Por que usar a música durante a gravidez

Benefícios da estimulação musical durante a gravidez

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A infância é um momento crucial para qualquer pessoa. Quanto mais estímulos o bebê receba desde o primeiro momento, melhor será o seu desenvolvimento emocional e cognitivo. Mas, você sabia que os bebês podem receber estímulos mesmo antes de nascerem?

Começar a desenvolver exercícios de estimulação musical dentro do útero materno é muito benéfico para o bebê e para o seu posterior desenvolvimento. A música faz parte completamente de todo esse processo. É por esse motivo que a colaboração paterna na hora de realizar uma atividade musical é extremamente importante, desde o ventre materno. 

Os benefícios da música para o bebê durante a gravidez

por-que-usar-a-música-na-gravidez A 

Quando uma mãe ou um pai cantam uma canção de ninar ou coloca uma música em algum momento do dia, já transmite sentimentos de amor, cuidado, respeito, tranqüilidade e segurança. 

É um momento de comunicação íntima que fica guardado na memória da criança, mesmo antes de nascer. Realizá-lo desde o ventre materno prepara de alguma forma, o nosso bebê para o futuro. Esses são alguns benefícios de escutar música durante a gravidez: 

- As audições e o contato com os progenitores aumentam a atividade imunológica

- Os bebês nascem mais relaxados, com os olhos e mãos abertas, e choram menos. 

- Dormem e se alimentam melhor, e, além disso, são capazes de concentrar sua atenção durante mais tempo e aprender mais rapidamente. 

A audição é o único sentido em que se pode desenvolver a estimulação pré-natal. Escutar música lenta e realizar exercícios de respiração ao ritmo do coração da mãe contribui para fortalecer o estímulo sensorial e cognitivo dos nossos bebês. 

Experimente e ofereça música ao seu pequeno, mesmo antes dele nascer!  

Yvette Delhom López

Pedagoga e Educadora musical