Conselhos para economizar na volta à escola

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Após as férias, chega o momento de voltar à normalidade, à rotina de cada dia, de madrugar para levar as crianças para a escola, e com isso enfrentar os gastos com material escolar, livros, roupas, mochila, calçados e com tudo o que implica e demanda o início de mais uma etapa escolar.

Como gastar menos com a volta às aulas

conselhos-para-economizar-na-volta-a-escola A

A aquisição de todo material escolar custa... E como! As livrarias começam a ficar cheias de filas, e as grandes cadeias de supermercados se preparam para a grande demanda de materiais escolares. Enquanto as crianças se animam, os seus pais se enchem de gastos e mais gastos. Em casa, quando chegam do trabalho, os pais se reúnem com os filhos para forrar os livros e colocar os nomes e aproveitam para fazer uma limpeza no armário do que já não serve para vestir os pequenos. E outra surpresa! As crianças podem crescer durante as férias e as roupas já não estão servindo nelas. Desse modo, os gastos disparam e muitos pais não sabem o que fazer.

Como reciclar o material escolar

Os especialistas aconselham que os pais planejem antes de começar a comprar. Que façam uma lista prévia e comparem preços entre diferentes estabelecimentos (a diferença de preços é enorme). Não há motivos para que a criança recomece os estudos com tudo novo. Dependendo da idade que tenham, existem crianças que podem ser mais ou menos influenciáveis que outras. Elas se deixam levar pelos anúncios publicitários, pelas opiniões dos amigos, e começam a fazer comparações. Se a mochila ou o estojo estão em bom estado, para que comprar um novo? Aconselha-se que os pais eduquem os filhos sobre um consumo responsável e sobre a reutilização de alguns materiais. 

Numa época em que se requer um bom desembolso econômico, a melhor coisa é economizar o que puder. A economia pode começar desde a escolha da escola, dependendo se é pública ou particular, até o transporte escolar. Pode-se economizar no transporte no transporte escolar, por exemplo, combinando traslados com outras famílias que vivam nas proximidades e que sejam tão responsáveis como você. Pode-se economizar também no lanche na escola, levando algum já preparado de casa. O uso do uniforme também ajuda na economia de gastos. De acordo com especialistas, os custos com o uniforme chegam a baratear em 40%. 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com