O desenvolvimento da fala e a idade da criança

A fala das crianças de acordo com a idade que tenham

Vilma Medina

Vilma Medina

De uma forma geral, a aprendizagem da fala se desenvolve durante os dois primeiros anos de vida do bebê.

Durante este tempo, o bebê será capaz de identificar e dar nomes a alguns objetos. A partir dos 2 aninhos, já podem começar a formar frases curtas e perguntas simples.

Desenvolvimento da fala das crianças

Quando o bebê começa a falar

O desenvolvimento da sua linguagem vai crescendo gradualmente até os 5 anos de idade quando, por regra geral, já poderá se expressar de uma forma muito mais direta e clara.

Claro que estes dados são apenas de orientação, já que existem situações especiais pelas quais passam muitas crianças e que, de uma forma ou de outra, podem afetar ao desenvolvimento da sua fala.

A fala da criança de 0 a 2 anos

A forma de comunicar dos bebês nos seus primeiros meses é mais de reação. O bebê reage aos diferentes sons que residem ao seu redor. Conseqüentemente, o bebê pode mexer os olhinhos, a cabecinha, chorar, mover as pernas… 

Mas a medida que vai crescendo, pode que a partir do oitavo mês, o bebê possa produzir alguns sons labiais e guturais para logo conseguir emitir alguma ‘palavra’, na parte mais anterior da boca. O surgimento dos dentes vão ajudá-lo neste sentido.

O bebê soltará alguns gritinhos para chamar a atenção. Perto do primeiro aninho de vida, o bebê poderá dizer algumas palavras como ‘papá’, ‘mamã’, ‘popó’, ‘aua’… A partir deste momento, não demorará muito para dizer palavras como ‘bola’, ‘rua’, ‘gagau’, ‘dá’, ‘olá’, etc.

Perto dos dois aninhos, o bebê poderá emitir fonemas/sílabas, combinar imagens com vocalizações ou palavras (animais, por exemplo), fazer perguntas, e dizer o seu nome, o nome de papai e de mamãe, e inclusive frases repetidas.

A fala da criança de 2 a 3 anos

Neste terceiro ano de vida, o bebê já poderá usar frases curtas como ‘eu quero...’, ‘eu faço…’, ‘eu vou…’. Também poderá distinguir com palavras o alto e baixo, prá cima e prá baixo, e até manter uma conversinha com alguém. Isso de só ouvir um conto e escutá-lo calado, nada de nada.

A criança vai querer saber mais de cada historinha. Já poderá pronunciar as palavras com mais firmeza e inteiras. Deste modo, se entenderá melhor tudo o que diga.

A fala da criança de 4 a 6 anos

Neste idade a criança já poderá:

- Dar ordens

- Perguntar o por que, onde, o que?

- Contar coisas que fez

- Falar com as bonecas

- Cantar e contar histórias

A fala da criança de 5 anos de idade

Normalmente, nesta idade a criança já se expressará com frases completas, de uma forma correta. Ela tentará falar igual aos adultos. Saberá explicar o que significa alguma coisa, usar frases para descrever alguém ou alguma coisa, e contar uma história inteira. Os pais devem ter muito cuidado ao falar de algo íntimo na frente da criança. Ela pode contar prá todo o mundo.

Vantagens do bilinguismo na infância

Vantagens do bilinguismo na infância

Vantagens do bilinguismo na infância. Alguns pais consideram que a aprendizagem de um segundo idioma pode representar um freio e inclusive um atraso no desenvolvimento linguístico da criança, ainda que não existam provas concretas a respeito.

Como estimular a fala do bebê

Como estimular a fala do bebê

A linguagem é o primeiro sistema de sinais que o bebê usa para se relacionar com o seu meio e para aprender do que o rodeia. Como estimular a fala do bebê. O choro e os balbucios são a base da linguagem dos bebês. Como se comunica o bebê no seu primeiro ano de vida.

A linguagem dos sinais para os bebês

A linguagem dos sinais para os bebês

A linguagem dos sinais para bebês é uma ferramenta que os pais e educadores podem aprender a utilizar com as crianças para facilitar a comunicação a partir dos seis meses. Nessa idade os bebês começam a dominar o uso das suas mãos.

A percepção dos sentidos nos bebês

A percepção dos sentidos nos bebês

Os sentidos nos primeiros anos do bebê. Os adultos e as crianças percebem diferentemente o mundo que lhes rodeiam, e os pais muitas vezes não se dão conta de como as crianças percebem.

Desenvolvimento dos sentidos do bebê

Desenvolvimento dos sentidos do bebê

Todos os sentidos são fundamentais para que o bebê possa aprender sobre o seu ambiente. Através de situações cotidianas e normais a gente pode ajudar a criança a perceber toda a informação que os sentidos a proporciona, abrindo-lhe as portas ao mundo. Como os pais podem estimular os sentidos dos bebês?

0 comentarios