Cólicas nos bebês

As cólicas são muito comuns nos primeiros meses de vida do bebê

Vilma Medina

Vilma Medina

As cólicas nos bebês são um tipo de dor abdominal inofensiva que, em geral, começa aproximadamente nas 2-4 semanas de vida do bebê e que desaparecem até os 3 meses de idade.

O bebê terá acessos de dor quando grita e encolhe as pernas até o abdômen. As cólicas aparecem diariamente ao entardecer, normalmente no mesmo horário, e duram de três a quatro horas. Desaparecem espontaneamente.

Causas das cólicas nos bebês

As cólicas dos bebês

Cólicas em bebês são normais e atingem 90 por cento dos recém-nascidos. E não estão associadas a nenhuma doença. São um mero problema fisiológico, comum em recém-nascidos, que têm um sistema digestivo ainda imaturo. Essa imaturidade faz com as paredes do intestito se contraiam e relaxem sem controle e isso pode provocar gases, e consequentemente cólicas. Quando o bebê mama, os intestinos contraem e relaxam, provocando as cólicas. Também há estudos que relacionam as cólicas à alimentação da mãe. E ainda é possível que o bebê não esteja sugando corretamente o peito e engolindo muito ar durante a amamentação.

É uma sensação nova para o bebê e molesta muito. O choro de cólica é estridente e persistente. Existem comportamentos que podem indicar que o bebê sente cólica. O bebê fica inquieto, com rosto vermelho, fazendo caretas, se contorce e encolhe as perninhas até a barriguinha.

As cólicas são de origem desconhecida. Alguns especialistas dizem que se deve a um espasmo dos intestinos, ainda que não existam provas disso.

Tratamento das cólicas nos bebês

Não se administra medicamentos para os bebê quando têm cólicas. Pode-se tranquilizar o bebê com algumas pancadinhas rítmicas e leves nas costas, virando-o sobre o estômago no seu colo, com uma massagem, ou simplesmente ninando-o e balançando-o. O movimento relaxa as paredes intestinais e os acalma.

Para ayudar a eliminar a dor do bebê, também pode-se colocá-lo barriga a barriga com você, com as perninhas encolhidas, de barriga no seu antebraço, uma bolsa térmica com água morna na barriga do pequeno ou massagear a sua barriguinha.

Existe um estudo que mostra que a cólica diminui em 80 por cento quando a mãe deixa de ingerir leite animal, incluindo aí manteiga, queijo e iogurte, trocando pelos similares feitos à base de soja.

De todas maneiras, se você nota que as cólicas persiguem por muito tempo o melhor sempre é consultar o pediatra do pequeno.

Benefícios da massagem para os bebês

Benefícios da massagem para os bebês

A massagem transforma o bebê em um bebê saudável em todos os aspectos. Todos os bebês podem ser massageados. Assim que aproveite para massagear seu filhinho. A massagem pode desenvolver mais rapidamente a coordenação motora, aumentar suas reações musculares, além do que tornará o bebê mais receptivo e mais apto a reagir ao espaço que o rodeia.

Cólicas no bebê lactente

Cólicas no bebê lactente

As cólicas se manifestam entre o primeiro e o terceiro mês de vida do bebê. A cólica do lactante é um espasmo, ou uma contração dolorosa do intestino. Trata-se de um fenômeno, de um período delicado, que causa dores na maioria dos bebês. Não se trata de uma doença grave.

O controle das cólicas

O controle das cólicas

Os pais não têm culpa pelas cólicas do bebê. Ainda que os choros do bebê deixem nervosos a qualquer um, o primeiro é buscar a tranquilidade e um ambiente silencioso. Um bebê com cólica tende a estar sensível à estimulação de qualquer tipo. Se as pessoas ao seu redor estão preocupadas, ansiosas, a ponto de explodir, os bebês podem chorar ainda mais.

O primeiro banho do bebê

O primeiro banho do bebê

Como dar banho no bebê pela primeira vez. São muitas as inquietações, dúvidas, e as perguntas que as mamães e os papais se fazem quando têm que dar banho no seu bebê pela primeira vez.

Como tirar a chupeta da criança

Como tirar a chupeta da criança

A criança deve deixar a chupeta antes de ingressar na escola. Normalmente, a chupeta deve ser tirada da criança antes que essa cumpra os dois anos de idade. Nessa idade, a criança já deverá ter um brinquedo para succionar.

Refluxo gastro-esofágico nos bebês

Refluxo gastro-esofágico nos bebês

O sintoma mais comum do refluxo gastro-esofágico são os frequentes vômitos. Não existe nada mais incômodo quando, depois de comer, o alimento sólido ou líquido é devolvido do estômago ao esôfago, provocando vômitos e náuseas.

34 comentarios

  • Aline

    2013-05-07 19:48:39

    Meu filho tem 5meses e ainda tem colicas isso é normal,quando ele começar a cvomer alimentaos tende a melhorar ou piorar.

  • francielle cristina reis ferreira

    2013-01-04 09:32:43

    minha filha tinha colica assim que naiceu mas ai eu botava um pano morno na barriga dela ai ela paro de da colica nunca mais ela deu colica i ela ja esta com 4 meses

  • patricia

    2012-12-02 11:48:50

    meu sobrinho tem 5 meses e ainda tem dor de barriga, isso é normal?

