Como saber se o bebê ouve bem

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Submeter o bebê a estímulos auditivos e observar como ele reage a esses estímulos é uma forma perfeita para saber se o ouvido e a audição do bebê funcionam corretamente. Esse estímulo pode começar ainda quando o bebê está no ventre da sua mamãe. Será muito importante para o desenvolvimento da sua linguagem e comunicação

A audição do meu bebê funciona bem?

Dicas para saber se o seu bebê ouve bem

A partir do quarto ou quinto mês de gravidez, o bebê já ouve muitos sons que passam no exterior do ventre de sua mãe. A voz da sua mamãe, do seu papai, canções, ruídos da rua, etc. Por isso, é muito importante, durante essa etapa, não expor os bebês a sons fortes e excessivos. É aconselhável apresentar-lhes diferentes tipos de música e conversar sempre com eles para que quando nasça ele possa reconhecer e relacionar a voz que escutava com o rosto dos seus pais.  

Assim que o bebê nasce é muito importante que continuemos estimulando sua audição. Recomenda-se falar-lhe frente a frente na mesma altura dele, utilizando diferentes tons de voz, movendo bem a boca e fazendo-lhe caretas. Brincadeiras de imitação, colocar a língua para dentro e para fora e de um lado para o outro ou jogar beijinhos com barulho para os bebês, favorece a audição e a linguagem do bebê, além do que cria um vínculo de comunicação entre seus pais e ele. O bebê identificará os movimentos do seu rosto e boca com os sons que são produzidos. A voz dos seus pais é um dos sons mais estimulantes para o bebê.

Todos os sons que passam ao redor do bebê são estímulos para o seu ouvido. Minha filha, por exemplo, adorava os sons das folhas das árvores, dos cantos dos pássaros... Seus olhinhos começavam a se mover sem parar. Por outro lado, os ruídos que fazíamos com a louça da cozinha ou o barulho da ambulância, inclusive dos trens, ela não gostava nada. Ficava nervosa e incomodada. Qual é o som preferido dos seus filhos? 

Mirna Santos
Redatora de GuiaInfantil.com