A memória nos bebês

O desenvolvimento e a evolução da memória em crianças pequenas

Vilma Medina

Vilma Medina

O desenvolvimento da memória é fundamental na vida, é o que nos ajuda a nos orientarmos no tempo e espaço, a criar hábitos e a nos relacionarmos com os demais.

Os neurônios encarregados da memória se desenvolvem desde o terceiro trimestre de gestação, por isso que o bebê, ao nascer, já tem memória. O cheiro favorito é o de sua mãe e do leite materno. Começa a reconhecer vozes e alguns rostos familiares. Lembra as vozes e os cheiros, embora não tenha consciência do que são ou de quando percebeu antes. É a memória inconsciente. Isso ajuda ao bebê entender as rotinas, com o passar das semanas, e é capaz de se orientar durante o dia, de saber quando tem que dormir ou comer, quando é noite ou dia. 

Como se desenvolve a memória nos bebês segundo sua idade

A memória dos bebês

- Aos três meses pode identificar seus brinquedos. Aos seis meses está completamente familiarizado com as pessoas mais próximas a ele: pai, mãe, avós, irmãos, babás, por isso começam a estranhar pessoas que não conhece. O bebê também é capaz de seguir os costumes, como quando os pais fazem a troca de fraldas, como é a rotina do banho ou de dormir. Isso faz parte da relação entre ações distintas porque o bebê se lembra, por exemplo, se você prepara o carrinho ou coloca o agasalho nele, o bebê sabe que vai passear. Se lhe tiram a roupa, o bebê sabe que vai se banhar. 

- Aos nove meses pode saber em que parte da casa deixou os brinquedos e pode buscá-los. 

- Até o primeiro ano de idade começa a empregar a linguagem dos sons mais concretos para sinalizar o que quer e pode relacionar alguns sons com situações. Pode fazer algum som reconhecível para aos pais quando faz algo que reconhece como habitual (ir à casa dos avós, ir ao parque...). 

- A linguagem se desenvolve, sobretudo a partir dos dois anos, quando já lembram nomes de pessoas, objetos, cores, formas. Os pais já podem ler contos e a criança percebe quando eles pulam alguma página (porque se lembra da estória), expressa seus sentimentos básicos e os relaciona com situações, e parece que nesse momento começa a desenvolver a memória a longo prazo. 

- A partir dos 3 anos de idade a criança tem uma memória consciente desenvolvida, que lhe permitirá lembrar alguma coisa ou situação importante, inclusive até a idade adulta. 

O que podemos fazer para melhorar a memória das crianças?

Como sugere Tomás Andrés (professor de Psicologia do Desenvolvimento da Universidade Complutense de Madrid) podemos potencia a memória da criança desde os primeiros dias de vida. O melhor é começar pelos sons, música, diálogo, conversar muito, ainda que a criança ainda não entenda, mas está escutando. 

É muito importante acariciar o bebê. Isso o ajuda a reconhecer os limites do seu próprio corpo e as distintas sensações, toque, pressão, carícia. Todo seu corpinho está cheio de milhares de terminações nervosas que devem ser estimuladas. 

A partir dos seis meses já podem mostrar contos às crianças, descrevendo as imagens e os rostos dos personagens. Podemos explicar a elas como se sentem, se estão contentes, tristes, chateados, para que reconheçam os sentimentos (base da inteligência emocional). 

Desde os oito meses já reconhecem a si mesmas, por isso podemos ensiná-la sua imagem num espelho e também fotos de familiares, dizendo-lhes nomes, quem são as pessoas, onde estão, e ainda se era fotografia de aniversário, férias, etc.

Desde os doze meses, já podem esconder objetos para que elas encontrem, assim como brinquedos com encaixe, quebra-cabeças simples, brinquedos de causa e efeito (se aperto o botão do leão, sairá um rugido, se aperto a lâmpada, acende a luz). Também os jogos de memória, para desenvolver a memória visual. 

Malena Hawkins
Pediatra

Teatro infantil. Benefícios do teatro para as crianças

Teatro infantil. Benefícios do teatro para as crianças

Teatro infantil. Benefícios do teatro para as crianças. Com que idade uma criança pode começar com a prática do teatro. A prática do teatro na infância deve limitar-se a que a criança se divirta, invente e interprete personagens curiosos, e faça amigos.

Jogo da Memória. Brincadeiras para crianças

Jogo da Memória. Brincadeiras para crianças

Jogo da Memória. Brincadeira de crianças. Um jogo para estimular a memória, a concentração e a atenção das crianças. Se pode comprar um jogo da memória ou fabricá-lo de forma caseira, com cartolinas, caixas de produtos, tampinhas de garrafa, etc.

A brincadeira e as crianças. Dia Internacional do Brincar

A brincadeira e as crianças. Dia Internacional do Brincar

A brincadeira e as crianças. Dia Internacional do Brincar. Toda criança deve ter tempo para estudar, para comer, para dormir... e para brincar. Conheça os beneficios das brincadeiras para as crianças.

Quebra-cabeça. Jogos para crianças

Quebra-cabeça. Jogos para crianças

Construir um quebra-cabeça exige paciência e concentração. A quantidade de peças de um quebra-cabeça varia de acordo com a idade e a capacidade de cada criança. É uma boa atividade para que os pais se aproximem dos seus filhos. Guiainfantil Brasil conta os beneficios de um quebra-cabeça.

0 comentarios