  • graca

    2012-10-16 09:02:25

    Eu acho que a alimentação influência bast ante para que o bebê se sinta bem, eu tenho um neto de 2 meses e quando minha nora come chocolate, toma café, sucos de caixas, coca cola, come queijos, presuntos e massas, o bebê chora muito e as colicas aumetam. Por esta razão eu acho que todas as mães deveriam ter uma dieta dada pelos medicos para que seguissem rigorosamente, por que os bebês sofrem muito.

  • Andreza Pimentel

    2012-08-18 23:04:00

    A alimentação é a chave para combater as cólicas. É amplamente divulgado que o ALEITAMENTO MATERMO EXCLUSIVO ATÉ OS 6 MESES de vida é o ideal. Porém, nessa fase a ALIMENTAÇÃO DA MÃE influencia na nutrição do bebê. Uma mãe que se alimenta bem produz um leite forte e saudável, que dificilmente causará cólicas intestinais no pequeno. Portanto siga as recomendações do seu obstetra e do pediatra: evite alimentos condimentados, com cafeína, gordurosos... Algumas correntes afirmam que a casca do feijão pode causar cólicas no bebê, portanto este deverá ser batido no liquidificador e coado ou consumido o caldo. A dieta de desmame deve ser RIGOROSAMENTE respeitada, pois o sistema gastrointestinal deles ainda é muito imaturo. Mas se seu bebê já sofre com cólicas, uma massagem abdominal com movimentos circulares firmes, a manobra de Ortolani (embora não tenha exatamente essa finalidade) que é um movimento circular com os joelhos da criança para ajudar na eliminação dos gases, deitar o bebê de bruços sobre seu corpo, ninando e acalmando seu filho são medidas valiosas. A PREVENÇÃO É A MELHOR COISA A SE FAZER, pois quando vemos um ser tão frágil em tão angustiante sofrimento, não temos tanta serenidade para tentar essas medidas não medicamentosas que podem levar algum tempo para mostrar resultados. Andreza Pimentel Enfermeira Atuação em Crescimento e Desenvolvimento Infantil

  • Tatiana

    2012-06-30 09:44:58

    Eletem apenas 1 mes e 20 dias , faz muita força na hora de evacuar tadinho... fica até roxa... e chora muito, ? Alguém já passou por um problema parecido ? Meu Deus, dá muita dó, tem hora que não sei o que fazer... Muito Obrigada !!

  • michelle

    2012-05-04 21:00:32

    minha filha tem 7 meses e desde q nasceu teve muita cólica;e agora chora de gritar a noite de gases e dores abdominais sera q é normal não sei mais o q fazer o pediatra diz q é normal;mas tá demais as dores e ela tá sofrendo muito.

  • edna da silva vieira nascimento

    2012-03-06 21:05:16

    Tenho um neto que esta com 16 meses, ele usa o pregomin. Sofre todas as noites com colicas, um choro forte e se contorce, só para quando o analgésico faz efeito. ele passa com uma alergista e uma pediatra e as duas dizem que é normal. Será? até quando ele terá essas colicas? O que fazer?

  • Luciana Souza

    2012-03-06 16:38:44

    Boa noite. Minha bebê tem 7 meses e chora muito ao fazer cocô, não dou mais peito, ela toma leite parmalat fervido e ama de paixão.. Também almoça e janta papinhas com pouco tubérculos e mais legumes. Ela faz muita força na hora de evacuar tadinha.... fica até roxa... e chora muito, o cocozinho dela as vezes sai amarelo, mas sempre bem durinho, a pediatra receitou farlac, uma enzima que age direto no intestino, mas já não faz mais efeito, será que funchicórea ajuda ? Alguém já passou por um problema parecido ? Meu Deus, dá muita dó, tem hora que não sei o que fazer... Muito Obrigada !!

  • anne kariny

    2012-02-14 18:32:30

    Gente tenho quatro filhas,as duas primeiras sentiram colocas demais.Já as demais mudei minha alimentação assim que nasceram ,tipo:leite,manteiga,queijo,chocolate e deu certo.Vale a pena fazer é por uma boa causa.Quando os bbs crescerem ai voltem a comer foi o que eu fiz.Abraços.

  • meire

    2012-01-24 05:49:31

    meu bebe 5 meses e tem muita colica ja de milicon mais nao adianta em nada

  • mariza

    2011-12-26 12:38:26

    ola gente, minha filha estar com,1ano e 1 mes, desde 1mes e meil ela sente colicas,os remedios nunca deram resultado nem os que sao para dor.

  • tatiana

    2011-12-08 11:03:19

    Minha filha tem 6 meses e tbem tem muita colica, acorda a noite 3 a 4 vezes, nao sei mais o que fazer pq começo trabalhar cedo e chego so a noite, eu queria saber se tem um anti-gases que seja bom, ja tentei o milicon so que prende o intestino dela, me ajudem, por favor !!!

  • eliane

    2011-11-25 11:38:01

    o uso do dimetiliv e bom em caso de colicas se adiministrar meia hora antes do horario que o bebe sente as colicas.esse medicamento e, anti-espasmodico e anti gases ou seja tira a dor e gases,coisa que lufital nao resolve,pois tira so gases prende o intestino, e nao tira a dor.

  • 2011-11-23 05:46:16

    ah! quando recebe alta do hospital foi receitado p mim tomar sulfato ferroso durante tres meses mais quero saber se da colica na minha bebe?