10 idéias para se conectar com o seu bebê

Como a gente pode conectar física e emocionalmente com o bebê

Vilma Medina

Vilma Medina

Unir, enlaçar, estabelecer uma comunicação, começar uma relação... Enfim, conectar. Isso é o que fazemos desde o nascimento do nosso bebê: tentamos nos conectar com ele para poder compreendê-lo, atender as suas necessidades, transmitir-lhe carinho, alimentá-lo, cuidá-lo e fazê-lo se sentir protegido. 

Estabelecer uma conexão profunda com o bebê desde as primeiras etapas do seu crescimento é básico para transmitir-lhe toda a segurança e confiança necessárias e, sobretudo, conseguir que cresça feliz

10 maneiras de conectar com o meu bebê

10-idéias-para-se-conectar-com-seu-bebê A

Como conectar com o meu bebê? O dia a dia está cheio de pequenas e grandes ações que estabelecem um vínculo com o bebê e nos conectam a ele:

1- Atender suas demandas tão frequentemente quando for necessário, seja para acalmá-lo quando estiver chorando, dar-lhe de comer se tiver fome, trocá-lo se estiver sujinho ou cantar para relaxá-lo. 

2- Niná-lo: os bebês choram por diferentes causas. Se para acalmá-lo você o pegar nos braços e balançar suavemente, isso o ajudará a se relaxar e a se sentir mais tranquilo. 

3- O contato físico: carícias, beijos e abraços nos conectam com o bebê e iniciam estímulos fundamentais para uma relação futura.

4- A comunicação: um bebê não entende o que dizemos, mas compreende o tom da voz, o olhar, o sorriso. É outra forma de comunicação gestual que nos conecta com ele.

5- Cantar para ele: não é necessário ser um cantor profissional, somente sussurrar alguma cantiga de ninar para que ele se relaxe e possa dormir, ou sentá-lo no nosso colo e cantar canções infantis para diverti-lo e entretê-lo.

6- Ler para ele: Seja nos nossos braços ou deitado no bercinho o bebê já pode ter contato com as imagens dos livrinhos de histórias e contos. Se a gente começar a ler desde bem pequenos para ele, isso estimulará o seu gosto pela leitura e criará um momento único entre ambos. 

7- Carregar o bebê ou colocá-lo próximo ao corpo, num contato físico constante, onde ele possa sentir as batidas do seu coração, o calor da sua pele e você o dele. É uma conexão única.

8- Dar-lhe uma massagem: é necessário encontrar o momento oportuno, mas é um instante de comunicação com o bebê em que se transmite segurança, tranquilidade, ternura, amor...

9- Amamentá-lo: é um momento de conexão muito importante entre a mamãe e o bebê. Os especialistas concordam ao afirmar que o aleitamento ajuda a estabelecer um vínculo com o bebê. 

10- A hora do banho: o banho estimula os sentidos do bebê, o relaxa e, na medida em que cresce. O diverte. Enquanto o segura nos braços, você poderá estabelecer uma conexão visual. Pode falar com ele, brincar com a esponja e fazer cair água sobre o seu corpo. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com

Estímulos à leitura infantil

Estímulos à leitura infantil

Conselhos de como aproximar nossos filhos aos livros e à leitura. Todos sabemos que o hábito da leitura é um grande estímulo à criatividade, imaginação, inteligência, e à capacidade verbal e de concentração das crianças. Dia Mundial do libro infanto-juvenil.

Como dar o peito ao bebê

Como dar o peito ao bebê

Quanto mais se esvazia o peito, mas leite produzirá. O principal estímulo que induz a produção de leite é a sucção do bebê, portanto, quanto mais o bebê se agarra ao peito da mãe, e quanto mais este o esvazia, mais leite se produz. A quantidade se ajusta ao que a criança toma e as vezes que o peito se esvazia durante o dia. A qualidade também varia com as necessidades do bebê.

Conto Infantil. O elefante Bernardo

Conto Infantil. O elefante Bernardo

Os contos infantis devem ser usados também para ensinar valores às crianças. O conto 'O elefante Bernardo' ensina o valor do respeito aos outros e que todos precisamos uns dos outros em algum momento da vida.

O que os contos ensinam aos nossos filhos

O que os contos ensinam aos nossos filhos

Se pararmos para pensar, os contos refletem a própria vida e nos mostram diferentes facetas da vida: nossa convivência com os outros, a possibilidade de escolha, sentimentos e valores contrapostos.

O primeiro dia do bebê em casa depois do parto

O primeiro dia do bebê em casa depois do parto

Depois do parto, o bebê e a mamãe passam alguns dias no hospital e logo recebem alta para voltarem para casa. É justamente nessa hora que muitos pais de 'primeira viagem' ficam em dúvida do que vão fazer a partir daquele momento.

0 comentarios