Por que existem crianças que chupam os dedos

As razões do costume de chupar os dedos das crianças

Vilma Medina

Vilma Medina

Para muitos bebês é um ato muito normal chupar os dedos praticamente desde o momento de nascer até os primeiros anos de infância. Muitas vezes isso pode ser suprido com a utilização da chupeta, ainda que existam crianças que prefiram chupar os dedos. A gente te explica por que eles o fazem. 

5 razões das crianças para chupar os dedos

por-que-existem-crianças-que-chupam-dedos A

1. Sucção por ato reflexo: Para muitas crianças, o ato de chupar os dedos não é mais do que um reflexo. Alguns bebês realizam essa sucção, que depois pode ser substituído com a chupeta, desde o ventre materno, algo que pode ser visto inclusive nas ecografias quando a gravidez está avançada. Uma vez que nasce, a sucção do dedo por um bebê continua sendo um ato reflexo natural até que chegam aos três ou quatro anos, que já é um processo que tenha se convertido num hábito. 

2. Como busca de alimento: Ainda que seja evidente que chupar o dedo não vá contribuir com nutrientes ao organismo da criança, ela executa essa ação quando se sinta faminta, como um processo calmante que sacia de forma momentânea a sensação de ter vontade de comer. 

3. Efeito calmante: Se a criança sofre um episódio de estresse, ou simplesmente quer se relaxar, ou tem dor na área da boca quando os dentes estão saindo, chupar os dedos pode ser um bálsamo muito confortante. A criança que leva o dedo à boca para se sentir bem pode simbolizar um ato de intimidade ao sentir segurança. 

4. Por chateação: Para algumas crianças, além de um processo de comportamento adquirido, chupar o dedo é uma atividade a mais, que utilizam num momento de tempo livre e relaxamento ou quando estão chateados, por isso que os pais que não queiram que o seu filho leve o dedo à boca devem estar atentos a criar outras atividades quando detectarem que eles irão fazê-lo.

5. Para conciliar o sono: Muitas crianças não chupam o dedo durante todo o dia, mas somente quando a noite chega, o que quer dizer que já estabeleceram essa conduta para conciliar o sono. Conciliar o sono pode ser difícil para bebês e crianças na primeira infância, e muitos deles encontram satisfação em chupar seu próprio dedo para conseguir um relaxamento total e um som interior que os fazem ficar placidamente adormecidos. 

Marta Marciel

Redatora de GuiaInfantil.com

Chupar os dedos

Chupar os dedos

É mais aconselhável agir sem pressões e sem muita exigência. O chupar o dedo, seja da mão ou do pé, é um reflexo primário que às vezes se mantém por duas razões. Uma diz sobre a relação com que a criança simplesmente fica acostumada ao prazer que produz e a relaxa. Por exemplo, o hábito de chupar os dedos como um apoio na hora de conciliar o sono.

O bom e o mau uso da chupeta

O bom e o mau uso da chupeta

O uso da chupeta é bom ou ruim? A palavra chupeta em inglês quer dizer 'Pacifier', ou seja, pacificador, o que tranquiliza ou acalma. E é justamente com esse propósito que a maioria dos pais começam a introduzir a chupeta ao cotidiano dos bebês. O que não podemos ignorar é que todo o processo artificial que introduzimos para modificar o comportamento das crianças tem vantagens e desvantagens, sendo necessário conhecê-las antes de tomar a decisão de utilizá-las.

As crianças têm o direito de chupar os dedos

As crianças têm o direito de chupar os dedos

Chupar os dedos na infância. Algumas crianças adquirem o mau costume de chupar os dedos porque lhes foi negado o uso da chupeta, outros por estímulos e sugestões, e outros ainda por uma necessidade de relaxarem. Melhorando sua autoestima ajudará a criança a deixar esse vício.

Quando o bebê começa a levar tudo à boca

Quando o bebê começa a levar tudo à boca

O seu bebê começa a levar tudo, absolutamente tudo à boca e você não sabe o que fazer já que ele não sabe distinguir o que pode e o que não pode enfiar na boca. Quando minha filha começou essa etapa de levar tudo à boca a gente teve que redobrar a atenção.

0 comentarios