A rotina do sono das crianças

A importância de uma rotina para administrar melhor o sono dos bebês

Júnea Assir Júnea Assir

A boa educação infantil é feita de forma progressiva e em pequenos passos. Desde os primeiros momentos de vida, a rotina é fundamental para que o bebê se sinta feliz no seu dia-a-dia. Ter bons hábitos na hora de dormir, serve de alicerce para a tranquilidade de qualquer criança e dos pais também.

Diário do sono do bebê

O hábito de sono das crianças

Ir para a cama não deve ser uma obrigação, nem algo chato para os pequenos e sim um momento alegre e prazeroso tanto para ele como para os pais. O sono é como a alimentação, os bons hábitos e a rotina são claves para o seu êxito.

Melhor para a criança é ter seu espaço desde recém-nascido, isto é dormir na própria cama. Desta maneira desde cedo será mais independente no momento do sono.

Há casos em que o bebê dorme com os pais e logo será transferido de quarto ou mesmo de cama. Este fato poderá ser um grande problema na hora de ficar sozinho no seu canto. Então, quanto antes dormir sem a companhia de alguém, melhor para todos.

Outro recurso usado pelos pais no momento de organizar o sono dos pequenos é criar um pequeno diário. Nele anotarão as atividades da criança durante o dia:

- Horário das refeições e classe de alimentos consumidos.

- Tipo de jogos, com grau de intensidade, como atividades mais amenas ou de maior esforço físico.

- Quantidade de cochilos e em que momento.

Tudo que antecede a cama é relevante. Com horários e duração de cada atividade, partes que servirão de parâmetro para os pais na hora de avaliar cada atividade realizada pelo filhos. A ideia do diário é que por ele os pais possam fazer uma verificação minuciosa de como a criança está gastando sua energia.

Desta forma potencializar alguma atividade e dimiunuir outra, para que o resultado final seja uma tranquila ida para a cama.

Ambiente ideal para o sono infantil

Com este registro os pais poderão analisar cada detalhe e se necessário criar uma nova rotina para seus filhos. Como por exemplo alterar o tempo de repouso, onde a criança tira uma soneca.

Se preciso adiantar ou retrasar a hora do banho, pois em geral as crianças relaxam, mas algumas se despertam. Saber se é necessário mais atividade física durante o dia e encontrar outras formas de acabar com sua ansiedade.

Cada família deverá elaborar um formato para anotar os passos dos seus filhotes.

Júnea Assir. Redatora de GuiaInfantil Brasil