Como incentivar a linguagem oral nas crianças

Conselhos para que as crianças desenvolvam a expressão oral

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A linguagem oral é o veículo com a qual a gente se expressa e nos faz comunicar com os outros, por isso é tão importante começar a dominá-la o quanto antes, já que pode chegar a ser decisivo no rendimento acadêmico posterior.

A primeira ferramenta que temos na hora de expressar nossa linguagem oral é a voz. Nascemos com ela e em todas as pessoas ela é diferente. Se pronunciarmos e entoarmos corretamente as palavras, a gente se fará entender bem. Todos nós percebemos no ‘falante’ o humor, o sarcasmo, o sarro, a ironia, porque a linguagem oral nos serve para expressar e interpretar as palavras

Por que é tão importante potencializar a linguagem oral nas crianças

como-incentivar-a-linguagem-oral-crianças A 

Está claro que a criança é a primeira implicada no seu próprio aprendizado, por isso será muito importante sua participação em todas as atividades que sejam feitas com este fim. 

Nosso objetivo será que a criança nos dê a sua atenção e para isso é fundamental que se encontre a gosto e esteja motivada, e isso pode ser muito difícil. Algumas das causas que mais influenciam negativamente em uma criança na hora de se expressar são a timidez e a vergonha, por isso, incentivar a linguagem oral será muito benéfico para as crianças e elas poderão vencê-las de maneira natural através dos jogos e brincadeiras. 

Começaremos consolidando o vocabulário básico para que as crianças se sintam seguras. 

Jogos para trabalhar a linguagem oral nas crianças

1. Onomatopéias: Pode ser muito divertido imitar os sons dos animais (onomatopéias) e brincar de colocar vozes e inventar histórias. Já se imaginou fazendo a voz de um elefante? E de uma formiga? E se as trocarmos? Se essa brincadeira ainda for acompanhada com gestos (expressão corporal), muito melhor. 

2. Rimas, trava-línguas, adivinhações, jogar com sinônimos e antônimos, etc. Além de trabalhar a linguagem oral das crianças elas se divertem muito. 

3. Teatro: Procurando a participação de todos, incitando a fazer pequenos debates, representar peças de teatro, ler contos pode resultar muito benéfico para adquirir a linguagem oral desejada. Participar e comunicar implica em escutar um ao outro, pois de outra maneira não teria sentido. 

Para terminar deixo com vocês uma frase de Carmen Conde: ‘A linguagem é o mais humano que existe. É um privilégio do homem. Cada palavra leva consigo uma vida, um estado, um sentimento’. 

Marisa Alonso Santamaría

Poetisa especializada em crianças