Estimulação

Promocionado

Como estimular um bebê

A estimulação precoce se baseia sobretudo na repetição, ao que os especialistas denominam unidades de informação ou bits. Do mesmo modo que aprendemos a dizer “mamãe” ou “papai”, repetindo para que falem várias vezes, podemos também aprender a ler, a conseguir um pensamento matemático, e inclusive a desenvolver aspectos físicos, sensoriais e sociais.

Promocionado

Como os bebês aprendem

Aprendizagem do bebê. Os bebês aprendem constantemente, e esse aprendizado ele vai armazenando. À medida que seu corpo fica mais resistente, seu cérebro vai tomando consciência, de forma que quando for capaz de caminhar e explorar o mundo que o rodeia, o cérebro já contém as bases para armazenar conhecimentos.

Promocionado

Estimulação. O meu bebê chuta!

Em algum momento, entre o nascimento e os três meses de vida de um bebê, o seu pequeno começará a mover suas pernas com muita agilidade, dando chutes ou esperneando. Sem sabê-lo, ele estará começando a fortalecer suas pernas para poder ficar e se manter sentado, e depois caminhar ou dar seus primeiros passinhos.

Promocionado

Dance com o seu bebê

Eu adorava dançar com minha filha. Desde que chegou a casa, com apenas alguns dias, eu já dançava com ela. Música suave para relaxá-la. Música com um pouco mais de ritmo para animá-la. É curioso porque eu fazia isso por mero prazer e, no entanto, estava despertando nela sem saber todos os seus sentidos.

Promocionado

A importância de promover o vínculo com o bebê

Em todo o reino animal são os laços afetivos e táteis entre mães e filhos os que asseguram as boas interações e um correto desenvolvimento futuro. Esse momento crítico de vinculação sucede ao momento do parto ou minutos e inclusive horas depois dele. Se a mãe permanece separada da sua cria durante esse momento é frequente que quando o volte a ver, esta o rejeite.

Promocionado

Os bebês são sensíveis e sabem quando erram

Ao contrário do que pensam muitos pais de que no seu primeiro ano de vida os bebês são quase criaturas inanimadas, que não sabem de nada do que se passa ao seu redor, existem estudos que revelam que os bebês são suficientemente hábeis e sensíveis ao que ocorre ao seu redor e inclusive são capazes de reconhecer uma voz triste ou alegre ou averiguar se cometeram algum erro.

Promocionado

Educar o senso de humor das crianças

Existem poucas coisas tão maravilhosas como o sorriso ou a gargalhada de uma criança! Para um pai não existe nada melhor do que ver o seu filho feliz, radiante, com um sorriso de orelha a orelha. O riso é um dos traços marcantes do ser humano. Você já viu algum animal rir quando está contente? O senso de humor e o riso são atos exclusivos da inteligência humana.

Promocionado

Como conseguir que o seu bebê seja mais sociável

Existem bebês que só com um olhar, ele já abre um sorriso de orelha a orelha, e inclusive chegam a estender os seus bracinhos para que você os pegue nos braços. Por outro lado, existem bebês que somente com olhares, toques ou simplesmente outra pessoa que não seja o seu pai ou sua mãe se aproxime, eles começam a chorar desconsoladamente como se o mundo estivesse acabando.

Promocionado

A memória nos bebês

Os neurônios encarregados da memória se desenvolvem desde o terceiro trimestre de gestação, por isso que o bebê, ao nascer, já tem memória. O cheiro favorito é o de sua mãe e do leite materno. Começa a reconhecer vozes e alguns rostos familiares.

Promocionado

O chocolate e as crianças

O chocolate fornece a energia que a criança precisa para brincar, estudar, pular e correr. É muito difícil, não só para crianças, resistir ao chocolate. Quase todo mundo gosta de chocolate. Não existe nada mais prazeroso que um chocolate, um biscoito ou sorvete de chocolate. São irresistíveis! Um exemplo disso é o filme “A fantástica fábrica de chocolate”. Deixa-nos todos com água na boca.