Como estimular ao bebê segundo o método Montessori

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A filosofia da italiana Maria Montessori leva anos revolucionando o mundo educativo. Sua teoria se baseia em algo que realmente é muito óbvio, mas nem sempre se cumpre: conseguir a autonomia da criança oferecendo um meio adaptado e preparado para que possa consegui-lo, sempre respeitando o seu processo. 

O método Montessori pode ser aplicado desde o nascimento do bebê e pode nos ajudar a estimular o seu desejo de descobrir, sua capacidade de atenção ou inclusive podemos tranquilizá-lo e mantê-lo sereno com uma série de atividades baseada nessa pedagogia.  

10 atividades Montessori para o bebê

como-estimular-ao-bebê-segundo-método-montessori A 

Eu adoro a idéia de direcionar os filhos à independência para que eles possam tomar suas próprias decisões, para que possam aprender novas habilidades e possam se integrar na família e na sociedade como pessoas autônomas, seguras e decididas. Montessori oferece idéias e conselhos que permitem consegui-lo; algumas delas são brincadeiras e atividades e inclusive podem ser realizadas com o bebê desde as suas primeiras etapas de desenvolvimento. Todas essas atividades eu encontrei em vários manuais e livros. Estes são alguns exemplos: 

1 – Pegue alguns panos de diferentes texturas e deixe que o bebê brinque com eles para que perceba o tato rugoso, suave, áspero... Fale deles enquanto o bebê os pega. 

2 – Utilize chocalhos elaborados com materiais nobres como madeira ou prata. São perfeitos para a estimulação auditiva do bebê. 

3 – Ofereça-lhe brinquedos que não sejam de plástico, um material que não transmite nenhuma sensação. É preferível utilizar brinquedos de madeira que têm uma textura própria e, sobretudo, tem vida. 

4 – Deixe ao seu alcance bolas de lã ou de crochê para que possa emaranhar entre os seus dedos, enrolar e brincar com elas. 

5 – Os móbiles são maravilhosos para os bebês. Não é necessário que sejam sofisticados ou que usem pilhas, simplesmente que tenham diferentes cores ou inclusive que reflitam a luz natural. 

6 – Escolha potes de diferentes tamanhos e tire as tampas. Depois lhe ofereça à criança a possibilidade de que escolha a tampa adequada para cada pote. 

7 – Coloque numa sacola de pano que o bebê conheça: um lápis, uma colher, um pente... Deixe que o bebê meta a mão e vá tirando os objetos e peça a ele que diga os nomes à medida que vá tirando do saco. 

8 – Brinque diante do espelho. Deixe que a criança reconheça sua imagem, toque, chute ou bata. Deixe que veja como move o seu corpo e o que acontece quando incluímos gestos, levantamos a mão ou sorrimos. 

9 – Utilize a música durante as brincadeiras ou como brinca com ela. 

10 – Deixe livros ao alcance da mão do bebê, sua pequena biblioteca para que toque, abra e descubra. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com