACORDO COM A IDADE DELA.OBRIGADA

  • Renata

    2010-06-16 12:41:49

    Olá tenho duas filhas, A Vitória de 2 anos e 3 meses e Vívian de apenas 1 mês de nascida. Quero receber exemplos de estimulação de acordo com a idade delas. Ficarei muito agradecida. Meu e-mail: [email protected]