O choro do bebê indica boa saúde

Enquanto no mundo ocidental quando o bebê chora os pais tendem a sossegá-lo, acalmá-lo e a resolver com o alimento, com o calor corporal, o movimento, os braços e o canto da mãe, os orientais, que não param de nos surpreender, provocam o choro do bebê porque de acordo com a sua cultura, e mais concretamente diz um provérbio japonês, a criança que chora cresce mais sadia.  

Uma competição de choros do bebê

o-choro-do-bebê-indica-boa-saúde A

A tradição de provocar o choro do bebê se baseia na crença popular de que o bebê sadio chora mais forte. Esta crença tem se mantido durante mais de 400 anos na antiga tradição do Naki Sumo, também conhecida como Nakizumo ou Konaki Sumo Festival. Atualmente, a festa do choro do bebê continua sendo celebrada em diferentes partes do país, ainda que a mais conhecida seja a que fica junto ao templo de Sensoji, no distrito de Asakusa de Tóquio.

O quarto domingo do mês de abril, os pais levam seus filhos menores de um ano ao templo para que um homem gigante, um lutador de sumo, sustente nos braços ao seu bebê e o balance de um lado para o outro com o objetivo que o bebê chore. Assim, estes bebês, nos braços de rechonchudos desconhecidos participam de uma competição em que participam uma média de cem crianças todo o ano. Um juiz com vestimenta tradicional japonesa fica gritando: ‘Naki! Naki!’ (‘Chora! ’, ‘Chora!), enquanto o lutador os balança. O ganhador é o que solta o primeiro som de choro e quando há empate, vence o que o faz mais fortemente. Se o empate continua acontecendo, os japoneses utilizam caretas ou máscaras de oni, uma criatura do folclore japonês para assustar os bebês e provocar choro neles.  

O choro do bebê também tem poderes para os japoneses. Os soluços do bebê servem para atrair a sorte e afugentar os maus espíritos. E, ainda que para o resto do mundo essa tradição seja muito curiosa, todos os pais devem reconhecer que o choro do nosso bebê, ainda que nos incomode, em ocasiões também serve para nos relaxar e aliviar preocupações sobre a saúde do nosso bebê

Assim, quando um bebê nasce chorando a plenos pulmões, os pais consideram que é um bom sinal e que indica saúde no momento do nascimento, e alivia as tensões após o parto. Escutar o choro do bebê é sinal de vida, de vitalidade, de boa saúde, e, além disso, os ginecologistas comentam sobre os bons pulmões que o recém-nascido tem como demonstração de que respira corretamente, seu coração funciona e seus sinais vitais começam a funcionar.  No entanto, quando ao nascer o choro é fraco, pode ser motivo de preocupação. A ausência de choro ou um choro muito fraco do bebê no momento do nascimento pode alertar o neonatologista, que fará o primeiro reconhecimento em busca de um problema de saúde. 

Marisol Nuevo

Redatora de Guiainfantil.com

  • Como estimular a fala do bebê
    Como estimular a fala do bebê

    A linguagem é o primeiro sistema de sinais que o bebê usa para se relacionar com o seu meio e para aprender do que o rodeia. Como estimular a fala do bebê. O choro e os balbucios são a base da linguagem dos bebês. Como se comunica o bebê no seu primeiro ano de vida.

    • Os incômodos da saída dos dentes do bebê
      Os incômodos da saída dos dentes do bebê

      Existem bebês extremamente sensíveis com a saída dos seus primeiros dentinhos. Até que o dente consiga romper a gengiva, nossos pequenos podem passar alguns dias de humor instável. Conheça algumas coisas que podem aliviar esses incômodos.

0 comentários